Bitcoin mira alta histórica no Brasil após dobrar de preço

A alta do dólar também ajuda o movimento, que não deixa de ser observado!

Siga no
Moeda digital Bitcoin em destaque com fundo preto
Bitcoin/Pixabay

O preço do Bitcoin voltou a se aproximar da marca de U$ 12 mil por unidade, com um movimento impressionante no fim de semana. Dessa forma, o Bitcoin já mira a alta histórica no Brasil, após dobrar de preço no ano de 2020 em relação ao real.

O Bitcoin de fato é uma moeda com valor determinado pelo mercado pela lei da oferta e procura. Desse modo, é complicado fazer uma previsão exata para o preço do Bitcoin. Mesmo assim, alguns analistas afirmam que 2020 é um bom ano para essa moeda digital, principalmente após o halving.

Passado o estágio inicial da pandemia, muitos buscam no Bitcoin um refúgio para seu capital. Isso porque, como a moeda não tem relação com governos e países, é um ativo considerado alternativo, semelhante ao ouro, cumprindo a função de reserva de valor.

Após Bitcoin dobrar de preço em 2020, já mira alta histórica no Brasil

Em 2020, o comportamento do Bitcoin oscilou entre bons e maus momentos, também afetado pelos desdobramentos da pandemia. Quando os investidores da moeda digital acreditaram estar em risco, em março, o momento foi de vendas no mercado, que causou uma intensa desvalorização da moeda digital.

Passado março, em abril o Bitcoin voltou a registrar altas seguidas, seguindo o movimento até agosto. Cabe o destaque que a alta de preços do Bitcoin no Brasil também é influenciada pela alta do dólar, ou seja, quanto mais o preço da moeda norte-americana sobe em relação ao real, mais o BTC valoriza.

Dessa forma, de acordo com um gráfico do Bitcoin no TradingView, o preço da moeda digital no Brasil já supera de longe a cotação de 2018, 2019 e até 2020. O preço do Bitcoin em relação ao real hoje segue oscilando próximo da marca de R$ 65 mil. Cabe o destaque que a alta histórica foi em R$ 69 mil, ou seja, faltariam 6% para o Bitcoin igualar sua melhor marca no Brasil.

Gráfico do preço do Bitcoin em relação ao real hoje, alta histórica
Gráfico do Bitcoin mostra que preço se aproxima da alta histórica no Brasil – Reprodução/TradingView

Além disso, para quem acreditou no Bitcoin desde o primeiro dia do ano, o retrospecto tem sido positivo. Com uma valorização em torno de 120% apenas em 2020 (YTD), o Bitcoin mais que dobrou de preço em relação ao real, pois iniciou o ano cotado em R$ 29 mil.

Ano das moedas fiduciárias fracas tem ajudado Bitcoin a crescer

Apesar do dólar alto no Brasil, no restante do mundo a moeda norte-americana não tem estado em alta. Nos próximos meses ocorre eleições presidenciais nos EUA, o que afasta investidores daquela divisa, uma vez que há risco no resultado das urnas.

Outro ponto a ser observado é que o real sofre, mesmo em relação ao dólar fraco, deixando aberta possibilidade para investimentos em ativos alternativos. País vizinho ao Brasil, a situação na Argentina é a mesma, com uma moeda fraca, em crescente perda de valor.

De acordo com um economista brasileiro, o ano ruim das moedas fiduciárias é bom para o Bitcoin. Dessa forma, na Argentina, o Bitcoin já ultrapassou a maior cotação da história, nos últimos dias.

No Brasil, os investidores dessa moeda seguem de olho no preço do Bitcoin, que, mantendo um dólar alto “ceteris paribus“, poderia renovar sua alta histórica. O momento, contudo, também exige cautela, visto que o comportamento passado não reflete necessariamente o futuro, ou seja, é importante fazer o gerenciamento de risco.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

XRP sobe 200% em 30 dias e alcança maior valor de 3 anos

A criptomoeda XRP, emitida pela Ripple, continua sua tendência de alta neste final de semana. A moeda digital valorizou 136% nos últimos 7 dias...

Ethereum será atualizado em 14 de abril, Bitcoin vai comer poeira?

Está previsto para a próxima quarta-feira (14 de abril) a mais nova atualização da plataforma Ethereum. Chamada de Berlin, o update da rede foi...
Ethereum no pano

Ethereum ultrapassa Netflix, Coca-Cola e L’Oreal em valor de mercado

Na manhã deste sábado (10), o Ethereum, segunda maior criptomoeda do mundo em termos de capitalização de mercado, estabeleceu um novo recorde de preço,...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias