“Mendigo pegador” vira ‘trader de bitcoin’ e garoto propaganda de negócio suspeito

"Mendigo dos bitcoins"

Givaldo Alves, ex-mendigo que se tornou famoso no Brasil diz estar operando criptomoedas
Givaldo Alves, ex-mendigo que se tornou famoso no Brasil diz estar operando criptomoedas. Instagram.

O ex-morador de rua Givaldo Alves agora quer se tornar o “mendigo dos bitcoins”, ao afirmar que lucra com operações rápidas em plataformas suspeitas.

A polêmica do ex-morador de rua continua atraindo mais atenção com ele começando a esbanjar uma vida de luxo em redes sociais, acompanhado de Diego Aguiar, um youtuber e vendedor de cursos de opções binárias que já promoveu vários esquemas de pirâmides de Bitcoin no Brasil.

Nos últimos dias, Diego chegou a publicar que deu um apartamento com vista para o mar para Givaldo. Assim, ele continua usando a imagem do “mendigo pegador” para alavancar seus produtos em redes sociais.

Após o caso do mendigo que se relacionou com uma mulher casada se tornar viral no Brasil, muitos golpes foram criados em seu nome, inclusive com a venda de tokens e NFTs.

“Mendigo pegador” vira garoto propaganda de negócio suspeito com supostas operações em bitcoins

Chamado por alguns de mendigo pegador, por se envolver com uma mulher casada em Planaltina, Givaldo Alves acabou se tornando uma figura memética para muitos brasileiros que acompanharam o caso no último mês de março de 2022.

Viralizando sua história, não demorou até que despertasse a atenção de possíveis golpes no mercado de criptomoedas, que lutaram por espaço para utilizar sua imagem.

E um dos possíveis usos de Givaldo tem sido por Diego Aguiar, uma figura polêmica e que acumula participações em esquemas de pirâmides que já colapsaram no Brasil. Atuando agora como garoto propaganda de Diego em sua venda de curso de sinais de operações, Givaldo alega ter virado “trader de criptomoedas em 1 dia”.

Na última terça-feira (5), por meio de sua conta oficial no Instagram, o ex-morador de rua disse ter lucrado bastante com criptomoedas com as aulas do “professor Diego”.

Em uma sequência de stories pela rede social, ele publicou suas operações feitas com ajuda de um “Trader Mágico”, que dava sinais com Bitcoin em uma plataforma suspeita de Opções Binárias. Assim, com a sequência de operações o agora “Mendigo dos bitcoins” disse ter lucrado R$ 9 mil em 1 hora.

Parte do movimento de Diego Aguiar é sustentar que vive uma vida de luxo, onde já até rasgou dinheiro em um vídeo. Como mentor de Givaldo, ele fez o ex-mendigo comprar um relógio Apple Watch e ostentar o lucro, assim como pagar uma conta de R$ 500,00 em uma churrascaria com dinheiro em espécie.

O caso mostra uma vida de lucros fáceis para o ex-morador de rua, que não parece se incomodar e nem questionar o quão fácil tem feito dinheiro. Givaldo chegou a dizer que havia ouvido falar de criptomoedas, mas nunca pensava ser assim como tem visto, indicando que entendeu que essas moedas são apenas ganhos rápidos em supostas operações.

Mendigo virou NFT à venda pela Rarible

Aproveitando a fama do Mendigo Pegador em redes sociais, as pessoas estão tentando lucrar com a história de todas as formas. Segundo apurado pelo Livecoins, pelo menos 3 tokens na rede Binance foram criados com o nome “Mendigo”.

Além disso, pela plataforma da Rarible, um NFT foi criado por uma conta anônima para o caso do “Homeless Lover”, mostrando a imagem satirizada de Givaldo dentro de um veículo.

NFT do Mendigo Pegador a venda na Rarible
NFT do Mendigo Pegador a venda na Rarible. Reprodução.

Isso mostra que o assunto viral virou alvo de ganância pelas pessoas que querem ganhar dinheiro as custas do ex-morador de rua, ainda que ele tenha se associado a um esquema suspeito com Bitcoin e parece estar aproveitando o uso de sua imagem.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias