Binance bloqueia 86 contas e recupera R$ 26 milhões do hack do Axie Infinity

Medida recupera parte do levado por hackers supostamente da Coreia do Norte.

Símbolo da Binance em conceito de segurança cibernética
Símbolo da Binance em conceito de segurança cibernética

A Binance confirmou a recuperação de R$ 26 milhões relacionados com o ataque hacker do jogo NFT Axie Infinity, e bloqueou 86 contas relacionadas com o problema ocorrido em março de 2022. Esse foi um dos maiores ataques já conduzidos no mercado de criptomoedas e envolve um grupo hacker famoso.

Tudo aconteceu de fato em 23 de março, quando validadores da rede Ronin, ligada ao game Axie Infinity. Em nota a empresa divulgou que foram realizados dois grandes saques do projeto.

“Descobrimos que, em 23 de março, os nós validadores Ronin da Sky Mavis e os nós validadores Axie DAO foram comprometidos, resultando em 173.600 Ethereum e 25,5 milhões de USDC drenados da ponte Ronin em duas transações”.

A descoberta, no entanto, só aconteceu em 29 de março, quando um usuário tentou sacar dinheiro da ponte e não conseguiu. Ou seja, quando o problema foi detectado, os hackers já tinham tido tempo de trocar os valores.

Quando a situação explodiu, o Axie Infinity acionou autoridades e empresas do setor de criptomoedas, resultando em uma força-tarefa para recuperar esses ativos.

Binance bloqueia 86 contas e recupera R$ 26 milhões do hack do Axie Infinity

Nos últimos dias, a Binance foi a líder de um investimento na empresa que criou o Axie Infinity, que captou US$ 150 milhões para recuperar parte do prejuízo da Rede Ronin.

Após isso, o FBI descobriu que o grupo Lazarus está ligado ao ataque, este que faz parte de uma lista de sanções que o associa a Coreia do Norte. Eles roubaram R$ 3 bilhões do Axie Infinity, valor que segue monitorado de perto.

E alguém ligado ao caso tentou movimentar US$ 5,8 milhões desse hack do Axie Infinity na Binance, valor de R$ 26 milhões hoje. Ao perceber a origem das criptomoedas, a corretora capturou o saldo e divulgou, por meio de seu CEO CZ, que a apreensão foi bem sucedida.

O que chama atenção é que os hackers tentaram utilizar 86 contas para movimentar os valores, sendo todas bloqueadas e confiscadas.

“O grupo de hackers da DPRK (Coreia do Norte) começou a movimentar seus fundos roubados do Axie Infinity hoje. Parte dela foi feita para a Binance, espalhada por mais de 86 contas. US$ 5,8 milhões foram recuperados. Fizemos isso muitas vezes para outros projetos no passado também. Fique #SAFU.”

CZ esclarece sanções contra Rússia

Ainda nesta sexta-feira (22), CZ esclareceu o anúncio da Binance de restringir o acesso de russos em sua plataforma a pedido de governos.

Ainda que concorde com a imposição de sanções, o líder da corretora acredita que não deveria impor regras unilaterais a uma nação inteira, sendo as novas medidas da União Europeia uma espécie de agressão aos usuários do serviço.

“Sinto a necessidade de abordar nosso anúncio ontem sobre as novas sanções de criptomoedas da UE. Acreditamos que uma exchange de criptomoedas não deve ter o poder de congelar unilateralmente as contas de usuários de uma nação inteira. E deve seguir todas as regras de sanção, antigas e novas. A UE agora tomou uma ação agressiva histórica e colocou um limite de € 10.000 em cada carteira de usuário residente na Rússia.”

Ele pediu ainda que os líderes lutem para acabar com o conflito na Ucrânia, levando paz a região.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias