Nubank estuda liberar negociação de criptomoedas para clientes, diz jornal

Instituição estaria se preparando para oferecer mais produtos ligados ao mercado.

Nota de Real, Dólar e Euro, Cartão Nubank, Caixa e Banco do Brasil, próximo de Bitcoin e aplicativo NuInvest criptomoedas
Nota de Real, Dólar e Euro, Cartão Nubank, Caixa e Banco do Brasil, próximo de Bitcoin e aplicativo NuInvest

O banco Nubank, um dos maiores em capitalização no Brasil, estuda liberar negociações com criptomoedas para seus clientes. O movimento poderia marcar a entrada de mais um banco no setor.

Atualmente, disputando posições com Itaú e Bradesco, o Nubank é um dos três bancos mais valiosos do Brasil, após um IPO na bolsa de valores. Ainda que o preço das ações tenham caído desde esse lançamento, o movimento deu grande captação de recursos para a instituição expandir sua atuação em diversos segmentos.

É importante lembrar que o BTG Pactual foi o primeiro banco brasileiro tradicional a confirmar o lançamento de uma corretora, que será batizada Mynt. Há rumores e um recente pedido de registro de marca também indicam que a corretora XP Investimentos deve ingressar no setor, que vai ficando mais disputado.

Outra opção para quem negocia criptomoedas é o Capitual, um banco híbrido que negocia várias moedas.

Nubank liberará negociações de criptomoedas para clientes?

Em 2021, o Nubank fez um movimento ousado no mercado financeiro tradicional, com aprovação do Banco Central do Brasil, comprando a corretora Easyinvest. Após a aquisição, essa passou a se chamar NuInvest Corretora de Valores SA.

Listando ações, fundos de investimentos, ETFs e outros produtos ligados a bolsa de valores brasileira, essa instituição já atuava no segmento inclusive com um portal de notícias, o Invest News, que tem como principais analistas Samy Dana e Dony De Nuccio.

Mas de acordo com o jornalista Lauro Jardim, em sua coluna do O Globo, o Nubank agora planeja expandir seus serviços para liberar negociações com criptomoedas para seus clientes investidores. A informação foi compartilhada no último domingo (20), e não há declaração da empresa sobre o assunto.

De qualquer forma, o Nubank, por meio da NuInvest, já oferece a negociação de criptomoedas indiretamente, ao listar produtos desse mercado como ETFs e fundos de investimentos, criados com apoio da B3.

Como Warren Buffet investiu na empresa, o bilionário chegou a ser apontado como um novo investidor indireto das criptomoedas, mesmo sendo um feroz crítico do setor há anos. Caso se confirme que o Nubank vai iniciar sua jornada listando diretamente criptomoedas em sua plataforma, o movimento será o primeiro dentre os três principais bancos brasileiros, sendo que o Itaú, o maior do país, já lista produtos da bolsa.

O Livecoins procurou o Nubank para confirmar se há algum estudo em andamento para que essa listagem ocorra, e se há previsão de quando tal serviço poderia ser lançado, e aguarda posicionamento do banco.

Vale lembrar que o Nubank planeja criar uma consultoria de criptomoedas, conforme um recente registro de marcas no Brasil, que pode indicar ainda mais o interesse no setor.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias