Rússia considera “ativamente” usar criptomoedas para pagamentos internacionais

As declarações se enquadram nos planos mais amplos da Rússia para regular as criptomoedas.

Bitcoin sob pressão na Rússia, mineração, negociação, compra e venda
Bitcoin sob pressão na Rússia

A Rússia está considerando adotar criptomoedas para pagamentos internacionais para ajudar a combater o impacto das sanções ocidentais. Assim, o governo russo está procurando alternativas para contornar os sistemas de pagamento tradicionais.

Há uma nova proposta que envolve o uso de criptomoedas (incluindo Bitcoin) para pagamentos internacionais. Apesar de o Banco Central da Rússia não ter feito comentários sobre o assunto, pode haver um consenso para que o país comece a usar ativos digitais para pagamentos internacionais.

O presidente do comitê de energia do Congresso da Rússia, Pavel Zavalny, disse em entrevista coletiva que a Rússia estava aberta a aceitar bitcoin para suas exportações de recursos naturais.

“Com a Turquia, pode ser lira e rublos. Portanto, pode haver uma variedade de moedas, e essa é uma prática padrão. Se eles quiserem bitcoin, vamos negociar bitcoin.”

De acordo com Ivan Chebeskov, diretor da Divisão de Política Financeira do Ministério das Finanças da Rússia, permitir criptomoedas como meio de liquidação para o comércio internacional ajudaria a combater o impacto das sanções ocidentais, que limitaram o acesso da Rússia aos mecanismos tradicionais de pagamento transfronteiriço.

“Quando se trata de nossos países ‘amigáveis’, como China ou Turquia, que não nos pressionam, há algum tempo oferecemos a eles opção de pagamento com moedas nacionais, como rublo e yuan”, disse durante entrevista.

Rússia e criptomoedas

Os reguladores russos estão lutando ativamente para controlar o mercado de criptomoedas do país e o uso de moedas digitais. Notavelmente, o Banco Central e o Ministério das Finanças têm abordagens contrárias sobre regular as criptomoedas.

O Banco Central russo quer banir completamente as criptomoedas no país, assim como a China fez, alegando que as atividades ameaçam a estabilidade financeira do país. O Ministério da Fazenda, no entanto, quer a criação de regras que diferenciem os mercados legais e ilegais.

Até o governo começar a usar criptomoedas para pagamentos, portanto, o Banco Central e o Ministério das Finanças devem chegar a um consenso sobre como regular o mercado. As discussões já duram meses, mas ainda não resultaram em nada.

Sanções contra Rússia

Em meio a sanções econômicas, a Rússia aparentemente está considerando alavancar criptomoedas como o Bitcoin para pagamentos internacionais.

De acordo com um artigo da agência de notícias russa Interfax, o Ministério das Finanças da Rússia está analisando ativamente a possibilidade de aceitar pagamentos com criptomoedas em acordos de comércio exterior.

“A questão do uso de moedas digitais para transações de pagamentos internacionais está sendo ativamente discutida. Se a moeda digital for reconhecida como propriedade, em princípio, no âmbito de transações de permuta com a referida moeda digital, será possível realizar operações sobre atividade econômica estrangeira.”disse Ivan Chebeskov.

Os comentários de Chebeskov vêm no contexto de uma proposta sobre pagamentos internacionais que pode ser incorporada à lei de regulamentação de criptomoedas que está atualmente em construção.

As declarações, portanto, se enquadram nos planos mais amplos da Rússia para regular as criptomoedas.

Esta questão está sendo discutida e merece atenção”, acrescentou Chebeskov, que enfatizou que permitir as criptomoedas como meio de liquidação ajudaria a Rússia a lutar contra o impacto das sanções dos Estados Unidos.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Últimas notícias