Professor da Unicamp critica encontro de Dória com CEO da Binance e chama corretora de “suja”

"Colapsos de pirâmides apoiadas por governos já causaram guerra".

Encontro de CEO da Binance com João Dória
Encontro de CEO da Binance com João Dória /Reprodução

O encontro do governador João Dória com o CEO da Binance, CZ, não foi muito bem aceito por todos no Brasil, sendo um “funcionário” do governo crítico do encontro.

Tudo começou na última segunda-feira (14), quando o CEO da Binance participou de um encontro com o governador no Palácio dos Bandeirantes. Em sua participação, CZ conversou com Dória, com o Secretário de Fazenda e Planejamento, Henrique Meirelles, e o Diretor de Projetos da InvestSP, Leonardo Machado.

Após a divulgação do encontro, ficou claro que o filho de Dória também participou e se mostrou entusiasmado pela oportunidade de conhecer o empresário chinês em sua visita ao Brasil. CZ respondeu que foi um prazer conhecer o filho de Dória na ocasião.

“Com CZ em São Paulo. Ansioso para ver quanto trabalho Binance está colocando para desenvolver e criar todo o ecossistema Web3.0 em todo o mundo”.

CZ compartilhou foto com João Dória e governador disse que São Paulo está a disposição

Uma surpresa para muitos do mercado de criptomoedas brasileiro foi ver o CEO da maior corretora a operar o par Real/Bitcoin em São Paulo. E sua presença foi detectada em um encontro com o governador do estado, João Dória.

Pelo Twitter, CZ publicou uma foto com o mandatário, dizendo que foi um prazer conhecer Dória, em um momento aparentemente amistoso entre ambos. Vale lembrar que a Binance atualmente patrocina o Campeonato Paulista de Futebol, sendo também parceira do Santos Futebol Clube no lançamento do seu fan token.

Além disso, a Binance tem uma empresa registrada no Brasil, a B Fintech, que está no estado de São Paulo, mostrando que a operação deverá ser formalmente estruturada nesse território em breve. Isso porque, a gerente da Binance Brasil, Mayra, disse recentemente que há estudos para criação formal de um escritório no país.

Ao ver a publicação de CZ, João Dória agradeceu a visita e parabenizou o empresário pelo seu trabalho disruptivo.

“Muito obrigado pela visita. Parabéns pelo trabalho disruptivo que você vem fazendo. Conte com São Paulo!”

“Funcionário” de Dória repreendeu encontro

A presença de CZ no Brasil não passou imune de críticas por quem não gosta de criptomoedas e muito menos da corretora. Assim, um dos maiores inimigos do Bitcoin no Brasil, Jorge Stolfi, Professor de Computação da Unicamp, esbravejou com o governador.

Segundo ele, seu “chefe” se encontrou com o CEO de uma das mais sujas bolsas de criptomoedas do mundo, chamando o episódio de lamentável. Na visão do professor, o Bitcoin e demais criptomoedas são pirâmides financeiras, logo ele aproveitou para dizer que esquemas apoiados por governos podem causar guerras.

“O colapso de esquemas pirâmide apoiados pelo governo foi a causa imediata da guerra civil na Albânia.”

Após isso, Jorge Stolfi declarou pelo seu Twitter que os danos das criptomoedas poderão ser pelo menos 10 vezes maior que o da Telexfree ao Brasil, sendo este último avaliado em R$ 1 bilhão, segundo ele.

Professor da Unicamp disse ser lamentável encontro de Dória com CEO da Binance
Professor da Unicamp disse ser lamentável encontro de Dória com CEO da Binance /Twitter

Vale ressaltar que a UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas), é vinculada ao governo de São Paulo e logo Dória é chefe de Jorge Stolfi, ainda que indiretamente.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias