“Tem algo errado”: investimentos em Bitcoin faz governo tomar atitude

“Tem mais gente investindo em bitcoin do que em bolsa”, segundo especialista ligado ao ministério da economia.

Siga no

O governo quer popularizar o mercado de ações para a entrada de novos investidores. Como o mercado de ação ainda é restrito a uma pequena parcela da população brasileira, alguns incentivos deverão ser criados no setor. Em busca de popularizar investimentos em ações, o governo deverá apresentar mecanismos capazes de aproximar leigos de aplicações deste tipo.
O mercado de ações ainda é restrito à acionistas que já dominam o conhecimento suficiente em relação aos investimentos ali permitidos. Por outro lado, quem nada entende do assunto enfrenta dificuldades para dominar conhecimentos referentes ao mercado financeiro acionário. E deverá ser através de informações mais claras que o governo brasileiro pretende mudar essa ótica, atraindo assim novos investidores.

Brasileiros investem mais em Bitcoin do que em mercado de ações

Segundo Adolfo Sachsida, brasileiros estão investindo mais no Bitcoin do que em ações. Essa afirmação, um pouco preocupante, pode revelar que o mercado financeiro tradicional está perdendo espaço cativo para as criptomoedas. Adolfo é secretário de política econômica do governo de Jair Bolsonaro e comentou sobre sua expectativa em relação a modernização do mercado acionário brasileiro.
Em entrevista à Valor, Adolfo comentou sobre brasileiros que investem em criptomoedas. Para o secretário, esse tipo de investimento entre os brasileiros é superior àquele realizado no mercado acionário no país.

“Tem mais gente investindo em bitcoin que em bolsa, então tem algo errado”.

Tributação de lucros sobre ações deve ser revista

Para Adolfo Sachsida, a complexidade do investimento em ações pode dificultar a entrada de novos investidores no sistema. Enquanto isso, o Bitcoin (BTC) e outras criptomoedas continuam a aumentar sua presença em todo o mundo. Além de criar formas de esclarecer mais as informações em relação ao mercado de ações, as tributações sobre os lucros pode ser outra coisa a ser mudada pela política econômica do novo governo.
A ideia da proposta de Adolfo é criar um sistema mais simplificado para a compra e venda de ações. Os investidores também deverão receber informações sobre tributos de forma mais esclarecida, e de fácil entendimento à todos. Segundo o secretário, várias propostas estão sendo discutidas com outras esferas do governo, como a Receita Federal, por exemplo. Sendo assim, o governo esperará que essas ações atraem mais investidores, para um mercado que precisa de revisão.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".
Fundador Mercado Livre

Fundador do Mercado Livre investe em corretora de criptomoedas

O fundador e CEO do Mercado Livre, Marcos Galperin, participou de uma rodada Série B de investimentos na fintech Ripio, que captou cerca de...

Meu pai viúvo de 68 anos está enviando bitcoins para uma mulher que conheceu...

As interações em redes sociais sempre devem ser realizadas com atenção, principalmente com desconhecidos. Um tipo de golpe bem comum são os emocionais, em...
Nicholas Nassim Taleb

Nassim Taleb sobre queda do Bitcoin: “Não é proteção contra nada”

Nassim Nicholas Taleb é um famoso economista e autor de livros como A Lógica do Cisne Negro, Antifrágil e Arriscando a Própria Pele. Taleb,...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias