Preço do Bitcoin cai e mercado de criptomoedas derrete

Correção acontece após uma das melhores semanas da história da moeda, segundo a Bloomberg.

Siga no
Preço gráfico do Bitcoin em queda
Preço do Bitcoin em queda

O preço do Bitcoin caiu mais de 10% na manhã desta segunda-feira (11), afetando também todo o mercado de criptomoedas. A queda ocorre após uma das melhores semanas da história do Bitcoin, que havia valorizado 40% em sete dias.

De fato o Bitcoin registrou um forte movimento de alta nas últimas semanas. Para quem comprou no dia 1 de janeiro de 2021, inclusive, o retorno continua sendo de 24% hoje. Ou seja, a queda pode estar afetando quem comprou no topo histórico, agora acima de U$ 41 mil por BTC.

De acordo com a Bloomberg, o Bitcoin ainda tem combustível para queimar, com a compra de empresas sendo o motivo principal. Contudo, com o mercado em momento de “ganância extrema”, correções eram esperadas.

A queda no Bitcoin ainda não causa temores em todos, mas já acende alerta no mercado.

Após falha em romper U$ 42 mil, preço do Bitcoin cai nesta segunda

Na última semana o preço do Bitcoin rompeu a marca histórica de U$ 41 mil por unidade. O forte movimento, que começou em dezembro do último ano, pode ter encontrado ai também sua primeira faixa de resistência.

Isso porque, por três dias seguidos o Bitcoin subiu acima de U$ 41 mil e recuou. Cada Bitcoin é cotado hoje em U$ 35.200,00, uma queda de 12% nas últimas 24 horas.

De acordo com o Índice de Medo e Ganância do Bitcoin, mesmo com a queda, a comunidade continua com ganância extrema. Ou seja, a correção ainda pode ser um movimento esperado, apesar do ligeiro aumento da desconfiança de traders.

Fear & Greed Index Análise de Sentimento do Bitcoin em 11 de janeiro de 2021
Fear & Greed Index – Análise de Sentimento do Bitcoin em 11 de janeiro de 2021 – Reprodução/Alternative.me

A queda começou no último domingo (10), com o Bitcoin chegando a ser negociado em U$ 35 mil. Nos finais de semana, vale destacar, que o volume do Bitcoin tende a ser ligeiramente menor.

Nesta segunda, entretanto, já há registros de preços negociados em U$ 32 mil em corretoras. Não há ainda uma zona de suporte no movimento, que segue acompanhado pelos traders.

O Bitcoin registrou na última semana um dos melhores movimentos de sua história. Dessa forma, o preço da moeda ainda apresenta uma perspectiva de alta para muitos analistas, que chamaram o movimento de valorização recente do Bitcoin de “alucinante”.

Como o Bitcoin tem menor volume aos finais de semana, um vendedor que descarregou moedas em corretoras pode ter motivado o movimento de correção. Com o início da semana, traders ligam o alerta, enquanto entusiastas ainda confiam na alta, mas nada está definido com o Bitcoin registrando um aumento na volatilidade.

Mercado de criptomoedas acompanha queda e derrete

O mercado de criptomoedas todo sentiu o baque da queda do Bitcoin hoje. Com isso, a criptomoeda Ethereum, por exemplo, também desvalorizou 13% hoje. No último domingo, o preço da Ethereum chegou a se aproximar da sua cotação histórica, mas corrige com o Bitcoin.

Considerando as dez principais criptomoedas do mercado, a que mais sentiu a queda do Bitcoin foi a Litecoin. Nas últimas 24 horas a “prata das criptomoedas” despencou 16%.

A Ripple também opera em queda de 10% e a Chainlink caiu 12%. Das dez maiores moedas do mercado, a menor queda hoje é a da Binance Coin, de 7% no momento da escrita dessa.

Confira a lista das criptomoedas, seus preços e valor de mercado aqui.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Pelé terá coleção NFT na plataforma Ethernity

Edison Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, é o mais famoso jogador de futebol da história e é um grande ícone para os...

Rothschild investe R$ 26 milhões em Ethereum

A Rothschild Investment adquiriu mais de 265.302 ações da Grayscale Ethereum Trust, marcando seu primeiro investimento em Ethereum, o ativo digital nativo da plataforma...

Banco central da Turquia proíbe uso de Bitcoin para pagamentos

O banco central (CBRT) da Turquia proibiu o uso de Bitcoin no país, alegando que as criptomoedas possuem riscos significativos devido a volatilidade, transações...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias