Um evento que pode fazer o Bitcoin voltar a subir

Siga no
Bitcoin
Imagem: Pixabay

Em janeiro o Bitcoin encontrou um nível de suporte de US $ 3500 (R$ 12.800), mas será que este é o valor mais baixo ou ainda pode cair mais?

O Bitcoin tem uma quantidade finita de suprimento, que é limitada a 21 milhões de moedas. Não existe algo como um governo imprimindo mais dinheiro quando se trata de bitcoin.

Nenhuma nova moeda pode ser feita além do limite de 21 milhões. Isso permite que a principal criptomoeda do mercado seja menos inflacionária do que a taxa de inflação anual controlada pelos bancos centrais, que geralmente cresce em cerca de 2%.

Quando o bitcoin foi criado em 3 de janeiro de 2009, ele foi desenvolvido para liberar 50 bitcoins a cada 10 minutos para os mineradores.

A cada quatro anos a quantidade de moedas liberadas para os mineradores cai pela metade. Então, em 28 de novembro de 2012, a recompensa caiu de 50 para 25. Depois, em 9 de julho de 2016, ela caiu para 12,5 moedas a cada 10 minutos.

Por que isso é importante?

O próximo evento de redução de recompensa (Halving) vai acontecer em 25 de maio de 2020.

O valor da recompensa para os mineradores será reduzido novamente. Isso significa uma redução na oferta e sabemos que quando a oferta cai, os preços sobem.

Ambas as vezes que a recompensa para mineradores diminuiu o preço do bitcoin aumentou drasticamente no ano anterior.

Quando combinamos isso com o fato de que a infraestrutura de criptomoedas está sendo projetada em um ritmo acelerado, incluindo a Bakkt ganhando relevância, o futuro parece consistir de um ambiente econômico em que temos uma restrição na oferta e um aumento na demanda. Este poderia ser um grande evento que resulta em um pico de preço.

Ainda temos alguns meses pela frente, e provavelmente veremos uma pressão para queda de preços, testando a marca de US $ 3200 antes que as coisas mudem, mas o fim da dor agora pode estar à vista.

Observe também que isso não significa que todas as criptomoedas vão se recuperar.

Infelizmente, muitos dos projetos mal conseguiram administrar seus fundos arrecadados em ICOs, o que levou à estagnação do projeto. Sem dinheiro, a maioria desses projetos deixará de existir, resultando em desgosto para seus investidores.

No entanto, os projetos executados de forma adequada abrirão o caminho para o futuro e não apenas sobreviverão a essa última recessão, mas excederão seus recordes anteriores.

Originalmente apareceu no NullTX

Leia mais sobre:
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br
Sede Capitual

Agora é possível fazer saque de criptomoedas em Banco24Horas

Agora é possível realizar saques de criptomoedas em caixas eletrônicos. A ação é resultado de parceria do Banco Capitual com a TecBan, que agora...
Gary Cohn

Ex-assessor de Trump diz que bitcoin não tem transparência

O ex-assessor econômico de Donald Trump, Gary Cohn, disse à Bloomberg em uma entrevista que o bitcoin não tem transparência e integridade. Gary é...
Diem Facebook

Criptomoeda do Facebook agora se chama Diem

O Facebook rebatizou a sua criptomoeda e a Libra agora se chama “Diem”. A mudança de nome tem como objetivo receber aprovação regulatória. Diem...

Últimas notícias

Ex-assessor de Trump diz que bitcoin não tem transparência

O ex-assessor econômico de Donald Trump, Gary Cohn, disse à Bloomberg em uma entrevista que o bitcoin não tem transparência e integridade. Gary é...

Criptomoeda do Facebook agora se chama Diem

O Facebook rebatizou a sua criptomoeda e a Libra agora se chama “Diem”. A mudança de nome tem como objetivo receber aprovação regulatória. Diem...

“Bitcoin deu Touro de Ouro”, aponta Pablo Spyer

O "tourinho" chegou ao mercado de criptomoedas, na visão do famoso analista Pablo Spyer, diretor da corretora Mirae. Na manhã desta terça-feira (1), ele...