Criador do Ethereum manda jornalista russo “se f*der”

Vitalik se opôs à escalada da tensão entre a Rússia e a Ucrânia, dizendo esperar que o Kremlin "escolha sabiamente" seu curso de ação sobre a Ucrânia.

Vitalik Buterin
Vitalik Buterin

Vitalik Buterin, o co-criador do Ethereum, xingou jornalistas russos que estão a favor da invasão russa na Ucrânia. O rosto por trás da segunda criptomoeda mais valiosa do mundo, nasceu na Rússia, e na quinta-feira (24), desejou “Glória à Ucrânia”, logo após criticar a decisão do presidente russo, Vladimir Putin, de atacar o país, chamando a ação de “crime contra o povo ucraniano e russo”.

Uma jornalista russa havia tuítado que “se agora você está envergonhado por ser russo, não se preocupe, você não é russo”, conforme uma tradução automática.

Vitalik então respondeu à editora-chefe do Russia Today, um dos maiores jornais da Rússia, dizendo para ela ir “se foder”, em russo.

Vitalik condena invasão na Rússia

Vitalik se opôs à escalada da tensão entre a Rússia e a Ucrânia, dizendo esperar que o Kremlin “escolha sabiamente” seu curso de ação sobre a Ucrânia.

“Um ataque à Ucrânia só pode prejudicar a Rússia, a Ucrânia e a humanidade”, disse ele.

“Se a situação retornará a um caminho pacífico ou haverá uma guerra, agora pode ser decidido não por Zelensky, não pela OTAN, mas pelo Kremlin. Espero que eles escolham sabiamente”.

Vitalik criticou o presidente russo Vladimir Putin e a invasão da Ucrânia na quinta-feira, condenando-a como um “crime contra o povo russo e ucraniano”.

O tuíte foi feito minutos depois que Putin anunciou que havia ordenado uma “operação militar especial” na Ucrânia e vários relatos da mídia de explosões em cidades da ex-república soviética, o criador do Ethereum disse que estava “muito chateado” com a decisão do Kremlin.

“Muito chateado com a decisão de Putin de abandonar a possibilidade de uma solução pacífica para a disputa com a Ucrânia e ir para a guerra. Este é um crime contra o povo ucraniano e russo. Quero desejar segurança a todos, embora saiba que não haverá segurança. Glória à Ucrânia.”

Tensões na Rússia-Ucrânia

Em uma outra postagem, Vitalik disse que o Ethereum é neutro, mas ele não.

“Lembrete: o Ethereum é neutro, mas eu não sou.”

O cofundador do Ethereum nasceu na Rússia em 1994 e se mudou para o Canadá em 2000. Vitalik viveu na Rússia até os seis anos de idade antes de seus pais emigrarem para o Canadá em busca de melhores oportunidades de trabalho.

Putin disse em seu discurso televisionado que as operações militares da Rússia se concentrarão em “desmilitarizar” e “desnazificar” a Ucrânia. “Nossos planos não incluem a ocupação do território ucraniano”, afirmou o líder russo.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Últimas notícias