Mineradores de Bitcoin desligam máquinas no Texas por conta de frio extremo

Nas redes sociais, Greg Abbott, governador do Texas, comentou que a demanda por energia elétrica atingiu novos picos em seu estado. Os cidadãos só não ficaram sem energia porque os mineradores desligaram seus equipamentos.

Embora muitos pensem que o Texas seja uma região extremamente quente, o estado dos EUA está registrando temperaturas negativas nesta semana. Por conta disso, mineradores de Bitcoin estão desligando seus equipamentos.

O frio não é um problema para os mineradores, pelo contrário, é ótimo para auxiliar na redução da temperatura das máquinas. No entanto, mineradores locais possuem um acordo com o governo.

Quando o tempo está muito quente, ou muito frio, e os texanos precisam utilizar seus equipamentos de ar-condicionado. Assim, os mineradores desligam suas máquinas, deixando que a energia para os lares da região.

Essa não é a primeira vez que isso acontece. Em 2022, mineradoras foram desligadas devido à onda de calor na região. Embora pareça um péssimo negócio, essas empresas recebem do governo para isso, podendo até mesmo ganhar mais dinheiro do que ganhariam com suas operações, um assunto polêmico.

Governador do Texas elogia operações de mineração de Bitcoin na região

Nas redes sociais, Greg Abbott, governador do Texas, comentou que a demanda por energia elétrica atingiu novos picos em seu estado. Os cidadãos só não ficaram sem energia porque os mineradores desligaram seus equipamentos.

“O Texas estabeleceu três recordes históricos de demanda e fornecimento de energia nesta tempestade de inverno”, comentou Abbott no Twitter. “A rede elétrica da ERCOT (Electric Reliability Council of Texas) funcionou perfeitamente, nunca falhando.”

“Nenhum texano perdeu energia por causa da rede. Isto se deve a reformas que adicionaram mais geração de energia, prepararam a rede para o inverno e deram mais ferramentas à ERCOT.”

Também no Twitter, um executivo da mineradora Riot Platforms comentou que as fazendas de energia eólica estão sofrendo devido aos ventos fracos. No entanto, notou que isso não afetou o preço da energia para os texanos.

“As usinas de gás natural do Texas aumentaram para 50 GW e as mineradoras de bitcoin foram reduzidas para compensar a baixa geração eólica. Sem apagões e sem preços de escassez, grande vitória para a ERCOT!”

Nos comentários, um seguidor perguntou se há algum projeto de energia nuclear na região, que além de ser considerado uma forma de geração limpa de energia, também não depende de eventos naturais. Seu comentário não foi respondido.

Nesta sexta-feira (19) e sábado (20), as temperaturas no Texas podem chegar a 1 °C negativo.

Previsão do tempo para o Texas, nos EUA. Fonte: Google.
Previsão do tempo para o Texas, nos EUA. Fonte: Google.

Desligamento de mineradoras de Bitcoin no Texas pode ser visto no hash rate do Bitcoin

Embora o hash rate do Bitcoin tenha muitas flutuações, sendo difícil notar o desligamento de máquinas, tal gráfico apresentou uma queda desde o último dia 11 de janeiro. Saindo de 630 EH/s, o hash rate caiu para 434 EH/s nesta quarta-feira (17).

Desligamento de mineradoras no Texas pode ter influenciado no hash rate do Bitcoin. Fonte: Glassnode.
Desligamento de mineradoras no Texas pode ter influenciado no hash rate do Bitcoin. Fonte: Glassnode.

Por fim, tal parceria entre mineradoras e o governo do Texas é benéfica para a região. Afinal, ela incentiva a geração e distribuição de energia no estado e com a possibilidade de desligamento e acionamento das mineradoras instantaneamente, pode deixar a rede com uma demanda constante, evitando excesso.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias