Ucrânia pede que corretoras de criptomoedas congelem contas de russos

Binance e Kraken se recusam a bloquear contas de usuários

Bitcoin Ucrânia
Bitcoin Ucrânia

A Ucrânia solicitou que as exchanges de criptomoedas bloqueiem todos os endereços relacionados a usuários da Rússia e da Bielorrússia, temendo que o país utilize das criptomoedas para driblar sanções econômicas.

Sabemos que os Estados Unidos, bem como os seus aliados, bloquearam bancos russos do sistema de transação SWIFT – sistema utilizado para transações entre bancos ao redor do mundo – e grande parte dos offshore de Moscou também sofreram restrição.

O Vice Primeiro Ministro e Ministro da Transformação Digital da Ucrânia apelou para o lado das criptomoedas para prevenir que os russos recorram as criptomoedas.

Assim foi o Tweet de Mykhailo Fedorov: “Estou pedindo a todas as principais exchanges de criptomoedas que bloqueiem endereços de usuários russos. É crucial congelar não apenas os endereços ligados a políticos russos e bielorrussos, mas também sabotar usuários comuns.”

Rússia e criptomoedas

A preocupação do Ministro tem embasamento, já que a Rússia é detentora de 12% da capitalização de mercado total das criptomoedas. Putin também defendeu o Bitcoin recentemente.

O Banco Central da Rússia publicou um relatório a favor do banimento das criptomoedas no país, alegando que as criptos seriam “um enorme risco para a estabilidade financeira por meio do qual bancos e outros participantes do mercado poderiam infectar todo o sistema financeiro”.

Putin foi contra e manifestou positivamente acerca da regulamentação das criptomoedas e da mineração no país.

Quanto as restrições solicitadas, a plataforma DMarket relacionada ao comércio de itens virtuais e tecnologia para o metaverso já se agitou para o congelamento de ativos da Rússia e Bielorussia:

“A startup ucraniana DMarket corta todos os relacionamentos com a Rússia e a Bielorrússia devido à invasão da Ucrânia.

– O registro na plataforma é proibido para usuários da Rússia e Bielorrússia;

– As contas de usuários previamente cadastrados dessas áreas estão congeladas;”

Binance e Kraken se recusam a bloquear contas de usuários

A maior corretora do mundo, a Binance, não está a favor da paralisação das contas dos usuários russos, pois estaria bloqueando a transação e uso da plataforma de pessoas que são inocentes ao meio a guerra. A empresa disse que um dos valores da Binance é a liberdade financeira.

O CEO da Kraken, Jesse Powell, disse estar preparado caso tenha que cumprir com o pedido de Mykhailo Fedorov e que os russos estejam cientes que isso pode acontecer a qualquer momento.

No entanto, ele decidiu por não congelar as contas dos clientes russos da corretora inicialmente e será necessária uma exigência legal para que ele cumpra com o pedido.

Vale ressaltar que as criptomoedas foram e ainda estão sendo de extrema importância para a Ucrânia durante todo esse período de guerra. O país recebeu milhões em criptomoedas de doação para se sustentarem contra a Rússia, sendo elas uma grande aliada.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Raquel Vieirahttp://www.simplificandoascriptomoedas.com
Advogada e educadora financeira, com certificações nacionais e internacionais. Apaixonada pelo mercado de criptomoedas, já ajudou diversas pessoas a entenderem e ingressarem no mercado por meio de seus ensinamentos. Autora do Livro Simplificando as Criptomoedas.

Últimas notícias