“Se eu fosse rei do mundo mandaria banir a mineração do Bitcoin”, diz bilionário Paul Tudor Jones

Em entrevista nesta segunda-feira (14), mega investidor comentou que não sabe onde colocar maior parte de seu patrimônio até que FED resolva o que vai fazer.

Siga no
Paul Tudor Jones sobre o Bitcoin na CNBC
Paul Tudor Jones sobre o Bitcoin na CNBC

O bilionário Paul Tudor Jones voltou a falar sobre seus investimentos em Bitcoin, afirmando dessa vez que gosta de investir em um ativo honesto, confiável e seguro, como a moeda digital.

A fala foi dita em entrevista à CNBC nesta segunda, quando Jones afirmou que acredita no Bitcoin como um mecanismo de proteção contra inflação.

Nos últimos dias, um apoiador do ex-presidente Donald Trump nos Estados Unidos também defendeu o Bitcoin como ativo contra inflação. Vale o destaque que o FED, banco central dos EUA, imprimiu muito dinheiro no último ano, levando os investidores a temer pelo descontrole na inflação.

Paul Tudor Jones acredita que Bitcoin é um ativo confiável e que vale o investimento

Nesta segunda o mega investidor Paul Tudor Jones afirmou que mantém 5% de seu patrimônio em Bitcoin. Para ele, a quantia faz parte de uma proteção de riqueza que ele acredita ser fundamental em um momento em que a inflação pode perder o controle.

Para Tudor Jones, o Bitcoin é matemática pura, ou seja, 2 mais 2 é igual a 4, e assim deverá permanecer por pelo menos 2 mil anos. O lendário investidor fez seu primeiro aporte em 2020, quando comprou Bitcoin por menos de US$ 10 mil cada.

Com o Bitcoin hoje valendo mais de US$ 40 mil, Tudor Jones acredita que a moeda digital é honesta, segura e confiável.

“A única coisa que sei com certeza é que quero ter 5% em Ouro, 5% em bitcoin, 5% em dinheiro, 5% em commodities”

Com os outros 80% de seu patrimônio, Tudor afirmou que irá aguardar por mais definições do FED, que estaria operando com muita incerteza neste momento.

“Se eu fosse rei do mundo, mandaria banir a mineração de Bitcoin”

Apesar de a opinião de Paul Tudor Jones em relação ao Bitcoin como investimento ser favorável, ele não é um fã da mineração da moeda. O processo de mineração é como garante a segurança, que inclusive, é uma das forças da moeda segundo o bilionário.

Apesar disso, Paul afirmou que os impactos ambientais do Bitcoin são preocupantes, e que ele certamente baniria caso mandasse no mundo.

“Se eu fosse o rei do mundo, baniria a mineração de Bitcoin”

Mesmo com as opiniões controversas, o patrimônio da Paul Tudor Jones, hoje avaliado em US$ 7 bilhões (cerca de R$ 35 bi) pela Forbes, tem uma parte de 5% em Bitcoin, ou seja, US$ 350 milhões.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

O Ethos de um Bitcoinheiro

Desde que eu caí na toca do coelho, algo sempre chamou a minha atenção: como os bitcoinheiros possuem um ethos próprio bastante particular. Primeiro,...
Moedas físicas de Bitcoin em várias cores

Fundo de Investimentos em Cingapura anuncia compra de Bitcoin “físico”

Um fundo de investimentos baseado em Cingapura anunciou uma nova compra de Bitcoin "físico", o que causou surpresa no mercado local. O setor financeiro tradicional...
Jogador do Flamengo Gabriel Barbosa

Token do Flamengo despenca após derrota para o Palmeiras na Libertadores

Nas últimas 24 horas, o fan token do Flamengo despencou mais de 27%, após o clube ser derrotado pelo Palmeiras na final da Copa...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias