MicroStrategy vai comprar mais R$ 2,7 bilhões em Bitcoin após aparição de concorrentes

A empresa de Michael Saylor ostenta um lucro de US$ 6,8 bilhões (R$ 36,4 bilhões). Já as ações da MicroStrategy subiram mais de 1.200% desde sua primeira aquisição de Bitcoin.

A MicroStrategy, empresa pública com o maior número de bitcoins em caixa, está se preparando para realizar mais um aporte bilionário na criptomoeda. Segundo nota compartilhada nesta quinta-feira (13), a gigante está buscando arrecadar mais R$ 2,7 bilhões (US$ 500 milhões) e usará essa quantia para comprar tudo em Bitcoin.

Devido a sua grande exposição ao Bitcoin, a MicroStrategy passou a ser considerada como um “proxy” da criptomoeda. Ou seja, caso alguém queira se expor ao Bitcoin indiretamente, basta compras as ações da empresa, listadas na Nasdaq.

No entanto, outras empresas estão copiando essa estratégia. Dentre os dois casos mais famosos estão a japonesa Metaplanet, listada na bolsa de Tóquio, e a americana Semler Scientific, também listada na Nasdaq, assim como a MSTR.

MicroStrategy continua comprando Bitcoin

Segundo dados do site BitcoinTreasuries, hoje as reservas de BTC da MicroStrategy equivalem a 53,5% de seu valor de mercado, porcentagem que poucas outras conseguem alcançar. No total, a empresa já detém mais de 1% da oferta total de bitcoins no mundo, mas quer mais.

“A MicroStrategy anunciou hoje que pretende oferecer, sujeito a condições de mercado e outros fatores, US$ 500 milhões de valor principal agregado em notas conversíveis sênior com vencimento em 2032 em uma oferta privada para pessoas razoavelmente consideradas compradores institucionais qualificados”, escreveu a empresa.

“A MicroStrategy pretende utilizar os recursos líquidos da venda das notas para adquirir mais bitcoin e para fins corporativos gerais.”

A notícia foi compartilhada por Michael Saylor, fundador e ex-CEO da MicroStrategy, nas redes sociais. A publicação já conta com mais de 750 mil visualizações em menos de 12 horas, mostrando o alcance do executivo.

Fora isso, Saylor continua usando o Twitter para postar imagens (provavelmente geradas com IA) relacionadas ao Bitcoin. Alguns estudos apontam que ele pode se tornar o primeiro trilionário do mundo, em dólar, graças a criptomoeda.

MicroStrategy tem lucro de R$ 36 bilhões com Bitcoin

Além desses novos US$ 500 milhões, a MicroStrategy já desembolsou outros US$ 7,5 bilhões para comprar Bitcoin. No momento desta redação, a estratégia já rendeu 1,9 vezes o valor inicial, deixando US$ 14,3 bilhões em seu caixa.

Dado isso, a empresa de Michael Saylor hoje ostenta um lucro de US$ 6,8 bilhões (R$ 36,4 bilhões). Já as ações da MicroStrategy subiram mais de 1.200% desde sua primeira aquisição de BTC.

Portanto, não é surpresa que eles continuem comprando mais e mais bitcoins. A valorização de outras empresas que adotaram essa estratégia, como a Metaplanet e a Semler Scientific, mostra que o mercado tradicional está aprovando essas compras.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Últimas notícias