Vitalik Buterin tenta aproveitar crise das stablecoins para ganhar dinheiro, mas perde

Nesta semana, Vitalik Buterin movimentou 900 ETH, cerca de 7,8 milhões, de sua própria carteira, convertendo parte disso em USDC.

Enquanto o mercado de criptomoedas segue agitado pela falência de bancos americanos, o criador do Ethereum continua realizando transações em sua própria rede. Nesta semana, Vitalik Buterin movimentou 900 ETH, cerca de 7,8 milhões, de sua própria carteira, convertendo parte disso em USDC.

Três delas foram para uma carteira da corretora Kraken. A primeira, de apenas 1 ETH, foi enviada na última segunda-feira (6), como uma forma de teste. Já na terça-feira (7), Buterin enviou 199 ETH e, nesta segunda-feira (13), outros 200 ETH.

Portanto, o montante enviado à Kraken chega a 400 ETH, cerca de R$ 3,5 milhões, mas é difícil saber o propósito final destas transações.

Já outros 500 ETH (R$ 4,3 milhões) foram enviados para corretoras descentralizadas, o que nos dá mais pistas sobre as intenções de Vitalik Buterin, como detalhado abaixo.

Vitalik Buterin tenta aproveitar crise das stablecoins para ganhar dinheiro

Enquanto a stablecoin USDC perdia seu lastro em dólar após divulgar exposição ao Silicon Valley Bank (SVB), Vitalik Buterin converteu 500 ETH em Wrapped Ether (WETH). Além de ser atrelado ao preço do ETH, tal token possui o padrão ERC-20, ou seja, pode ser usado em protocolos DeFi e corretoras descentralizadas.

Na sequência, o criador do Ethereum usou esse token para cunhar uma stablecoin chamada Rai Reflex Index (RAI). Buterin cunhou 150.000 RAI no total, equivalente a US$ 420.000 (R$ 2,2 milhões).

Vitalik Buterin converte ETH em WETH e cunha stablecoin RAI. Fonte: EtherScan.

Resumindo o fluxo das transações seguintes, Buterin acabou comprando pouco mais de US$ 400.000 USDC no sábado (11) enquanto a stablecoin perdia seu lastro com o dólar.

Fundador do Ethereum compra stablecoin que perdeu paridade com o dólar. Fonte: EtherScan.

Ou seja, enquanto alguns investidores apavorados vendiam USDC, o criador do Ethereum acreditou que a stablecoin da Circle voltaria a US$ 1 e aproveitou a oportunidade para colocar uma grana no bolso.

No entanto, o trade parece ter dado prejuízo a Vitalik Buterin. Afinal, seus 400.000 USDC continuam em sua carteira após a stablecoin voltar ao patamar de US$ 1 nesta segunda-feira (13) e, em comparação, o Ethereum valorizou 17% neste mesmo período.

Ou seja, teria sido mais fácil e lucrativo se Buterin tivesse mantido seus ETH parados em sua carteira. Outro ponto foram as taxas pagas. Em apenas uma destas transações, o criador do Ethereum pagou US$ 200 (R$ 1.050) para realizar a conversão.

Dinheiro pode ser usado para doação

Apesar de a troca de ETH por USDC ter ocorrido justamente quando a segunda maior stablecoin do mercado perdia sua paridade com o dólar, a movimentação pode estar relacionada a alguma doação futura.

Afinal, Vitalik Buterin vendeu diversas memecoins na semana passada por mais de 440 ETH. Ou seja, é possível que ele esteja convertendo estes fundos para USDC para então doar a alguma instituição, como já fez anteriormente quando vendeu Shiba Inu e doou US$ 1 bilhão para uma empresa da Índia.

Por fim, enquanto as transações onchain são facilmente verificadas devido à transparência da blockchain, o oposto acontece com os 400 ETH enviados à Kraken. No entanto, tudo indica que Buterin também trocou este montante por USDC para aproveitar a queda.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias