World Economic Forum: WEF mostra o valor da blockchain para seu negócio

Quer implementar a tecnologia blockchain em sua empresa?

Siga no

O World Economic Forum (WEF) é uma instituição sem fins lucrativos famosa pelas reuniões de líderes globais em Davos (Suíça). No ano de 2019, a temática blockchain não foi o maior destaque do evento. Entretanto, no último dia 16 de julho, a WEF publicou um estudo que mostra o valor da blockchain para seu negócio.

Isso porque, os analistas responsáveis pelo estudo, analisaram a tecnologia blockchain em vários setores. Após um profundo estudo dos dados, um relatório completo foi a público pelo WEF.

WEF apresentou o valor da blockchain aplicada à qualquer negócio, de diferentes setores!

Certamente o foco do WEF é ajudar empresas e governos em sua caminhada pela inovação. Com isso, o WEF disponibilizou um estudo sobre blockchain, contendo 17 páginas. Além disso, a Accenture Research colaborou com a criação deste conteúdo.

Intitulado “Construindo Valor com a Tecnologia Blockchain”, o estudo buscou valorar essa inovação em negócios. Certamente, o estudo utilizou como metodologia a análise setorial. Para isso, foram analisados 13 indústrias e 79 projetos blockchains. Além disso, foram realizadas cerca de 550 entrevistas como coleta de dados.

Entretanto, chamou atenção que transações peer-to-peer, privacidade e criptomoedas não foram foco deste estudo. O Bitcoin (BTC), citado como “talvez melhores aplicações da tecnologia”, não foi alvo do WEF.

Empresas que querem mensurar o valor da tecnologia blockchain em seu negócio, podem utilizar este estudo do WEF

De acordo com a WEF, há um caminho para adotar a tecnologia blockchain nas empresas. Isso porque, há casos em que a mesma não é necessária. Com isso alguns passos devem ser analisados, como:

  1. O que é blockchain?
  2. Como utilizar essa tecnologia?
  3. Qual valor ela poderá trazer ao negócio?
  4. Poderá escalar?
  5. Pode ser utilizada para transformar indústrias/negócios?
  6. É possível criar novos produtos ou mercados?

A WEF apontou que as empresas certamente estão de olho na tecnologia blockchain. Isso porque, já são quase U$ 2,9 bilhões gastos em 2019, com estimativas de aporte de até U$ 12,4 bilhões até 2022. Além disso, 57% dos que responderam a pesquisa mostraram acreditar que suas empresas deveriam implementar a tecnologia blockchain.

Certamente, para quem acredita que apenas empresas estão de olho na blockchain muito se engana. De acordo com o WEF, cerca de 40 bancos centrais estão de olho na blockchain. Além disso, conforme noticiado pelo Livecoins, no Brasil a blockchain está sendo analisada pelo Banco Central.

Vantagens da blockchain por setor

Após as empresas considerarem o “caminho para adoção blockchain”, o próximo passo seria analisar o setor. Para isso o WEF criou um infográfico (figura 2) que ilustra os dados obtidos através das empresas analisadas.

Cabe o destaque que dos 13 setores analisados, poucos tiveram uma grande vantagem com a tecnologia blockchain de acordo com o WEF.

Figura 2: Blockchain é percebida como tendo inúmeros benefícios em comum em vários setores / Melhores vantagens por setor / Fonte: WEF

Finalmente, a conclusão é que as empresas devem tomar tempo para compreender esta tecnologia. Além disso, considerar de forma realística as expectativas, assim como alinhar esta com as estratégias prioritárias. O WEF ainda considerou que as empresas devem estudar sua realidade e se aproximar de maneira ágil se for este o desejo.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Bitcoin pegando fogo e bandeira da China

Maior pool de mineração de Bitcoin bane chineses

Nesta segunda, a maior pool de mineração de Bitcoin baniu os mineradores chineses, mostrando que a comunidade deverá acatar a determinação do governo chinês. Na...

“Bitcoin é perigoso e não pode ser reserva de valor”, diz analista do Deutsche...

Uma analista do Deutsche Bank, chamada Marion Labor, falou sobre os perigos do uso das criptomoedas, principalmente o Bitcoin, como uma moeda legal. As...
Cadeado destravado e Bitcoin em caso de baixa segurança dos dados corretoras

ABCripto alerta sobre transações da Gas Consultoria e “Faraó dos bitcoins”

Fruto da colaboração de várias empresas do mercado de criptomoedas brasileiras, a ABCripto emitiu um alerta para as transações feitas pela Gas Consultoria e...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias