Máquinas da Coca-Cola na Austrália e Nova Zelândia passam a aceitar criptomoedas

Siga no

Em meio a atual pandemia, que ainda se estendo por vários países, incluindo o Brasil, a diminuição do contato com superfícies e ambientes públicos continua sendo uma forma de transmissão. Porém, as criptomoedas parecem estar dando uma solução inteligente e simples para esse problema.

Para diminuir o contato direto com as máquinas de venda de refrigerantes, a Coca-Cola decidiu utilizar tecnologias de criptomoedas para tornar a compra nesses equipamentos mais simples e sem precisa tocar nos botões da máquina.

As informações são do site Beverage Daily, focado em notícias sobre o mundo dos refrigerantes.

A Coca-Cola Amatil, responsável pelo envasamento dos refrigerantes da Coca-Cola na Oceania e partes da Ásia, anunciou que está realizando uma pareceria com a Centrapay, um integrador de soluções digitais, para criar uma solução de pagamentos de refrigerante através de criptomoedas.

As máquinas com esse sistema de pagamento estarão disponíveis na Austrália e Nova Zelândia.  O procedimento vai ser simples, utilizando a integração com a carteira Sylo Smart Wallet o usuário poderá pagar pelos itens sem muita interação com a máquina.

A carteira digital funciona de forma simples em celulares e pode ser encontrada no Google Play e Apple Store.

Mais de 2 mil máquinas aceitaram as criptomoedas

Para que qualquer tecnologia seja bem sucedida, ela precisa ser amplamente aceita.

A Coca-Cola Amatil atende mais de 270 milhões de consumidores na sua área de atuação e é responsável pelo envasamento de demais de 120 marcas e produtos não alcóolicos. De acordo com a notícia, serão mais de 2 mil máquinas de bebidas integradas com a solução da Centrapay.

As máquinas estarão identificadas com um adesivo QR Code que permitirá a integração com o aplicativo de celular. Durante todo o processo, a pessoa só tocará na máquina uma única vez.

Por enquanto, ainda não foi informado quais as criptomoedas serão aceitas, mas sabe-se que outros métodos de pagamento digital também serão aceitos, usando as moedas fiduciárias.

A pandemia da Covid-19 tem abalado consideravelmente várias economias, mas também mudado a rotina de muitos.

Segundo a Centrapay, essa é uma ação para criar um novo futuro para todo o mundo nesse momento e após a pandemia da Covid-19. Jerome Faury, CEO da Centrapay, afirmou que no momento a dificuldade de uso da tecnologia da Web 3 vem por causa da complexidade e barreiras de adoção.

“Nós resolvemos ambos os problemas. Centrapay é pioneira na forma que utilizamos essa nova rede de valores e trazemos benefícios para os consumidores e empresas. E isso vem com o benefício adicional de reduzir o contato físico e lidar com as preocupações de higiene que estamos bem cientes por causa da Covid-19.”

Em meio a atual pandemia, que vem afetando consideravelmente a economia, muitos vem apostando nas criptomoedas como uma forma de enfrentar a recessão e as decisões dos Bancos Centrais.

No entanto, essa tecnologia, como mostrado pela Centrapay pode surgir como uma solução diária para muito além da economia, mas também para a saúde pública.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Roberto von der Osten, da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT)

Bitcoin é inevitável, diz sindicalista da CUT

O sindicalista Secretário de Relações Internacionais da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Sistema Financeiro (CONTRAF-CUT), Roberto von der Osten, disse em um programa de...

Axie Infinity não pagará mais jogadores iniciantes

Axie Infinity ainda é um dos grandes sucessos dos jogos blockchain, representando uma oportunidade para muitos conseguirem ganhar enquanto jogam. No entanto, novas mudanças...
Bitcoin e criptomoedas em ETF

NASDAQ indica que ETF de Bitcoin pode ter sido aprovado, preço dispara

Os investidores de Bitcoin tem aguardado ansiosamente por uma possível aprovação de um ETF de Bitcoin, o que poderia fazer o preço do ativo...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias