World Economic Forum: WEF mostra o valor da blockchain para seu negócio

Quer implementar a tecnologia blockchain em sua empresa?

Siga no

O World Economic Forum (WEF) é uma instituição sem fins lucrativos famosa pelas reuniões de líderes globais em Davos (Suíça). No ano de 2019, a temática blockchain não foi o maior destaque do evento. Entretanto, no último dia 16 de julho, a WEF publicou um estudo que mostra o valor da blockchain para seu negócio.

Isso porque, os analistas responsáveis pelo estudo, analisaram a tecnologia blockchain em vários setores. Após um profundo estudo dos dados, um relatório completo foi a público pelo WEF.

WEF apresentou o valor da blockchain aplicada à qualquer negócio, de diferentes setores!

Certamente o foco do WEF é ajudar empresas e governos em sua caminhada pela inovação. Com isso, o WEF disponibilizou um estudo sobre blockchain, contendo 17 páginas. Além disso, a Accenture Research colaborou com a criação deste conteúdo.

Intitulado “Construindo Valor com a Tecnologia Blockchain”, o estudo buscou valorar essa inovação em negócios. Certamente, o estudo utilizou como metodologia a análise setorial. Para isso, foram analisados 13 indústrias e 79 projetos blockchains. Além disso, foram realizadas cerca de 550 entrevistas como coleta de dados.

Entretanto, chamou atenção que transações peer-to-peer, privacidade e criptomoedas não foram foco deste estudo. O Bitcoin (BTC), citado como “talvez melhores aplicações da tecnologia”, não foi alvo do WEF.

Empresas que querem mensurar o valor da tecnologia blockchain em seu negócio, podem utilizar este estudo do WEF

De acordo com a WEF, há um caminho para adotar a tecnologia blockchain nas empresas. Isso porque, há casos em que a mesma não é necessária. Com isso alguns passos devem ser analisados, como:

  1. O que é blockchain?
  2. Como utilizar essa tecnologia?
  3. Qual valor ela poderá trazer ao negócio?
  4. Poderá escalar?
  5. Pode ser utilizada para transformar indústrias/negócios?
  6. É possível criar novos produtos ou mercados?

A WEF apontou que as empresas certamente estão de olho na tecnologia blockchain. Isso porque, já são quase U$ 2,9 bilhões gastos em 2019, com estimativas de aporte de até U$ 12,4 bilhões até 2022. Além disso, 57% dos que responderam a pesquisa mostraram acreditar que suas empresas deveriam implementar a tecnologia blockchain.

Certamente, para quem acredita que apenas empresas estão de olho na blockchain muito se engana. De acordo com o WEF, cerca de 40 bancos centrais estão de olho na blockchain. Além disso, conforme noticiado pelo Livecoins, no Brasil a blockchain está sendo analisada pelo Banco Central.

Vantagens da blockchain por setor

Após as empresas considerarem o “caminho para adoção blockchain”, o próximo passo seria analisar o setor. Para isso o WEF criou um infográfico (figura 2) que ilustra os dados obtidos através das empresas analisadas.

Cabe o destaque que dos 13 setores analisados, poucos tiveram uma grande vantagem com a tecnologia blockchain de acordo com o WEF.

Figura 2: Blockchain é percebida como tendo inúmeros benefícios em comum em vários setores / Melhores vantagens por setor / Fonte: WEF

Finalmente, a conclusão é que as empresas devem tomar tempo para compreender esta tecnologia. Além disso, considerar de forma realística as expectativas, assim como alinhar esta com as estratégias prioritárias. O WEF ainda considerou que as empresas devem estudar sua realidade e se aproximar de maneira ágil se for este o desejo.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Universidad Americana Imagem: Divulgação

Universidade privada do Paraguai vai aceitar pagamentos em Bitcoin e Ethereum

A Universidade Americana do Paraguai vai começar aceitar pagamentos em criptomoedas a partir de agosto, os alunos poderão pagar por cursos e graduação com...
Mulher usa ATM do Santander no Reino Unido

Santander testa ferramenta para rastrear criptomoedas

O Santander quer entender como os seus clientes usam as criptomoedas em simultâneo as contas correntes. Para isso, o banco testou uma ferramenta da...
john mcaffe

Suicídio de John McAfee em prisão na Espanha levanta suspeitas

John McAfee, fundador da empresa de tecnologia McAfee, foi encontrado morto na tarde de hoje (23) na cadeia espanhola de Brians 2, localizada em...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias