Nike recebe patente para “tokenizar” tênis em blockchain

Projeto visionário da Nike pode acabar com os Tênis falsificados

Siga no
nike blockchain
nike blockchain

A gigante dos calçados Nike acaba de receber uma patente para “tokenizar” tênis na blockchain da plataforma Ethereum. O projeto foi apelidado de “CryptoKicks”.

patente, datada em 10 de dezembro, descreve um ativo digital para calçados e maneiras de usá-lo. Uma implementação da tecnologia descrita na patente é um token ERC721 ou ERC1155 usado para autenticar e transacionar um tênis físico.

O token seria “desbloqueado” com a compra de um tênis correspondente, vinculando um código de identificação de 10 dígitos ao código de identificação do proprietário. Aparentemente, o sistema visa fornecer uma maneira de garantir a autenticidade dos produtos, conforme descrito na patente:

“[…] um cliente pode comprar um novo par de tênis de um fornecedor verificado, que pode fornecer registros de proveniência autenticados para os tênis. […] após receber a caixa de sapato que contém os tênis comprados, o usuário digitaliza a caixa com um recurso de leitura de código de barras em um aplicativo de tênis que opera no smartphone do usuário. ”

A Nike também sugere que a criação de token pode estar ligada à venda de calçados, o que também permitiria a verificação da escassez de sapatos em circulação. A patente diz:

“Quando um consumidor compra um par de sapatos original, uma representação digital  pode ser gerada, vinculada ao consumidor e atribuída a um token, onde o sapato digital e o token representam coletivamente um ‘cryptokick’.”

Clientes poderão criar tênis únicos

A patente também tem idéias do popular jogo de gatos colecionáveis ​​em blockchain, CryptoKitties. Mais precisamente, sugere que os tênis possam ser criados pelos próprios usuários.

Por exemplo, a patente destaca que os proprietários podem definir limites de quantas cópias de seus tênis podem ser produzidos. Também existem “recursos substitutos” para conceder a outras pessoas o direito de misturar designs de calçados e “recursos parentais” para permitir que terceiros usem os tênis.

Não é uma surpresa que a Nike esteja buscando tokenizar calçados. De acordo com o The Block, na China, onde a Nike registrou um lucro trimestral de 22% em setembro, tênis de edição limitada produzidos por outras marcas estão ganhando popularidade.

O site de notícias chinês Xinhua.net informou no início do ano que as plataformas de venda de tênis usados estão ganhando força na China. As pessoas estão comprando tênis de edição limitada e revendendo com preços maiores.

À medida que a tecnologia blockchain se torna mais madura e as grandes empresas se envolvem mais com ela, o desenvolvimento do setor está se acelerando.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Departamento de Tesouro dos Estados Unidos

Departamento do Tesouro dos EUA quer ferramenta para rastrear Bitcoin

A agência dos Estados Unidos responsável pela implementação de sanções contra empresas, parte do Departamento do Tesouro, quer uma ferramenta capaz de rastrear o...
Polícia investiga negócio de criptomoedas no ES

Corretora cripto é alvo de operação policial por fraude bilionária

A polícia da Coreia do Sul realizou uma operação em diversos escritórios de uma corretora de criptomoedas após a empresa ter sido acusada de ser...
Criptomoeda Ethereum mãe do DeFi

Banco Central dos EUA elogia Ethereum e inovação com DeFi

O Banco Central dos Estados Unidos de St. Louis publicou um artigo elogiando as inovações da plataforma Ethereum. Ao criar aplicações bancárias com tokens,...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias