Suspeito de mandar assassinar advogado é condenado a devolver criptomoedas

Homem é suspeito de ser mandante de assassinato de advogado na cidade de São Paulo no último ano.

Siga no
mandar assassinar advogado
Arma de fogo/Pixabay

Um crime bárbaro chocou a cidade de São Paulo em 2019, quando um advogado foi morto a tiros em um posto. Um suspeito de participar do crime e mandar assassinar o advogado era líder de uma empresa que fazia captação de investimentos em criptomoedas.

Chamada de Valourinvest, a empresa teria começado a atrasar os saques para clientes no último ano. Em um processo de setembro de 2019, por exemplo, a justiça paulista já havia solicitado o bloqueio de R$ 93 mil em oito corretoras de criptomoedas.

Os donos da empresa são Edgar Acioli Amador e Wilson Decaria Junior. De acordo comum inquérito policial que investiga o caso da morte do advogado, os donos da Valourinvest teriam contratado os assassinos.

O crime que aconteceu em junho de 2019 ainda deixa marcas no judiciário.

Suspeito de ajudar a mandar matar advogado em São Paulo é condenado pela justiça a devolver criptomoedas de investidor

Um investidor da Valourinvest recorreu ao judiciário para reaver seu investimento. De acordo com decisão, publicada nesta terça-feira (13), o homem teria investido mais de 1 Bitcoin na empresa.

Com o investimento realizado em 2018, o valor do aporte daria cerca de R$ 49 mil. Hoje, com o preço do Bitcoin acima de R$ 60 mil, o investidor pede na justiça o valor de R$ 139 mil.

“Alega, em síntese, que em 10/08/2018 firmou contrato particular de assessoria, investimento e negociação de criptoativos junto a requerida Valourinvest, visando a prestação de uma série de serviços relacionados a criptomoedas, tendo transferido o valor de R$ 49.750,00, equivalentes a 1,581 Bitcoins”, cita trecho da decisão judicial

Foram citados como parte ré no processo a Valourinvest Soluções Assessoria e Consultoria Financeira e Edgar Acioli Amador. Edgar é apontado como participante no assassinato do advogado Francisco Assis Henrique Neto Rocha, que morreu em um posto com 10 tiros.

Segundo a investigação policial, Edgar e o outro dono da Valourinvest teriam contratado os assassinos do crime. O caso ainda segue apurado pela polícia civil do Estado de São Paulo.

Justiça deferiu pedido de cliente da Valourinvest, veículos poderão ser bloqueados

A justiça paulista deferiu o pedido do cliente contra a Valourinvest, no valor de R$ 139 mil. Até veículos poderão ser bloqueados para o pagamento da dívida, que constarem no sistema Renajud.

Diante dos fatos narrados pelo autor e dos documentos que acompanham a inicial, inclusive, com a juntada do contrato e do boletim de ocorrência relativo a demanda criminal que envolve o sócio da ré, vislumbra-se a presença dos requisitos que autorizam a concessão parcial da tutela de urgência. Posto isto, defiro parcialmente a tutela pretendida para determinar o arresto de eventuais valores existentes em contas-correntes ou aplicações de titularidade da requerida VALOURINVEST, SOLUÇÕES, ASSESSORIA E CONSULTORIA FINANCEIRA EIRELI

Caso o autor do processo também encontre imóveis em nome da ré poderá colocar no processo. O juiz determinou ainda que o autor recolha as custas do processo em até 15 dias para dar andamento ao pedido.

O caso da morte do advogado com a Valourinvest é um dos mais emblemáticos do Brasil. Recentemente, o STF julgou um habeas corpus contra outro suspeito e negou o pedido. Na ocasião, o Ministro Alexandre de Moraes apontou que essa pode ser uma quadrilha que cometeu um crime bárbaro.

A empresa, que prometia rendimentos de 10 a 15% garantidos, é suspeita de operar um esquema de pirâmide com Bitcoin. O advogado teria mais de R$ 2 milhões para receber dos suspeitos, que pagaram cerca de R$ 500 mil pela sua morte.

No Reclame Aqui, mais de 23 reclamações já foram registradas contra a Valourinvest. Edgar, que é um dos suspeitos de mandar assassinar o advogado, também é citado na justiça pelos envolvimentos com a suposta pirâmide financeira.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Roberto von der Osten, da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT)

Bitcoin é inevitável, diz sindicalista da CUT

O sindicalista Secretário de Relações Internacionais da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Sistema Financeiro (CONTRAF-CUT), Roberto von der Osten, disse em um programa de...

Axie Infinity não pagará mais jogadores iniciantes

Axie Infinity ainda é um dos grandes sucessos dos jogos blockchain, representando uma oportunidade para muitos conseguirem ganhar enquanto jogam. No entanto, novas mudanças...
Bitcoin e criptomoedas em ETF

NASDAQ indica que ETF de Bitcoin pode ter sido aprovado, preço dispara

Os investidores de Bitcoin tem aguardado ansiosamente por uma possível aprovação de um ETF de Bitcoin, o que poderia fazer o preço do ativo...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias