Agora é possível usar Bitcoin na Google Pay e Apple Pay

Popularização do Bitcoin

Siga no
Google Pay Bitcoin

Com o crescente impacto negativo sobre os mercados financeiros do mundo todo, cada vez mais empresas e companhias estão adotando criptomoedas como alternativa de pagamento.

Assim, a Google Pay e Apple Pay anunciaram que agora seus usuários poderão comprar e gastar Bitcoin com os aplicativos.

Os comunicados foram feitos de forma separada, com ênfase na Coinbase e no navegador Opera, destacando os progressos que fizeram no uso de ativos digitais.

Com relação a corretora Coinbase, agora é possível que seus usuários utilizem um cartão para criptomoedas, desenvolvido em parceria com a Visa.

Este recurso permitirá comprar e gastar Bitcoin e outros ativos digitais diretamente por meio do Google Pay.

Trata-se de um movimento pioneiro com transações de moedas virtuais em sistemas mobile. Por enquanto esta opção está disponível em alguns países da Europa, mas deve ser expandida para outros locais em breve.

Já as transações com o Apple Pay serão desenvolvidas por meio do navegador Opera. O que acontece é que a infraestrutura do programa permitirá usuários dos EUA comprar e gastar bitcoin e Ethereum por meio da ferramenta de pagamentos da Apple.

O processo ocorrerá por cartões de débito, graças a uma parceria com a empresa de pagamentos pela web Wire. O processo estará disponível para o iOS Opera Touch, Android e o navegador de desktop.

Um momento de popularização do Bitcoin

Essas notícias chegam em um momento onde o interesse pelo Bitcoin e outras criptomoedas parece ser cada vez maior.

Em meio a um clima de incerteza sobre a economia global, alguns mecanismos de busca como o Google registram cada vez mais pesquisas pelo termo “comprar Bitcoin”.

Conforme dados da gigante da internet, os números registrados estão quase se igualando as buscas por “comprar ouro”. Isso significa uma popularização cada vez maior do ativo digital.

Algo que também chamou a atenção foi o fato de que, quando o bitcoin apresentou uma queda de seus preços, houve um crescimento significativo de interesse em compra-lo.

Assim sendo, as perspectivas indicam que cada vez mais pessoas estão encontrando na criptomoeda uma solução para a instabilidade enfrentada pelos mercados tradicionais.

É importante lembrar que a volatilidade de preços é uma das principais características do Bitcoin. Por isto, este pode ser o melhor momento para comprar a criptomoeda, cujos valores podem apresentar uma nova alta em questão de tempo.

Diversos analistas e especialistas do criptomercado estão apontando para este fato. Assim sendo, empresas como a Google e a Apple estão cientes de que este pode ser o novo ápice para os ativos digitais.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Jeferson Scholz
Jeferson Scholz
Jornalista. Escrevi dois artigos acadêmicos publicados no congresso de comunicação INTERCOM, e fui diretor do documentário universitário "Planeta dos Desmortos - O Mito Zumbi".

“ETFs de Bitcoin podem revolucionar o mercado” diz Wall Street Journal

O Bitcoin já dobrou de preço em 2021, com um crescimento que viu o preço sair da casa dos US $ 29 mil para...
Imagem: MicroStrategy Youtube

Diretores da MicroStrategy agora serão pagos em Bitcoin

A MicroStrategy, empresa de análise de negócios que desde meados de 2020 vem investindo em Bitcoin, anunciou na manhã desta segunda-feira (12) que o...

Binance lista ações da Tesla e BNB bate novo recorde de preço

A Binance, maior corretora de criptomoedas do mundo em termos de volume, anunciou a listagem de ações tokenizadas da Tesla. Isso significa que os...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias