Máquina para comprar bitcoin é apreendida pela Polícia Federal

Dez pessoas também foram presas junto com equipamento em operação.

-

Siga no
Anúncio

Uma máquina para comprar bitcoin foi encontrada pela Polícia Federal. O equipamento foi apreendido pelas autoridades através da Operação Egypto. Além da máquina de bitcoin, dez pessoas foram presas em um esquema que pode ter lesado 55 mil investidores.

Um enorme esquema financeiro foi desmantelado pela Polícia Federal nesta semana no Rio Grande do Sul. Após intensa investigação, a PF prendeu dez pessoas ao cumprir mandados de busca e apreensão contra envolvidos no negócio fraudulento. Com os mandados, as autoridades encontraram dinheiro, carros e joias luxuosas que vão ser utilizadas para ressarcir possíveis vítimas do esquema.

Máquina para comprar bitcoins foi encontrada em Esteio – RS

O equipamento encontrado pelas autoridades estava em Esteio, que fica na região metropolitana de Porto Alegre – RS. A máquina para a venda de bitcoins funcionava como um caixa eletrônico e foi encontrada no endereço de uma das pessoas envolvidas com a empresa investigada.

Anúncio

A máquina, chamada Bitofertas, chamou a atenção das autoridades por seu suposto sistema de venda de bitcoins. Segundo o delegado que investiga o caso, é a primeira vez que a polícia federal apreende um equipamento eletrônico voltado para a compra de bitcoins.

Investidores tinham acesso a máquina de bitcoins

O esquema da empresa investigada pela Polícia Federal funcionava com um caixa eletrônico para a compra de bitcoins. Os usuários podiam inserir dinheiro em uma entrada na máquina para realizar a compra da criptomoeda de forma automática.

Como comprovação da compra de bitcoins, o investidor recebia um comprovante. Nesse papel estava inserido a quantia da criptomoeda que o investidor possuía investido na empresa.

Daniel Mostardeiro Cola é o delegado responsável pela investigação que teve como alvo uma empresa com sede em em Novo Hamburgo – RS. Porém, a máquina bitcoin estava em Esteio – RS. O delegado encontrou o equipamento para a compra de bitcoin na garagem de um dos envolvidos que foi detido na Operação Egypto. A máquina estava entre motocicletas, segundo entrevista de Daniel ao Correio do Povo.

Máquina, que era utilizada para efetuar depósitos, foi encontrada durante operação contra grupo criminoso #correiodopovo Foto: Mauro Schaefer

Publicado por Correio do Povo em Sexta-feira, 24 de maio de 2019

Máquina não é ilegal, mas pode ser falsa

Para o delegado Daniel, a máquina encontrada com o investigado não é ilegal. A autoridade explicou que o equipamento serve para corroborar com as investigações. Sendo assim, a máquina será utilizada para comprovar que o comércio de bitcoin mantido pela empresa.

Acusada de ser uma pirâmide financeira, os negócios da Indeal chegaram ao fim após a Operação Egypto. Com dez presos e milhões em bens apreendidos, a empresa teve suas atividades condenadas pelas autoridades.

A máquina encontrada pelas autoridades pode ser falsa. Assim como comprovou as investigações, a Indeal não realizada investimentos em criptomoedas, como era prometido. Dessa forma, tudo indica que a máquina de bitcoin é falsa. Supostamente esse equipamento era utilizado apenas para enganar pessoas, pois não trazia dados reais sobre a compra de bitcoins.

Primeiramente, a máquina deveria ser conectada em uma rede. Além disso, a compra teria de oferecer o depósito da criptomoeda em uma carteira digital, ou física.

Isso acontece através de um QR Code nos milhares de caixas eletrônicos para bitcoins espalhados pelo mundo, e não apenas por “recibo” impresso. A falta dessas operações indicam que a máquina apreendida pela Polícia Federal pode ser completamente falsa.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".

Leia mais

Venezuela e Bitcoin

Quais os riscos da Venezuela minerar Bitcoin?

A Venezuela publicou um novo decreto mostrando que deve começar a minerar Bitcoin, mas alguns riscos podem envolver a prática. No país, há uma...
Nouriel Roubini

Nouriel Roubini ataca DeFi: “é um vaporware”

O termo DeFi toma as manchetes do mercado de criptomoedas e de economistas renomados em 2020. De acordo com o analista financeiro Nouriel Roubini,...

Justiça vai atrás de exchanges internacionais em ação de R$ 65 milhões contra a...

A Justiça de São Paulo determinou que oito exchanges internacionais promovam o bloqueio de qualquer ativo digital depositado pela Atlas Quantum. A decisão foi proferida...

Últimas notícias

Nouriel Roubini ataca DeFi: “é um vaporware”

O termo DeFi toma as manchetes do mercado de criptomoedas e de economistas renomados em 2020. De acordo com o analista financeiro Nouriel Roubini,...

Justiça vai atrás de exchanges internacionais em ação de R$ 65 milhões contra a Atlas Quantum

A Justiça de São Paulo determinou que oito exchanges internacionais promovam o bloqueio de qualquer ativo digital depositado pela Atlas Quantum. A decisão foi proferida...

Empresa vai dar criptomoedas para quem plantar árvores

Um dos problemas que preocupam a sociedade atualmente é a emissão de carbono e as mudanças climáticas causadas pelo aquecimento global. Para tentar achar...