Bitcoin desaba 10% enquanto China aperta cerco contra corretoras

Meses de novembro são historicamente mais voláteis

-

Siga no
Anúncio

O preço do Bitcoin continua em queda. A criptomoeda caiu de US $ 8.110 para US $ 7.150 em menos de 24 horas, marcando uma queda acentuada maior que 10%.

O Bitcoin perdeu mais de US $ 900 em valor de mercado, arrastando todo o mercado de criptomoedas com ele. A dominância da moeda digital, no entanto, permanece intocada, o que significa que as criptomoedas alternativas (altcoins) ainda não conseguem se beneficiar da queda repentina.

Esse é o menor valor do bitcoin desde outubro. Mês que a criptomoeda subiu 42% em apenas um dia, registrando sua maior alta diária desde 2011. O Suporte da moeda digital em US $ 7.700 era importante, perdendo este suporte, o próximo é em US $ 7.000. Portanto, analistas esperam que o bitcoin caia ainda mais.

Todo o mercado de criptomoedas no vermelho

Anúncio

Não é apenas o Bitcoin que sentiu o doloroso movimento do mercado. Todas criptomoedas estão no vermelho. No momento da redação deste artigo, a Binance Coin (BNB) e a Litecoin (LTC) caíram mais de 9%, enquanto o Ethereum (ETH) caiu 7,5%.

A única criptomoeda que permanece em alta em meio às condições tumultuadas é Tezos, que subiu 4,7% em relação ao dólar americano. A XTZ está se tornando uma das altcoins com melhor desempenho nas últimas semanas, uma vez que aumentou mais de 35% desde o início de novembro.

Traders de Bitcoin acreditam que a queda vai continuar

Quando o volume no mercado de criptomoedas não se recupera e a pressão de venda continua aumentando, o Bitcoin fica com um risco maior de uma queda de curto prazo.

Ao longo da semana passada, os touros foram incapazes de responder à crescente pressão de venda. Possivelmente devido ao baixo volume e à intensidade da pressão de venda, o preço do Bitcoin não mostrou picos substanciais de curto prazo para testar os principais níveis de resistência.

Como fatores da potencial queda do bitcoin, os analistas apontam para a moeda digital caindo abaixo do preço de ponto de equilíbrio da mineração, que está em US $ 8.000.

Meses de novembro são historicamente mais voláteis

Os meses de novembro são historicamente um dos mais voláteis para o bitcoin. E parece que desta vez não será diferente.

“Historicamente, novembro foi um mês muito volátil para o Bitcoin, e este mês de novembro pode ser tão crítico como sempre.”, De acordo com o famoso analista de Bitcoin, disse o trader Tone Vays.

Em novembro de 2012, o preço do bitcoin era baixo, mas isso também tem a ver com o fato de que o Bitcoin, naquela época, não era muito popular. O mês começou em US $ 11 e fechou um pouco acima de US $ 12, representando um aumento de 13%. No entanto, a vela de preços teve uma faixa mais ampla de US $ 10,25 a US $ 12,74.

Em 2013, ou a primeira grande bolha do Bitcoin, seguida pelo aumento mensal de 460% da criptomoeda. O Bitcoin iniciou o mês de negociação em torno de US $ 204 e terminou em US $ 1150. O Bitcoin levou 14 meses de um mercado em baixa para retornar à área de preços de US $ 200.

Novembro de 2014 foi o que mais se destacou, passando de US $ 310 para mais de US $ 450 em alguns dias. No entanto, as coisas foram um pouco ladeiras a partir daí, e o mês terminou com o Bitcoin fechando US $ 380, o que ainda era um aumento decente de aproximadamente 25%.

Novembro de 2015 foi razoavelmente semelhante ao ano anterior. De fato, o mês começou em cerca de US $ 300 e subiu para US $ 470 nos primeiros dias após exibir um padrão semelhante e recuar para US $ 370.

No ano seguinte, 2016, o preço do Bitcoin foi em uma montanha-russa real. Em novembro, houve várias oscilações de cerca de 10%, todas repentinas e em questão de dias. No entanto, depois de tudo isso, o Bitcoin começou em cerca de US $ 710 e terminou em US $ 730, marcando um aumento insignificante.

Novembro de 2017: foi o ano de referência para o Bitcoin porque atingiu o seu nível mais alto de todos os tempos no final de dezembro daquele ano. Esse movimento, no entanto, foi previsto em um emocionante novembro, onde o Bitcoin passou de US $ 6.400 para terminar o mês de US $ 9.300.

Banco central da China anuncia oficialmente o fechamento das corretoras de criptomoedas

De acordo com informações do The Block, o Banco Popular da China em Xangai, o banco central do país, anunciou oficialmente que irá reprimir as corretoras de criptomoedas na cidade.

De acordo com um anúncio oficial nesta sexta-feira, o órgão regulador disse que “adotará medidas de monitoramento como entrevistas, inspeções e proibições às entidades monitoradas envolvidas em atividades de moeda virtual para resolver os riscos relacionados em tempo hábil”.

A especulação sobre criptomoedas está aumentando em meio à recente promoção da tecnologia blockchain na China, disse o banco central, acrescentando que os investidores não devem confundir blockchain com criptomoedas.

“Existem vários riscos no financiamento e na negociação de emissão de moedaS DIGITAIS, incluindo risco de ativos falsos, risco de falência de negócios, risco de especulação de investimentos, etc. Ser enganado ”, disse o regulador.

O anúncio aconteeu depois que o governo de Xangai inspecionou corretoras de criptomoedas na cidade. O objetivo desta investigação foram as empresas que realizam negociações de criptomoedas, vendas de tokens e distribuições de tokens de ofertas iniciais de moedas no exterior.

Hoje, o governo de outra cidade chinesa – Shenzhen – também começou a investigar corretoras de criptomoedas por atividades ilegais. O departamento financeiro do município de Shenzhen identificou 39 corretoras para a investigação.

Ataques da polícia chinesa a Binance e Bithumb, fake ou realidade?

A suposta repressão do governo contra corretoras citou a Bithumb e a Binance. Ontem surgiram boatos de que a Binance foi invadida pela polícia Chinesa, no entanto, isso foi negado quase instantaneamente pelo CEO da Binance, Changpeng ‘CZ’ Zhao.

CZ sugeriu que os rumores sobre a invasão eram simplesmente um jogo competitivo de corretoras rivais que espalhavam “FUD” (Medo, incerteza e dúvida).

Um porta-voz da Binance falando com a Bloomberg mais corroborou a informação. Além disso, o representante observou que a Binance nem sequer tem um escritório em Xangai. Fake ou não, isso parece ter causado impacto real no preço do bitcoin.

Saiba tudo sobre:
Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, aprendiz e entusiasta de criptomoedas e blockchain. Sugestão de pauta: [email protected]

Banco Central dos EUA está fazendo experimentos com Dólar Digital

O Yuan Digital, a moeda digital da China, continua sendo líder na corrida dos bancos centrais para lançar uma criptomoeda própria. Novas informações apontam...
vik traders

Investidora da VIK Traders denuncia sócio oculto e fraude

A VIK Traders é uma empresa apontada como suposta pirâmide financeira, já com investigações até na Polícia do DF. Para uma investidora, a VIK...
Notas de real brasileiro

Dupla fraudou auxílio emergencial com dados da deep web

Um caso envolvendo a deep web e Bitcoin chamou atenção na cidade de Brasília nos últimos dias. Isso porque, a polícia militar do Distrito...

Últimas notícias

Investidora da VIK Traders denuncia sócio oculto e fraude

A VIK Traders é uma empresa apontada como suposta pirâmide financeira, já com investigações até na Polícia do DF. Para uma investidora, a VIK...

Dupla fraudou auxílio emergencial com dados da deep web

Um caso envolvendo a deep web e Bitcoin chamou atenção na cidade de Brasília nos últimos dias. Isso porque, a polícia militar do Distrito...

FBI invade site da Al-Qaeda e apreende criptomoedas

De acordo com informações do Departamento de Justiça dos EUA as autoridades do país realizaram uma ação contra campanhas para arrecadar fundos para organizações...