Polícia faz busca na casa do fundador da Terra (LUNA)

Logotipo da criptomoeda Terra (LUNA) em pedaços.
Logotipo da criptomoeda Terra (LUNA) em pedaços.

Após quase R$ 300 bilhões evaporarem com o colapso da criptomoeda Terra (LUNA) e sua stablecoin, a TerraUSD (UST), muitos ainda esperam por respostas. Como ação, a polícia da Coreia do Sul realizou uma operação de busca e apreensão na casa de Daniel Shin, co-fundador da Terra.

Além disso, oito empresas afiliadas da Terraform Labs, bem como em sete exchanges sul-coreanas, incluindo a famosa UpBit, também foram alvos da operação.

Devido ao tamanho de seu colapso, gigantes que estavam posicionadas em LUNA e UST acabaram em ruínas. Como exemplo, podemos citar a Three Arrows Capital, fundo de investimento que deve o equivalente a R$ 15 bilhões a seus credores.

Autoridades buscam por indícios de fraude

Mesmo que muitos acreditem que a Terra (LUNA) não passasse de um péssimo projeto, outros lesados por este colapso acreditam que seus fundadores, Do Know e Daniel Shin, devem ser responsabilizados pelas perdas.

Por conta disso, autoridades sul-coreanas efetuaram uma operação de busca e apreensão em mais de 15 empresas. Destas, oito são empresas ligadas à Terraform Labs e outras sete são exchanges locais, incluindo a gigante UpBit.

O intuito da investigação é apurar, através de registros de transações e outros materiais, se os acusados cometeram algum tipo de golpe durante o desenvolvimento do projeto. Entretanto, a polícia local não revelou mais detalhes sobre a investigação em andamento.

Como destaque, tanto a casa de Daniel Shin, co-fundador da LUNA, quanto o escritório de sua empresa, a Chai Corp, foram alvos da ação policial. Já Do Kwon, conhecido por ser um falastrão, agora está bem quieto em suas redes sociais.

TerraUSD, a stablecoin algorítmica

Funcionando sem ter 100% de lastro, a stablecoin TerraUSD (UST) chegou a alcançar uma capitalização de mercado de 95 bilhões de reais em maio deste ano, atraindo investidores graças a um retorno anual que parecia bom demais para ser verdade.

Contudo, após ser pressionada pelo mercado perdeu a marca de 1 dólar por token, fazendo a equipe responsável vender todas suas reservas, incluindo 80.000 BTC, para recuperar seu valor.

Entretanto, a briga foi em vão e, por consequência de sua engenharia, a Terra (LUNA) também despencou após um caso de hiperinflação. Mais tarde, a moeda foi transformada em duas, Terra (LUNA) e Terra Classic (LUNC), ambas ainda em forte declínio.

Embora algumas pessoas acreditem que Do Kwon e Daniel Shin possam ter embolsado parte destas reservas da UST, as autoridades sul-coreanas não informaram o que estão procurando nas buscas realizadas nesta semana.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias