Líderes da Unick Forex brigam entre si em grupo do WhatsApp

Conversa foi divulgada pelo canal do YouTube "Verdades que Chocam"

Siga no
Empresa Unick Forex
Empresa Unick Forex

Um texto compartilhado em um grupo do WhatsApp que reúne líderes da Unick Forex gerou uma tremenda discussão entre os membros do esquema criminoso.

O vídeo da confusão, intitulado “Família Unick briga para saber quem é o verdadeiro ladrão”, foi divulgado pelo canal Verdades que Chocam na semana passada.

O texto que gerou toda a confusão, gravada em áudio, foi atribuído a uma ex-funcionária da Unick Forex, cujo nome não foi revelado. Ela diz que os líderes da suposta pirâmide financeira aplicaram um golpe milionário na empresa ao duplicar suas hashs.

“Tem muito líder diamante na Unick que chama o Leidimar de Golpista….mas além do Fernando Lusvargh que deu o golpe nos cancelamentos, vou elencar aqui os léderes (sic) e suas respectiva redes que ganharam milhões dando golpe na emprensa (sic) por meio das rash (sic) duplicadas”, diz trecho do texto.

Líderes apontados como golpistas

Ex-integrante da Unick cita nome de líderes envolvidos no golpe

Os líderes citados – a maioria sem sobrenome – são os seguintes:

  • Vaderez;
  • Willian Golterth;
  • Daniel e Gisele de Caxias do Sul;
  • Rodrigo Padre;
  • Rogério de Sapucaia;
  • Schinaider;
  • Efatá Bitcoin;
  • Bruno Costa;
  • Rafael Oliveira;
  • Orlando Belo.

“Esses são só os diamantes envolvidos na Rash (sic) duplicada…fora os Esmeraldas, Ouro, Rubi entre outros…esses sim…ajudaram com o fernando acabar com a unick.. Falo isso porque eu era do suporte em Caxias e vi os mais de 200 nomes envolvidos”, diz outro trecho do texto.

Líder da Unick de Portugal chama membros do esquema de “canalhas”

O vídeo da confusão mostra que, após a publicação do texto no grupo, a líder de Portugal da Unick Forex, Ana Isabel, enviou um áudio aos acusados de fraude. Nele, ela diz que eles irão pagar pelo crime.

“Pensaram que iriam ficar impunes, que não iam pagar e que as pessoas não iriam descobrir? São uns canalhas”, falou.

Gisele (sobrenome não foi citado), líder de Caxias do Sul (RS), inicia então uma discussão com a líder européia e defende ela e seu marido – que também é líder do esquema criminoso – da acusação.

“Estão difamando a nossa imagem, pessoas que nunca vi na vida como você, minha senhora, se achando no direito de nos apontar o dedo e nos chamar de ladrão e de golpista. Não vou permitir jamais isso”, disse.

Ao longo da conversa, Gisele continua se defendendo, diz que nunca foi golpista e que está sendo vítima de calúnia e difamação.

Fala ainda que sempre trabalhou duro na Unick Forex, empresa que, falou a líder do esquema criminoso, foi a “melhor onde trabalhou em toda a sua vida”.

PF investiga líderes da Unick Forex

No Rio Grande do Sul há cerca de 1.200 líderes da Unick Forex. Só no Vale dos Sinos, região que compreende 14 municípios da Grande Porto Alegre, há um em cada cidade.

Todos são investigados pela Polícia Federal no âmbito da Operação Lamanai, que desmantelou a Unick Forex em outubro do ano passado.

Com medo de terem que responder na Justiça, alguns líderes atuantes da Unick Forex têm tentado se desvincular da empresa. Um deles é o advogado Marcos Prata, que hoje em dia diz que também foi vítima do esquema.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Lucas Gabriel Marins
Jornalista desde 2010. Escreve para Livecoins e UOL. Já foi repórter da Gazeta do Povo e da Agência Estadual de Notícias (AEN).
Universidad Americana Imagem: Divulgação

Universidade privada do Paraguai vai aceitar pagamentos em Bitcoin e Ethereum

A Universidade Americana do Paraguai vai começar aceitar pagamentos em criptomoedas a partir de agosto, os alunos poderão pagar por cursos e graduação com...
Mulher usa ATM do Santander no Reino Unido

Santander testa ferramenta para rastrear criptomoedas

O Santander quer entender como os seus clientes usam as criptomoedas em simultâneo as contas correntes. Para isso, o banco testou uma ferramenta da...
john mcaffe

Suicídio de John McAfee em prisão na Espanha levanta suspeitas

John McAfee, fundador da empresa de tecnologia McAfee, foi encontrado morto na tarde de hoje (23) na cadeia espanhola de Brians 2, localizada em...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias