“Se eu tiver que escolher, prefiro Ouro”, diz Ray Dalio sobre Bitcoin

Além de ser um grande defensor do ouro, Dalio tem preocupações com o Bitcoin e o quanto o governo pode controlar esses ativos digitais caso o BTC chame muita atenção.

Siga no
Ray Dalio BTC
Ray Dalio BTC

Ray Dalio é um grande nome do setor financeiro e uma figura que chamou bastante atenção dentro da comunidade do Bitcoin. Começando como um crítico, depois um tímido apoiador e agora um bitcoiner declarado, Dalio afirmou recentemente que se fosse preciso escolher entre o Bitcoin ou o Ouro, o ouro seria a sua escolha final. 

Após ter surpreendido muitos ao afirmar que tinha Bitcoins, Ray Dalio ainda parece preferir o ouro físico ao ouro digital em situações extremas. Ele disse em uma entrevista à CNBC que se tivesse que tomar uma decisão extrema entre o ouro e o Bitcoin, o metal precioso seria o escolhido.

“Se você colocar uma arma na minha cabeça e dizer ‘Você só pode escolher um’, eu escolherei o ouro”, disse o bilionário à CNBC.

Como é de se notar, essa é uma situação extrema, mas é uma representação de como para muitos no final o ouro continua sendo uma opção mais segura em situações de necessidade.

Esse não é uma grande surpresa para quem acompanha a carreira de Dalio, afinal, ele sempre foi um grande investidor e apoiador do ouro como uma forma de reduzir riscos de investimento e melhorar retornos.

Além de ser um grande defensor do ouro, Dalio tem preocupações com o Bitcoin e o quanto o governo pode controlar esses ativos digitais caso o BTC chame muita atenção.

Dalio já falou que acredita na possibilidade do Bitcoin ser controlado e proibido por governos caso ele comece a ameaçar o sistema financeira tradicional.

Dalio reflete o ponto de vista de muitos investidores que vêm o Bitcoin como uma ótima forma de investimento, mas que no final das contas não acreditam na verdadeira resiliência da criptomoeda em relação a sua descentralização e resistência à censura, que são dois pontos fundamentais para toda a ideia por trás da criptomoeda.

Essa não é uma preocupação rara, com opinião similar também sendo expressada por um dos economistas mais famosos do mundo, Kenneth Rogoff.

O interesse do governo no criptomercado e no Bitcoin realmente anda alto. Enquanto conversas sobre regulamentação continuam em alta no setor, também há um aumento nas tentativas de taxação do setor.

Recentemente o Senado dos EUA elaborou um novo plano de taxação que prevê a arrecadação de US$ 28 bilhões com impostos no futuro.

Com isso, é fácil entender porque Dalio pode não ser tão confiante no Bitcoin caso seja necessário escolher entre o Bitcoin e o Ouro em uma situação de necessidade.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Presidente da SEC diz que criptomoedas só valem algo porque alguém vai querer comprar...

O Presidente da SEC, Gary Gensler, novamente voltou a falar sobre o criptomercado e sobre as moedas digitais. Desta vez Gensler demonstrou estar bem menos...
Binance sob pressão Brasil

Binance anuncia fim de negociações de derivativos na Austrália

A Binance é a maior corretora de criptomoedas do mercado global e com certeza um importante pilar para todo o setor. No entanto, com...
Símbolo da Uniswap em mapa mundial

Empresa pede registro de marca da Uniswap no Brasil

Uma empresa pediu o registro da marca Uniswap no Brasil, nome da principal corretora descentralizada do mundo. O pedido foi feito com base em uma...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias