Moeda digital da China pode substituir dinheiro de papel

Basicamente, as metas que qualquer tipo de ativo que tenha como foco ser moeda de troca precisa atingir. O próprio Bitcoin poderiam substituir o dinheiro “real” caso atingisse esses quatro pilares.

Siga no
China e Bitcoin
China Bitcoin

A moeda digital da china, chamado de Yuan Digital ou DC/EP, tem sido um dos projetos mais observados da criptoeconomia e no mercado financeiro, afinal, ela pode trazer muitas mudanças para todo o setor.

Além disso, o antigo presidente do Banco Popular da China (Banco Central do país), acredita que o Yuan Digital vai substituir o dinheiro “real”.

Li Lihui, ex-presidente do Banco Central da China, fez uma transmissão ao vivo onde falou sobre as possibilidades que o Yuan Digital pode trazer.

De acordo com o site Coinnounce, que traduziu parte da transmissão, Lihui acredita que, nas condições certas, o DC/EP vai substituir o dinheiro de papel na China.

O ex-presidente afirmou que se o CD/EP alcançar certas condições, ele vai substituir o dinheiro na China.

Lihui também explicou que, diferente do AliPay ou WeChat Pay, que são bem comuns no país, o Yuan Digital é desenhado para ser independente de bancos de terceiros.

No entanto, para que essa substituição seja possível, a moeda precisará alcançar quatro metas: Alta eficiência, Baixo custo de transações, Escala e valor comercial suficiente e adoção do público.

Basicamente, as metas que qualquer tipo de ativo que tenha como foco ser moeda de troca precisa atingir. O próprio Bitcoin poderiam substituir o dinheiro “real” caso atingisse esses quatro pilares.

Em teoria, esses objetivos são mais fáceis de serem alcançados por um projeto como o Yuan Digital, já que ele é uma criptomoeda controlada pelo estado. O governo pode “empurrar” a aceitação da moeda de forma bem mais ampla do que o Bitcoin, já que o bitcoin depende exclusivamente de uma adoção natural e sistêmica.

Yuan Digital pode ameaçar o dólar?

Moeda da China, Criptomoeda Bitcoin e Dólar
Moeda da China, Bitcoin e Dólar

A moeda digital da China tem sido um ponto de interessado por causa das possibilidades que ela pode trazer para toda a economia. Em teoria, com uma moeda digital, que não depende nem um pouco da interação com o dólar, países podem se livrar da influência dos EUA em suas decisões comerciais.

Até hoje, os Estados Unidos possuem o que é chamado de “soft power” em praticamente todos os países do mundo. Aqueles que não seguem suas regras são duramente sancionados, como é o caso do Irã.

Mas o Yuan Digital não desafiaria o dólar sozinho já que, se o projeto der certo, é provável que veremos outros Bancos Centrais adotando a ideia, iniciando uma “Guerra Fria” entre as muitas economias, mas dessa vez a corrida não vai ser para chegar à Lua, mas sim para chegar à soberania financeira.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Minerador de criptomoedas é morto após tentar impedir roubo de equipamentos

A mineração de criptomoedas tem sido ponto de discussão e preocupações em diferentes países, mas em alguns lugares a situação ficou crítica. Na Abecásia,...
Faraó-dos-bitcoins-moisés

Tribunal nega liberdade para o “Faraó dos Bitcoins” e frustra clientes

A liberdade do Faraó dos Bitcoins era um evento aguardado pelos clientes da GAS Consultoria, mas o Tribunal Regional Federal do Rio de Janeiro...

Tom Brady dá 1 Bitcoin para fã devolver bola de Futebol Americano

Tom Brady é um dos maiores nomes da história da NFL e do Futebol Americano, recentemente ele bateu o recorde de ter feito 600...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias