Após sofrer assalto, motorista de aplicativo vende carro e acaba investindo em suposto golpe com bitcoin

Na última segunda feira, 27, o presidente da empresa fez uma live para avisar que os clientes iriam receber os valores (ou parte deles) através da plataforma que está sendo reativada. Segundo ele, o novo sistema vai contemplar primeiro aqueles que nunca realizaram nenhum saque na Midas antes.

Siga no
Homem ameaça cometer suicídio
Homem ameaça cometer suicídio

A Midas Trend tem sido de grande preocupação para os seus investidores, sem pagar desde o final do ano e a cada vez dando novas desculpas, a empresa consumiu o golpe ao “ser hackeada”, como anunciado no dia 14 de abril. Sendo assim, o desespero e os prejuízos passaram a ser o comum com os antigos clientes da pirâmide financeira.

O Jornal A Tarde, da Bahia, entrou em contato com investidores da região de Salvador, bem próxima da cidade onde A Midas nasceu. Por lá, a empresa deixou um rastro de sonhos destruídos e de prejuízo para pessoas que acreditaram nas muitas promessas vazias de Deivanir Santos.

A empresa já estava passando por problemas desde o final de 2019 e isso já vinha sendo uma grande preocupação para os clientes, muitos já desesperados. Existia um plano para pagar a todos em cerca de 90 dias, com a empresa indo atuar no Canadá.

No entanto, a última revelação do hack tirou todo o resto de esperanças que esses investidores possuíam. Curiosamente, o roubo das criptomoedas é uma desculpa muito comum em golpes que estão para sumir do mapa.

Rastro de prejuízo a muitos investidores

Devanir, presidente da Midas Trend, em Live.Imagem, Youtube
“O Futuro em Suas Mãos” era uma das frases que agraciava as propagandas da Midas Trend. O golpe pode ter deixado mais de 100 mil pessoas no prejuízo.

Uma das investidoras entrevistas pelo A Tarde foi Joana Peixoto (nome fictício para proteger a identidade da vítima), que diz ter vendido o seu carro de trabalho para poder investir na empresa.

“Vendi meu carro, fiz um empréstimo de R$ 10.000 e investi todo o dinheiro na empresa, porque queria deixar de trabalhar como motorista de aplicativo. Pensava em comprar dois imóveis para alugar”.

Joana diz que era motorista de Uber, mas após sofrer um assalto em 2018 ficou traumatizada e queria mudar a forma como ganhava dinheiro. Com isso, ela vendeu o carro e cerca de um ano depois entrou em contato com as ofertas da Midas.

“Vendi o único bem que eu tinha e contraí um empréstimo, pois eu via na Midas a possibilidade de mudar de vida. No total, foram R$ 60.000 investidos. Estou no vermelho. Tive depressão, perdi o apetite e estou tomando calmantes. Tive que voltar a trabalhar como motorista de aplicativo com carro emprestado para pagar dívidas.”

A investidora afirma que foi convencida a investir por causa das promessas de “escolha ser o seu próprio patrão”, “já pensou em multiplicar a sua renda?” e pela promessa do robô (Bot Midas) que dizia botar o dinheiro investido para “trabalhar 24h”.

Outra investidora também disse ter tido um alto prejuízo com a pirâmide.

“Acreditei demasiadamente nas palavras do CEO da empresa, que prometia que a Midas mudaria a vida de seus clientes para melhor. Infelizmente, estamos há 6 meses sem receber nem o capital investido, acreditando nas promessas do presidente, que, até o momento, não cumpriu com nada”.

Líderes também amargam perdas na Midas Trend

Além dos investidores, o site também entrevistou um dos líderes da Midas Trend, que além de reclamar dos prejuízos recebidos, também informa que vários clientes o cobram diariamente por causa do dinheiro que eles investiram.

“Entrei no projeto no fim de abril de 2019. Cheguei a investir R$ 580.000 e tenho direito a receber R$ 2,6 milhões. Todo dia tem gente me cobrando, achando que estou colaborando com isso. É muita pressão de todos os lados”, revela o líder entrevistado.

Além dele, outra liderança, dessa vez de Santa Catarina, também diz estar amargando prejuízos altíssimos.

“Inicialmente, investi R$ 200 mil. Estou com um total de R$ 450 mil pra saque, mas Deivanir vem enrolando a gente com falsas promessas. Hoje, estamos reunidos em um grupo para entrar com um processo contra a Midas”

Desde o anúncio do suposto hack das moedas, esses grupos para abrir processos contra a Midas ficaram cada vez mais comuns.

Os líderes de pirâmides costumam a ser o elo mais fraco e os mais atacados quando esses esquemas acabam ruindo. Enquanto muitos se dizem inocentes, já que tomaram o golpe assim como os investidores, de acordo com a lei, divulgar esquemas de pirâmide também é crime.

Por uma visão geral do mercado, os lideres são muitas vezes considerados cúmplices, já que eles (na grande maioria das vezes) sabem que esse tipo de esquema é insustentável.

Em live surpresa Midas Trend promete pagamento para os clientes

Na última segunda feira, 27, Deivanir fez uma live para avisar que os clientes iriam receber os valores (ou parte deles) através da plataforma que está sendo reativada. Segundo ele, o novo sistema vai contemplar primeiro aqueles que nunca realizaram nenhum saque na Midas antes.

Após aqueles que se encaixam nesse critério, será a vez daqueles que fizeram saque, mas ainda tem valores retidos e, por fim, as pessoas que têm crédito, sacaram valores, mas ainda têm a receber.

Segundo o que foi informado na live, a medida é para evitar ações judiciais contra a empresa. No entanto, a justiça já está envolvida no caso.

Deivanir afirmou que a empresa tem em “máquina” RS$ 8 milhões e após 7 dias de rendimentos com as operações, eles conseguiram o valor para quitar a dívida de quase RS$ 60 milhões.

Com esses valores que vêm do rendimento, a Midas poderá pagar diariamente partes do valor devido para os clientes.

No entanto, essa não é a primeira vez que uma solução para a Midas é anunciada e não é a primeira vez que os prazos não são cumpridos.

Deivanir, no entanto afirmou que “Não vamos ficar devendo 1 centavo para ninguém”. Na live, ele anunciou que a Midas 2.0 realmente vai ser lançada ainda essa semana.

Os Bitcoins roubados não foram citados.

Leia mais sobre:
Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

CVM dos EUA é acusada de dar vantagens à China no mercado cripto

O Diretor de Inteligência Nacional (DNI) dos Estados Unidos, John Ratcliffe, enviou uma carta ao presidente da Comissão de Valores Mobiliários americana (SEC) expressando...
Bandeira do Canadá

Bitcoin bate recorde de preço no Canadá

O preço do Bitcoin no Canadá bateu recorde de preço. A moeda digital foi negociada a C$ 25.300 pela primeira vez na história do...

Primeiros resultados no Google por Bitcoin podem ser golpes

Enquanto o Bitcoin segue uma tendência de alta por mais de 3 meses e caminha para superar o seu valor mais alto, o interesse...

Últimas notícias

Bitcoin bate recorde de preço no Canadá

O preço do Bitcoin no Canadá bateu recorde de preço. A moeda digital foi negociada a C$ 25.300 pela primeira vez na história do...

Primeiros resultados no Google por Bitcoin podem ser golpes

Enquanto o Bitcoin segue uma tendência de alta por mais de 3 meses e caminha para superar o seu valor mais alto, o interesse...

Ripple (XRP) vai ter smart contract? Não caia nessa!

Um dos mais antigos criptoativos, Ripple (XRP), apresentou uma alta meteórica de 140% nos últimos 7 dias. A principal explicação é a distribuição (airdrop)...