Atualização do Ethereum não está precificada, diz Vitalik Buterin

Um dos principais gargalos do Ethereum durante o último ciclo de alta foram as suas altas taxas de transação, devido ao seu limite de transações por segundo (TPS).

Vitalik Buterin, fundador do Ethereum, em entrevista à Bankless.
Vitalik Buterin, fundador do Ethereum, em entrevista à Bankless.

Usando seu tradicional relógio de gatinho e uma camisa de unicórnios, Vitalik Buterin parece estar muito feliz, como se tivesse retirado um grande peso de seus ombros. O motivo é a tão aguardada migração do Ethereum para Proof-of-Stake, programada para os próximos meses.

Como destaque, o criador do Ethereum nota que a migração — The Merge, em inglês — ainda não está precificada, tanto em termos de mercado quanto psicológicos e narrativos.

Sua fala acontece após o Ethereum saltar 64% nas últimas duas semanas, após o ativo sair dos 1.000 para os 1.640 dólares. Portanto, Buterin parece estar confiante que o ETH possa voltar ao seu auge.

Ethereum deve continuar subindo?

Um dos principais gargalos do Ethereum durante o último ciclo de alta foram as suas altas taxas de transação, devido ao seu limite de transações por segundo (TPS).

Com isso, sua blockchain perdeu espaço para outros concorrentes. Como exemplo, diversos projetos de NFT escolheram a Solana (SOL), o setor de DeFi migrou para a Binance Smart Chain (BNB) e, por fim, outros escolheram a Tron (TRX) para movimentar stablecoins.

No momento, o Ethereum consegue processar apenas 30 TPS, número que pode chegar a 10.000 após a conclusão de todo roteiro do projeto, matando seus rivais.

Além disso, há outros pontos econômicos fundamentais que podem ajudar o Ether a subir, como diminuição da inflação e pagamento de dividendos para quem fizer stacking de suas moedas.

Talvez por isso Vitalik Buterin esteja tão animado com a migração para Proof-of-Stake, programada para setembro deste ano. Afinal, sua equipe estará resolvendo o principal problema do projeto.

“A migração (The Merge) não está precificada, não apenas em termos de mercado, mas também em termos psicológicos e narrativos.”

Além disso, também é fácil notar a felicidade de Buterin e seu entusiasmo ao falar sobre atualizações futuras. Em outras palavras, Buterin está tirando um peso de seus ombros, afinal o uso de Proof-of-Stake no Ethereum está planejado desde antes de seu lançamento, há sete anos.

Vitalik brinca e recomenda que investidores comprem shitcoin

Após Vitalik Buterin afirmar que o Ethereum não está precificado, ou seja, que deve subir ainda mais, o entrevistador dá risada e recomenda que ele tenha cuidado com esta afirmação.

— “Você está pronto para cerca de 17 sites citarem que a migração não está precificada?”

— “Legal, agora a mídia está me citando, me pergunto que outras coisas divertidas posso dizer,” brinca Vitalik Buterin. “Todos devem comprar Bitcoin Satoshi Vision (BSV).”

Bom, é claro que o gênio por trás Ethereum não está recomendando investir em BSV. Entretanto, nesta mesma semana Vitalik recomendou uma criptomoeda rival do Ethereum para quem não gostar da migração para Proof-of-Stake.

O vídeo completo da entrevista de Vitalik Buterin à Bankless está disponível abaixo.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias