Presidente da SEC recomenda distância das criptomoedas: “maioria vai desaparecer”

Ao aconselhar os participantes a ficarem longe do mercado de criptomoedas, ele disse que é muito fácil sucumbir ao medo de perder (FOMO), já que os valores dos ativos estão subindo, causando um aumento de procura por parte dos investidores.

Participando de um espaço no Twitter hospedado pelo Exército dos EUA na segunda-feira (11), o presidente da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC), reafirmou seu ceticismo sobre as criptomoedas, descrevendo o setor como “faroeste”.

Gary Gensler afirmou que os investidores devem tomar cuidado porque a maioria das criptomoedas operam em desacordo com as leis existentes. De acordo com ele, mais de 15 mil criptomoedas podem colapsar, acrescentando que novas startups provavelmente não terão sucesso porque o status quo tem pouco espaço para micromoedas.

O presidente da SEC disse ainda que a maioria das criptomoedas carece de conformidade regulatória e casos de uso adequados.

“A maioria deles, novamente, não está cumprindo as leis de valores mobiliários, mas deveriam estar”, disse.

Velho Oeste

Durante o evento, um sargento afirmou que “existem soldados que procuram investir em criptomoedas”, perguntando à Gensler sobre quais riscos haviam nisso.

“É um Velho Oeste”, respondeu Gensler, acrescentando que a maioria das criptomoedas vão fracassar.

Ele alertou os soldados a não “se envolverem com oportunidades de ganhos com criptomoedas”, dizendo que elas são “altamente especulativas”.

Ao aconselhar os participantes a ficarem longe do mercado de criptomoedas, ele disse que é muito fácil sucumbir ao medo de perder (FOMO), já que os valores dos ativos estão subindo, causando um aumento de procura por parte dos investidores.

“A maioria dessas 10 ou 15 mil criptomoedas vai colpassar”, disse Gensler. “Isso ocorre porque o capital de risco falha, novas startups falham – mas também porque a história nos diz que não há muito espaço para micromoedas, o que significa que, você sabe, temos o dólar americano e a Europa tem o euro e coisas do gênero.” 

Repressão à indústria de criptomoedas

No final de dezembro, Gensler disse que uma repressão contra a indústria de criptomoedas seria iminente após o colapso da corretora de criptomoedas FTX.

Ele afirmou que a SEC iria perseguir empresas de criptomoedas que não cumprem suas regras e comparou essas empresas com cassinos e jogos de azar.

“A pista está ficando mais curta. Os cassinos neste Velho Oeste são intermediários não conformes.” disse Gensler, acrescentando que a tendência das exchanges de criptomoedas provarem que possuem ativos de reserva para respaldar os fundos de seus clientes não significa nada, já que a prática não atende aos padrões de divulgação de regulatórios atuais.

“A prova de reservas não é uma contabilidade completa dos ativos e passivos de uma empresa, nem satisfaz a segregação de fundos do cliente sob as leis de valores mobiliários.”

Gary Gensler

Gensler já alternou entre censura e elogio em seus comentários sobre criptomoedas e blockchain. Ele já se referiu às criptomoedas e blockchain como “irritantes e inovadoras” e um “catalisador de mudança”.

Mas ele criticou duramente as ofertas iniciais de moedas (ICOs) e falou repetidamente sobre trazer corretoras de criptomoedas não regulamentadas sob a supervisão da SEC.

Para ele, a conexão entre regulamentação e criptomoedas está relacionada ao seu papel na sociedade. No Fórum de Segurança de Aspen de 2021, ele disse que as criptomoedas devem aderir aos objetivos de políticas públicas dos mercados financeiros.

No contexto de sua gestão, Gensler disse que os objetivos da SEC são sobre a proteção do investidor, facilitando a formação de capital e garantindo mercados justos.

“Esta classe de ativos está repleta de fraudes, golpes e abusos em certas aplicações”, disse ele. “Em muitos casos, os investidores não conseguem obter informações rigorosas, equilibradas e completas.”

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Últimas notícias