Primo Rico critica pirâmides financeiras de Bitcoin que usaram sua imagem

Um dos maiores youtubers do mercado financeiro no Brasil!

Siga no
Youtuber Thiago Nigro, do Canal Primo Rico
Youtuber Thiago Nigro, do Canal Primo Rico

O Bitcoin é a maior moeda digital que o mundo já viu, mas tem sua imagem atrelada a uma série de golpes. Desses, muitos acontecem devido ao fato da moeda ser nova, e como uma tecnologia, há poucas pessoas interessadas no estudo, tendo apenas interesse em lucros garantidos, seja diário, semanal ou mensal, algo ilógico para o Bitcoin. Para o Youtuber Thiago Nigro, conhecido pelo canal Primo Rico, uma série de pirâmides financeiras que usam o Bitcoin em seus golpes, teriam utilizado sua imagem.

Com mais de 140 mil visualizações, Primo Rico criticou as pirâmides de Bitcoin no Rumo ao Bilhão #09

Desde outubro de 2019, um dos maiores influencers do mercado financeiro brasileiro tem mostrado que comprou Bitcoin. O Primo Rico, famoso canal de informações financeiras, possui mais de 2,88 milhões de pessoas cadastradas.

Com isso, o alcançe das suas publicações chegam ao mais variado tipo de audiência, para o bem ou para o mal. De fato, o uso de sua imagem para alavancar negócios de pirâmide foi utilizada, e o Primo Rico falou sobre isso no último “Rumo ao Bilhão”.

De acordo com Nigro, após ter sua compra de Bitcoin anunciada, várias pirâmides passaram a utilizar sua imagem. A motivação dos “piramideiros” seria alavancar seus golpes usando sua imagem para legitimar esses esquemas.

Quando eu comprei Bitcoin, começaram a usar nossa imagem absurdamente, várias pirâmides começaram a usar nossa imagem

Thiago informou que quando critica pirâmides, não recebe a mesma repercussão. Ou seja, sua imagem comprando Bitcoin pode ter sido utilizada para causar o mal para outras pessoas.

Bitcoin é uma moeda extremamente volátil

O Primo Rico alertou que o Bitcoin não possui rendimentos fixos, como afirmam empresas de pirâmides financeiras. Além disso, Nigro lembrou da volatilidade da moeda, que desde que comprou não permaneceu no mesmo nível de preços.

Como exemplo, Thiago afirmou que comprou R$ 100 mil em outubro de 2019. De la para cá, o valor do seu Bitcoin oscilou entre R$ 94 mil e R$ 117 mil, ou seja, é muito volátil.

Quando você compra a criptomoeda Bitcoin, ele pode subir como ele pode cair também, não tem nada garantido

Com a extrema volatilidade percebida pelos preços, Nigro afirmou que não há como oferecer rentabilidade com essa moeda. Por fim, o Primo Rico lembrou que “quando você ver alguém prometendo rentabilidade, isso é pirâmide“.

Thiago Nigro afirmou que há dois tipos de pessoas que entram em pirâmide: as ignorantes e as maldosas. As ignorantes por vezes não sabem onde estão entrando, entretanto, as maldosas entram para ganhar dinheiro de forma rápida dando golpes nos outros. O Primo Rico lembrou no fim que pirâmide é ilegal.

Thiago Nigro ainda mantém seus Bitcoins comprados após um mês

Com a volatilidade do Bitcoin no mês de outubro, Thiago Nigro chegou a ter R$ 117 mil. Contudo, após a enorme alta de preços, seu lucro recuou para cerca de R$ 105 mil. O total de Bitcoin em seu portfólio é de 2% de sua carteira de investimentos ainda.

Primo Rico critica pirâmides financeiras de Bitcoin que usaram sua imagem e mostra sua carteira atual
Primo Rico critica pirâmides financeiras de Bitcoin que usaram sua imagem e mostra sua carteira atual – Imagem: Reprodução/Youtube

Cabe o destaque que o mês de outubro marcou a volta ao cenário de alta volatilidade ao Bitcoin. A volatilidade, segundo dados do BitVol.info, chega a ser maior que 3,9% nos últimos 30 dias. Este percentual alto não era visto desde agosto, ou seja, após dois meses de calmaria o mercado de criptomoedas voltou a se agitar.

Confira no vídeo abaixo a fala do Primo Rico sobre experiência com as criptomoedas:

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Visa BlockFI

Visa lança cartão de crédito com cashback em bitcoin

Agora você pode receber 1.5% de cashback em bitcoin por compras efetuadas por meio de um novo cartão de crédito lançado pela Visa em...
Bitcoin e dólar amassado

CEO da BlackRock acredita que bitcoin impacta status de reserva do dólar

O CEO da BlackRock, Laurence Douglas Fink, acredita que o bitcoin impacta o dólar americano como reserva. De acordo com ele, as criptomoedas chegaram...
Ator pede doações de Bitcoin

Ator de “The Office” pede doações em bitcoin para fundação de educação

O ator Rainn Wilson, famoso por seus papéis nas séries "The Office" e "Utopia", é um fã do ouro digital. Dessa forma, o ator...

Últimas notícias

CEO da BlackRock acredita que bitcoin impacta status de reserva do dólar

O CEO da BlackRock, Laurence Douglas Fink, acredita que o bitcoin impacta o dólar americano como reserva. De acordo com ele, as criptomoedas chegaram...

Ator de “The Office” pede doações em bitcoin para fundação de educação

O ator Rainn Wilson, famoso por seus papéis nas séries "The Office" e "Utopia", é um fã do ouro digital. Dessa forma, o ator...

Relatório dos EUA sobre “guerra contra drogas” na América Latina deve mencionar criptomoedas

Um novo relatório sobre a "guerra às drogas" será lançado esta semana pelos EUA, mencionando a América Latina e às criptomoedas. As informações foram...