Rumores apontam manipulação de preço do Bitcoin

Siga no

O mercado de criptomoedas continua em queda, mais de R$ 169 bilhões evaporam da capitalização total do mercado. O Bitcoin bateu recorde de desvalorização no ano e está sendo negociado abaixo de US $ 4.429 (R$ 16.700 no Brasil), todas as criptomoedas estão no vermelho, XRP segue resistindo à tempestade.

Nos últimos dois meses o mercado se manteve calmo, o bitcoin oscilava entre US $ 6300 e US $ 6600 e foi apelidado de stablecoin.

Nos últimos 7 dias no entanto, houveram três grandes quedas, uma em 14 de novembro, outra em 18 de novembro e mais uma ontem (19), fazendo o preço cair de US $ 6300 para US $ 4.400 – Quase dois mil dólares em desvalorização em menos de uma semana.

Nos últimos sete dias o Bitcoin perdeu um total de 30% em valor de mercado, ao longo do ano a moeda perdeu 68,13% de valor, no dia primeiro de janeiro de 2018, o Bitcoin era negociado por 14 mil dólares.

Rumores de manipulação de preço

Só nos últimos 7 dias o mercado perdeu uma capitalização de mercado de US $68 bilhões, saiu de US $ 210 bilhões para US $ 142 bilhões. A capitalização total de mercado do Bitcoin agora é de US $76 bilhões.

Comentários nas redes afirmam que essas quedas poderiam ser resultado de grandes detentores de bitcoin realizando manipulação de preços com a intenção de “comprar Bitcoin barato” depois.

Os analistas do RadarBTC publicaram um relatório intitulado de “Até quando vamos sangrar“, onde o ponto de vista da manipulação de preço é explorada

________

“Digamos que sejam 4 players “combinando” pra recomprar o mais baixo possível: 1) O fato de liquidar pequenos investidores é positivo?
2) Isso ajuda ou atrapalha a entrada de institucionais e aprovação do ETF? * O mercado ceder 30% em 1 semana sem nenhum tipo de noticia pode
ser considerado positivo de alguma forma? *Cadê os investidores que falavam que BTC poderia ir pra USD 15.000 ou 25.000 no final do ano? Pq não estão comprando? Isto é sinal claro que
não há demanda verdadeira.” Lucas de Carvalho e Marcel Pechman do RadarBTC

Seguindo a tendência de queda do Bitcoin, a maioria das principais criptomoedas, incluindo  Ethereum (ETH), Bitcoin Cash (BCH), Stellar (XLM), EOS (EOS) e Litecoin (LTC) estão com perdas de 15 a 35%.

A XRP continua se destacando com uma queda menor, sustentando perdas de “apenas” 5% no meio do “apocalipse”. A criptomoeda se manteve incrivelmente bem, alcançando uma taxa de câmbio alta de 10 meses entre o par BTC-XRP.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Fundador do Livecoins. Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org

Ethereum queima 1 bilhão de dólares após atualização

A ativação do EIP-1559 ocorreu há 41 dias e hoje o total de ethers queimados chegou a marca de 1 bilhão de dólares, cerca...

Apple proíbe carteiras de NFTs

Ao tentar lançar a sua carteira para dispositivos iOS, a equipe da Gnosis Safe foi impedida de enviar o seu aplicativo para a App...
Palco com destaque a cadeiras e Bitcoin ao fundo Elon

Revista Time coloca Elon Musk, criador do Ethereum e Luiza Trajano em lista de...

A Time Magazine liberou nesta quarta-feira (15) a lista das "100 Pessoas mais Influentes de 2021", dando destaque a Elon Musk e Vitalik Buterin,...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias