Presidente do México descarta Bitcoin como moeda de curso legal

Ele disse que vai agir de forma ortodoxa nas finanças e garantir que população não sonegue impostos.

Siga no
Presidente AMLO do México em coletiva de imprensa
Presidente AMLO do México em coletiva de imprensa/ Twitter

O presidente do México Andrés Manuel López Obrador (AMLO), descartou o uso de Bitcoin como moeda de curso legal em seu país.

A fala foi feita durante uma entrevista coletiva que concede todas as manhãs. Conhecido como AMLO, ele tem seu mandato a frente da presidência desde 2018 e deverá permanecer no cargo até 2024, sem possibilidade de reeleição.

Vale notar que o México é um dos principais países da América Latina, perdendo apenas para o Brasil e Argentina em volume de negociações de criptomoedas. Ou seja, tudo indica que o cenário do Bitcoin não deverá mudar naquele país nos próximos anos.

Presidente do México descarta mudanças nas finanças e uso do Bitcoin como moeda

Poucos presidentes em exercício pelo mundo costumam falar abertamente sobre Bitcoin, visto que é um tema polêmico para muitos deles. No Brasil, por exemplo, Jair Bolsonaro (sem partido) falou recentemente sobre a moeda digital em uma entrevista, mencionando que poucas pessoas no país conhecem sobre a criptomoeda.

Já no país vizinho, na Argentina, o presidente Alberto Fernández disse recentemente que o Bitcoin pode ajudar a resolver o problema da inflação, mas que ele não conhece o funcionamento da tecnologia.

Nesta quinta foi a vez de outro presidente latino falar sobre o assunto, em um importante país da América Central, o México. Em sua fala, de acordo com o Expansión Politica, AMLO descartou totalmente o uso do Bitcoin como moeda de curso legal.

Direto do Palacio Nacional, López Obrador ainda declarou que não deverá mudar muito sua política na economia mexicana, não tendo nenhuma intenção de se aventurar em qualquer assunto.

Para o presidente, o país não tem problemas em suas finanças e já até tem uma previsão positiva para fechar o balanço anual em 2021. Assim, ele declarou que deverá manter sua política econômica de forma ortodoxa.

“Deixe o interesse geral prevalecer; à parte o indivíduo. Conferência de imprensa matinal, do Palácio Nacional”.

Adoção de Bitcoin no México partindo pela população

Em setembro de 2021, uma grande rede de lojas do México passou a aceitar Bitcoin como pagamento, indicando que essa já é uma moeda para muitas pessoas.

Além disso, a Bolsa de Valores do México informou nos últimos dias uma intenção de listar produtos ligados às criptomoedas, um claro indicativo que o mercado segue de olho no setor.

Apesar disso, o recuo do presidente em trabalhar com o Bitcoin como moeda de curso legal é uma situação comum visto que o país emite sua moeda própria, ao contrário de El Salvador, que adotou a criptomoeda ao lado do Dólar como divisa oficial.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Bitcoin em alta. Imagem: ShutterStock

Bitcoin rompe alta histórica e é negociado acima dos 65 mil dólares

Com um mercado otimista em relação a questões regulatórias, o preço do Bitcoin rompeu a sua máxima histórica de 64.895 dólares registrada em abril...

Criptomoeda “promissora e fora do radar” desaparece com R$3 milhões dos investidores

Golpes envolvendo arrecadação de dinheiro e então um abandono do projeto são bem comuns, mas a CryptoEats foi além. A falsa empresa usou influenciadores...

FCA faz alerta para “jovens” que investem em criptomoedas

Segundo relatório publicado pela Autoridade de Conduta Financeira (FCA) do Reino Unido, a maior parte dos jovens faz investimentos arriscados por conta da competição...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias