Ripple (XRP) doa R$ 130 milhões para políticos nos EUA

Em um comunicado divulgado nesta quarta-feira (29), a Ripple afirmou que sua contribuição faz parte de um esforço conjunto da indústria para promover políticas favoráveis à inovação financeira nos EUA.

A Ripple, empresa por trás do token XRP e uma das principais empresas de blockchain do mercado, anunciou uma doação de US$ 25 milhões para a Fairshake, um comitê de ação política (PAC) nos EUA.

Os US$ 25 milhões doados nesta semana coloca o total de doações da Ripple para políticos em US$ 50 milhões, tornando a empresa uma das maiores doadoras de candidatos favoráveis às criptomoedas nas próximas eleições do país.

As doações da Ripple representam aproximadamente metade dos mais de US$ 100 milhões que a Fairshake arrecadou até o momento. Outras contribuições vieram de players importantes do setor de criptomoedas, como as exchanges Coinbase e Gemini, a empresa de capital de risco Andreessen Horowitz e a gestora de ativos ARK Invest.

Empresas de criptomoedas criam lobby nos EUA

O mercado de criptomoedas vê as eleições de 2024 como um momento importante para eleger candidatos que apoiem o setor e para remover aqueles que criticam aos ativos digitais. Katie Porter (D-Calif.), congressista aliada da senadora Elizabeth Warren (D-Mass.), é uma das principais opositoras.

Em um comunicado divulgado nesta quarta-feira (29), a Ripple afirmou que sua contribuição faz parte de um esforço conjunto da indústria para promover políticas favoráveis à inovação financeira nos EUA.

Ela também criticou a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) por tentar regular as criptomoedas por meio de ações de fiscalização, em vez de criar um ambiente regulatório que favoreça a inovação.

“Nossas contribuições para a Fairshake são apenas uma das muitas maneiras pelas quais a Ripple está investindo ativamente na educação dos eleitores sobre a importância das criptomoedas para o futuro e os riscos de uma postura anti-cripto adotada por alguns legisladores em Washington,” afirmou Brad Garlinghouse, CEO da Ripple.

“A Ripple e a indústria de criptomoedas como um todo não ficarão em silêncio enquanto reguladores não eleitos tentam impedir a inovação e o crescimento econômico que beneficiam milhões de americanos. Continuaremos investindo nesse esforço até que vejamos mudanças significativas.”

Enquanto isso, a Ripple enfrenta uma longa batalha legal com a SEC desde 2020, quando foi acusada de violar leis federais de valores mobiliários.

Tal disputa motivou a empresa a gastar milhões em doações politicas, além de também colocá-la em uma possível próxima aprovação de ETF, algo que a Ripple espera alcançar através de suas contribuições e apoio a candidatos pró-cripto nas próximas eleições.

De acordo com a Ripple, as eleições de 2024 serão as mais importantes na história das criptomoedas — estabelecendo uma escolha entre candidatos que veem a promessa do setor e candidatos que atrapalham o progresso.

“Devemos eleger líderes que compreendam este potencial e apoiem políticas que protejam os consumidores e os mercados de forma justa e inovadora. Nesta eleição, a comunidade de criptomoedas pretende responsabilizar os decisores políticos pelo seu papel na expansão ou limitação dos empregos nos EUA e no crescimento econômico na criptoeconomia.”, diz o comunicado.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de criptomoedas do mercado ganhe até 100 USDT em cashback. Cadastre-se

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Vinicius Golveia
Vinicius Golveia
Formado em sistema da informação pela PUC-RJ e Pós-graduado em Jornalismo Digital. Conhece o Bitcoin desde 2014, atuando como desenvolvedor de blockchain em diversas empresas. Atualmente escreve para o Livecoins sobre assuntos de criptomoedas. Gosta de cultura POP / Geek. Se não estiver escrevendo notícias relevantes, provavelmente está assistindo alguma série.

Últimas notícias

Últimas notícias