Vazam conversas da elite das criptomoedas sobre escândalo da FTX

Como destaque das conversas, ocorridas no dia 10 de novembro, Changpeng Zhao acusa Sam Bankman-Fried de tentar derrubar a maior stablecoin do mercado, a Tether (USDT).

Nesta sexta-feira (9), dois grandes jornais americanos publicaram conversas da elite das criptomoedas sobre a queda da FTX. No grupo estavam nomes como Paolo Ardoino da Tether, Justin Sun da Tron e Jesse Powell da Kraken.

Entretanto, as mensagens vazadas focaram no posicionamento dos dois maiores envolvidos nesta história, Changpeng Zhao da Binance e, claro, Sam Bankman-Fried da FTX.

Como destaque, Zhao aparece dando conselhos a Bankman-Fried, alertando que o mesmo precisará pagar pelos seus atos.

“Pare agora, não cause mais danos. Quanto mais dano você causar agora, mais tempo de prisão.”

Quem é o dedo duro do grupo?

O grupo desta elite está localizado no Signal, um aplicativo de mensagens famoso por sua segurança. Portanto, algum destes bilionários vazou as conversas para o The New York Times e para o The Wall Street Journal, que noticiaram o caso de imediato.

Segundo especulação do The Verge, o próprio Sam Bankman-Fried pode ter liberado as mensagens. Afinal, o fundador da FTX parece ter uma grande mágoa com Changpeng Zhao após o mesmo desistir da compra de sua corretora. Além disso, não parece preocupado em seguir nenhuma recomendação de seus advogados, falando diversas besteiras desde a queda de seu império.

Zhao também pode ter vazado as mensagens. Também na sexta-feira (9), o executivo contou que SBF ofendeu diversos membros da Binance, bem como fez ameaças. “Ainda temos essas mensagens de texto”, escreveu CZ.

Enquanto isso, Jesse Powell da Kraken chamou os artigos de fake news, não só afirmando que não está presente em tal grupo, como também duvidando da veracidade das informações apresentadas.

“Fake news. Duvido que esse bate-papo tenha acontecido. Eu certamente não estava na sala. Provavelmente, alguém trollando a grande mídia. A história do Tether nem faz sentido. A história aqui é que WSJ e NYT foram facilmente enganados para escrever uma história inventada sobre nada.”

No entanto, vale notar que o WSJ tentou contato com um porta-voz da Kraken na data, mas não obteve resposta. O mesmo aconteceu na tentativa de contato com a Binance.

Zhao acusa Bankman-Fried de tentar derrubar a Tether

Como destaque das conversas, ocorridas no dia 10 de novembro, Changpeng Zhao acusa Sam Bankman-Fried de tentar derrubar a maior stablecoin do mercado, a Tether (USDT).

“Pare de tentar desatrelar as stablecoins. E pare de fazer qualquer coisa. Pare agora, não cause mais danos,” escreve o CEO da Binance para Bankman-Fried. “Quanto mais dano você causar agora, mais tempo de prisão.”

Na sequência, o fundador da FTX questiona as acusações de Zhao, notando que uma venda de US$ 250.000 (R$ 1 milhão) não conseguiria mexer com o mercado.

“Você está afirmando que acha que um trading de US$ 250.000 de USDT iria desatrelar [o valor do USDT ao dólar]?” questiona SBF.

“Meu conselho sincero: pare de fazer tudo. Vista um terno, volte para DC e comece a responder às perguntas”, diz Zhao para Bankman-Fried.

“Obrigado pelo conselho!” responde, SBF, repetindo a pergunta anterior. “Você tentou me acusar de tentar desatrelar uma stablecoin fazendo uma negociação de US$ 250.000?”

Precisamos concordar com Sam Bankman-Fried, uma venda deste tamanho é irrisória para a liquidez da Tether. No entanto, é estranho que o fundador da FTX estivesse negociando tais valores um dia antes de sua corretora declarar falência.

Com sua empresa mencionada, o CTO da Tether entrou na conversa para reiterar a saúde financeira da mesma. “Só para deixar claro, resgataremos qualquer quantia de dinheiro que vier para nós. Somos sólidos”, apontou Paolo Ardoino.

O que dizem os envolvidos na conversa vazada?

Como mencionado acima, a Kraken não respondeu à tentativa de contato pelos jornais americanos, mas seu fundador classificou as conversas entre a elite das criptomoedas como falsas.

um porta-voz da Binance afirmou que seria inapropriado para a corretora comentar sobre o assunto. Enquanto isso, uma porta-voz da Tether afirmou que a empresa “demonstrou sua resiliência a ataques” e que as ações da FTX “não refletem o ethos e o comprometimento de toda indústria”.

O único que parece ter dado importância as mensagens vazadas foi Bankman-Fried da FTX. Em nota, o ex-bilionário chamou as acusações de Changpeng Zhao de “absurdo”, dando um parágrafo inteiro aos jornais.

“Negociações desse tamanho não causariam um impacto material nos preços da Tether e, pelo que sei, nem eu, nem a Alameda jamais tentamos desatrelar intencionalmente o Tether ou qualquer outra stablecoin. Cometi vários erros no ano passado, mas este não é um deles.”

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias