Apostas e Homens: Mitos e verdades

O mercado de criptomoedas para muitos é um ambiente de apostas e composto em maioria por homens, mas não é bem assim que funciona. Na realidade há muitos mitos e verdades que quero levantar aqui.

Para começar gostaria de deixar o ponto inicial que me instigou ao debate, que é a reportagem do TAB da UOL, deixo abaixo para que possam tirar suas próprias conclusões:

https://tab.uol.com.br/apostadores#facam-suas-apostas

Eu fiz uma citação direta a reportagem produzida por este portal, pois não quero aqui cair no erro de ser injusto com alguém e mesmo com o portal como um todo, destaco que minha tristeza se deve a esta reportagem e produção específica.

Eles destacam na sua reportagem o fator emocional de apostadores, levantando ao debate o ponto de que homens estão mais suscetíveis a riscos e que isso tem impacto no emocional, além de é claro considerar na reportagem o mercado de criptomoedas semelhante a Bolsa de Valores Tradicional e a Cassinos e Apostas Esportivas.

Eu gosto com certeza de investimentos, senão nem aqui estaria, com isso me ponho a refletir sempre que vejo oportunidades de investimentos, seja poupança, tesouro direto, CDB, Bolsa de Valores, Forex, Criptomoedas, imóveis, títulos imobiliários, entre outros.

Eu creio na minha experiência com investimentos e análises, que existem muitas opções a quem deseja alocar recursos financeiros, que com certeza não está incluso loterias e cassinos, jogos de azar de forma geral.

Nesse ponto, em minha opinião pessoal, deixo claro que a tendência de chamar de “apostadores” quem busca uma forma de rendimento de seu dinheiro, e colocar nesse bolo o Mercado Tradicional de Bolsa de Valores e Criptomoedas, Forex, está altamente equivocado e demonstra um desinteresse com a verdade dos fatos, como diria Donald Trump: FAKE NEWS.

Sim, FAKE NEWS dá ibope, chama a atenção da mídia em massa, apesar do efeito de afastar quem tira conclusões do que lê. A maior parte dos portais de notícias estão promovendo uma porcentagem de conteúdos mentirosos para conseguir publicidade e alguns cliques.

Vamos ao fatos: não são somente homens que gostam de apostas por fatores de testosterona, inclusive isso não se encaixa na realidade de um mundo de gostos diversos e perfis diversos, há quem pule de paraquedas e há quem nunca irá pular, não cabe um discurso de gênero em um debate desse nível, só rebaixa a realidade do mundo e adiciona idiotice ao mundo financeiro.

Há muitas mulheres na Bolsa de Valores, Criptomoedas e investimentos em gerais, o fator “testosterona” nada tem a ver com a realidade e não existe um único perfil de investidor, isso me deixa preocupado com a qualidade de conteúdo que os portais estão soltando a cada dia para a mídia na massa.

Colocaram na reportagem que fizeram vários investidores, escolheram a dedos somente homens para reforçar a ideia que queriam vender, alternaram entre poker, forex, cassino, criptomoedas, dando a impressão que os mercados são semelhantes e isso sem dúvida deixa o estudo sobre tecnologia e economia em um debate que não cabe naquele local.

Lembre-se existem Investimentos Diversos, de renda fixa e de renda variável, ambos com a preocupação de seguindo um certo padrão retornar o dinheiro alocado inicialmente com um juros acrescido para se realizar o reinvestimento ou ainda um sonho. Quando se pensa em investimento, se tem um objetivo definido e um alvo para sair da operação, nunca a operação é infinita, há um fim como tudo na vida.

O debate sobre comparar o Mercado Financeiro – Bolsa de Valores tradicional ao mercado de Criptomoedas e talvez ao Forex, cabe e é válido, comparando as formas de se comprar atuais em corretoras, com opções de trades, entre outras questões.

Mas há de se entender que criptomoedas são empresas de base tecnológicas, que quando sérias, estão comprometidas com a melhoria da realidade do mundo em que vivemos, através da criptografia e da economia, ou seja, estamos falando de investimentos, de forma que alocando um recurso em algum projeto estamos considerando fazer parte dessa mudança para o mundo e depois colher os benefícios desse apoio, seja no curto prazo, no médio ou longo prazo.

Devemos sempre pensar e ponderar o que lemos na mídia, seja aqui no Livecoins ou em qualquer portal da internet, de forma que devemos tirar conclusões reais de situações expostas. Meu texto é minha opinião pessoal obviamente, estou a disposição para debater o assunto e se estiver errado alterar minha posição, lembrando que a única exclusividade do leitor do Livecoins é justamente essa, ler, entender e debater, com a sua posição podendo virar parar dentro de nossos textos.

A deixei no título verdades, mas como não vi nenhuma relevante a ponto de mudar a minha postura e opinião sobre esta reportagem eu deixarei isso de lado e sigo acompanhando essas Fake News!

Uma dica pessoal ao portal da UOL nesse debate financeiro, é que não misture a cabeça de seus leitores para falar de investimentos em um mesmo momento de jogos de azar, não combina as duas situações serem tratadas em um mesmo local, por se tratarem de realidades TOTALMENTE diversas.

Veja a visão das criptomoedas pela mídia, feita pelo autor Mateus Pumared.