Salário em Bitcoin será comum em 2022, diz Forbes

Pode ser o início de uma transição monetária.

Bitcoin em mão saindo do computador e homem se assustando
Bitcoin em mão saindo do computador e homem se assustando

A chegada de um novo ano também gera previsões, como a de que o Bitcoin será adotado por mais dois países, segundo o presidente de El Salvador. Já a Forbes acredita que receber salário em Bitcoin em 2022 será algo comum.

Publicado no último sábado (1), o artigo da Forbes cita que o crescimento do Bitcoin em 2021 foi apenas o começo e que devido à inflação do dólar, a mais alta em 40 anos, as pessoas passarão a querer receber seus salários em BTC.

O único contraponto é a volatilidade do Bitcoin, por conta disso é importante ter um maior controle financeiro, como no pagamento de contas. Porém, também é válido notar o ponto positivo, pois seu salário pode aumentar substancialmente caso o preço do BTC suba.

Salário em Bitcoin

Este movimento tomou força em 2021, em especial com Tom Brady, astro do futebol americano afirmando que gostaria de ser pago em criptomoedas e que outros jogadores já pediram por isso.

Indo além também temos os prefeitos de Nova York e Miami em uma corrida saber qual deles seria o primeiro prefeito dos EUA a abandonar o dólar e adotar o Bitcoin, recebendo-o como salário.

Com isso, a maior corretora americana, a Coinbase, anunciou um serviço que permite a conversão automática de salários em bitcoin, ou outras criptomoedas, assim que o pagamento é realizado. Em pouco tempo uma distribuidora de música já adotou tal serviço.

Apesar do Bitcoin ter sido um ótimo investimento em seus 13 anos de existência, o artigo da Forbes nota que é preciso estar pronto para a volatilidade da moeda, que pode ser algo ruim caso seu preço caia e bom caso suba. Ou seja, é preciso planejamento.

Salários podem ser bom para moeda digital

Afinal, qual é a diferença entre receber em bitcoin e converter seus reais ou dólares para a moeda digital? Bom, a resposta é que a primeira opção é o início de um ciclo.

Se a empresa paga seus funcionários com BTC e estes conseguem pagar por outros bens e serviços diretamente em bitcoin, então a necessidade de usar moedas fiduciárias, para conversões, diminui.

Por fim, caso a previsão da Forbes se concretize e receber salários em Bitcoin torne-se algo comum em 2022, este pode ser o início de uma transição monetária que há tanto tempo os fãs da moeda esperam.

Além disso, ao pagar diretamente em BTC, isso também aumenta a liquidez da moeda, assim como as transações entre pessoas e sem intermediários, como Satoshi Nakamoto gostaria de ver há 13 anos.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias