Corretora anuncia encerramento após ataque hacker

Corretora de criptomoedas anunciou medida após grave prejuízo de clientes e equipe.

Livecoin anuncia encerramento após ataque hacker
Tela colocada por hackers no antigo site da corretora de criptomoedas Livecoin

A corretora de criptomoedas Livecoin, com sede na Rússia, anunciou o encerramento de suas atividades a partir do dia 17 de março de 2021. A empresa sofreu um ataque hacker no mês de dezembro.

Os prejuízos aos clientes, diretores e parceiros da corretora foram expressivos, disse em nota. Apesar de não divulgar a extensão do ataque hacker, foi divulgado que uma investigação segue em andamento.

A corretora estipulou um prazo para que clientes entrem em contato para reaver seus saldos. Após esse período, não será mais possível sacar da plataforma, afirmou a corretora em um novo site que foi criado.

O antigo site ainda está hackeado, com uma mensagem dos hackers colocada no local. Ao acessar o site “livecoin.net” é possível ver a mensagem e um endereço de Bitcoin dos hackers.

Corretora Livecoin anuncia encerramento de serviços após ataque

Mais uma caso de corretora de criptomoedas hackeada termina com final tráfico. A corretora Livecoin (não é Livecoins), foi a vítima da vez.

Em dezembro de 2020 a corretora avisou aos clientes que estava passando por problemas. Com o ataque, os hackers levaram uma grande quantidade de criptomoedas da plataforma.

A corretora criou um site para lidar com a situação, uma vez que o antigo continua em posse dos hackers. O Livecoin.news informou no último domingo (17) então que a corretora sairá do mercado definitivamente após a violação sofrida.

“Caros clientes, como informamos anteriormente, nosso serviço estava sob ataque em dezembro de 2020. A investigação está em fase ativa agora. Nosso serviço foi danificado fortemente de forma técnica e financeira. Não há como continuar a operar o negócio nestas condições, por isso tomamos a difícil decisão de encerrar o negócio e pagar o restante aos clientes.”, afirmou corretora hackeada

Quem for cliente da Livecoin no Brasil deve se atentar para o período de saques. Os clientes devem entrar em contato com a Livecoin por e-mail para efetuar os saques, informando nome de usuário e data de registro na corretora.

“Nossos clientes devem nos contatar através do email verification@livecoin.news para receber os pagamentos depois de passar pelo procedimento de verificação. Aceitamos reivindicações de pagamentos pelos próximos 2 meses. 17 de março de 2021 é o último dia para aceitar seus pedidos, após esta data nenhum novo pedido será aceito.”, afirmou a Livecoin em nota

Mais um caso de corretora hackeada lembra famosa frase do mercado de criptomoedas

Um dos principais evangelizadores das criptomoedas, Andreas Antonopoulos, criou uma célebre frase para o mercado. De acordo com ele, quando um usuário de criptomoeda não tem a chave privada em sua posse, as moedas não são suas. Na ocasião, o lema criado era “não é sua chave, não é sua moeda“.

Ou seja, para quem costuma deixar saldos em corretoras de criptomoedas, o risco de custódia existe e é alto. Contudo, carteiras de Bitcoin próprias para uso não são hackeadas com a mesma facilidade.

Para quem ainda mantém saldo em corretoras, o caso Livecoin mostra mais um risco do mercado de criptomoedas hoje.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias