Pressão de venda por mineradores está diminuindo, mostra análise

No início do mês, outro analista destacou que o estoque de bitcoins dos mineradores estava em seu menor nível dos últimos 14 anos. Agora, outro gráfico revela que isso pode ser um sinal de alta para o Bitcoin.

Em nota compartilhada no CryptoQuant, um analista nota que a pressão de venda dos mineradores está diminuindo. No gráfico, ele aponta que isso levou a uma alta no preço do Bitcoin em ocasiões passadas.

Embora estejam minerando menos bitcoins após o halving, cerca de 450 BTC/dia, muitos mineradores tinham grandes reservas guardadas.

Pressionados pela queda de receita, muitos precisaram se desfazer de seus bitcoins para atualizar seu maquinário, cobrir custos de operação ou até mesmo aproveitar o momento para realizar aquisições de concorrentes menores.

Mineradores estão vendendo menos bitcoins

No início do mês, outro analista destacou que o estoque de bitcoins dos mineradores estava em seu menor nível dos últimos 14 anos. Agora, outro gráfico revela que isso pode ser um sinal de alta para o Bitcoin.

“A quantidade e o número de bitcoins que os mineradores estão enviando de suas carteiras têm diminuído rapidamente recentemente”, escreveu Crypto Dan. “Em outras palavras, a pressão de venda dos mineradores está enfraquecendo e, se todo o volume de vendas for absorvido, uma situação pode ser criada onde o rali de alta pode continuar novamente.”

“Movimentos positivos no mercado de criptomoedas podem ser esperados no terceiro trimestre de 2024.”

Logo após diminuição da pressão vendedora por mineradores, Bitcoin teve saltos em seu preço. Fonte: CryptoQuant.
Logo após diminuição da pressão vendedora por mineradores, Bitcoin teve saltos em seu preço. Fonte: CryptoQuant.

Por outro lado, vale notar que diversas mineradoras estão pivotando seus negócios. Nesta semana, por exemplo, a canadense Hut8 recebeu um aporte de US$ 150 milhões (R$ 834 milhões) para expandir suas operações.

No entanto, o dinheiro será usado para atender a demanda ligada à inteligência artificial. Essa tendência já é observada há mais de um ano graças a similaridade entre os setores.

De qualquer forma, outros acreditam que a China deveria rever seu banimento à mineração. Pelo menos essa é a opinião de Wang Yang, vice-reitor de universidade de Hong Kong, afirmando que o governo está perdendo bilhões por não coletar impostos dessas empresas, que se mudaram para outros países.

Além da diminuição da pressão dos mineradores, outro indicador que aponta para uma alta para o Bitcoin é o Índice de Força Relativa (RSI). Segundo outro analista, essa é a melhor hora para realizar aportes.

Somado a isso, o mercado também espera cortes na taxa de juros nos EUA até o final do ano, podendo encorajar investidores a buscar opções mais arrojadas em seus portfólios. Já em novembro, americanos elegerão seu próximo presidente, que pode ser Donald Trump, que tem se mostrado a favor da indústria.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias