BitMEX terá que restringir acesso de traders do Japão

Leis locais prejudicaram traders da corretora!

Siga no
Bitcoin e Japão
Bitcoin e Japão

Os traders de Bitcoin localizados no Japão terão que deixar de operar na BitMEX nos próximos dias. Tudo porque novas leis do país asiático restringem algumas operações com criptomoedas.

Chamadas de Lei de Instrumentos Financeiros e Câmbio do Japão e à Lei de Serviços de Pagamento do Japão, as novas medidas entram em vigor no próximo dia 1 de maio. Dia do trabalho no Brasil, no Japão as novas leis buscam regulamentar o setor de criptomoedas no país.

O Japaão é um dos países mais amigáveis ao Bitcoin e criptomoedas de forma geral. Em 2017, por exemplo, o país regulamentou o Bitcoin como moeda. Além disso, o país é um marco na história do Bitcoin, visto que lá aconteceu o maior ataque hacker de toda a história, da famosa MT Gox.

Japão e Bitcoin, Criptomoedas
Japão

Japão busca regulamentação nova sobre criptomoedas e traders da BitMEX japoneses terão que ser restritos

O mercado japonês é um daqueles que merece ser observado de perto quando se fala em regulamentação de criptomoedas. O país foi destaque em 2017, de forma até positiva em relação ao Bitcoin, sendo um local que vê na moeda algo positivo.

As regulamentações no local para corretoras de Bitcoin são rígidas, contudo, passa confiança para investidores. Por lá, uma corretora sem autorização dificilmente consegue operar, mesmo na ilegalidade.

Entretanto, os traders da BitMEX que operam do Japão terão que encerrar suas posições na gigante corretora. O anúncio partiu pela BitMEX, que nesta terça (28), afirmou que irá cumprir as novas medidas de regulamentação do país asiático.

As restrições são uma resposta às emendas à Lei de Instrumentos Financeiros e Câmbio do Japão e à Lei de Serviços de Pagamento do Japão em vigor a partir de 1 de maio de 2020, após a ordem do gabinete no início deste mês.

De acordo com a BitMEX, quem abrir uma nova conta do Japão não poderá criar ordens de compra e venda. Além disso, aqueles clientes que já eram cadastrados na plataforma daquele país não poderão colocar mais ordens no book. Aqueles clientes que já tinham cadastros e ordens em aberto terão seu trade finalizado, apontou a corretora.

Corretora de Bitcoin BitMEX
Corretora de Bitcoin BitMEX

BitMEX afirmou que entende postura de regulamentação do país asiático

Em nota, a BitMEX afirmou que entende a postura das autoridades japonesas em buscar inovações na regulamentação de criptomoedas. Segundo a empresa, é importante buscar estabelecer padrões para sustentar o crescimento dessa classe de ativos que segue em rápido crescimento.

A empresa se colocou a disposição dos clientes que tiverem dúvidas sobre a nova fase da empresa. Além disso, informou que continuará a trabalhar em conjunto com as autoridades japonesas, mantendo seus usuários atualizados.

As novas leis que irão entrar em vigor colocavam pressão sobre a BitMEX, exigindo que ela se registrasse conforme as regulamentações locais. Com a pressão regulatória, a BitMEX preferiu desembarcar do Japão, fechando as portas para os clientes daquele país.

Estátua da Justiça
Estátua da Justiça

Cabe o destaque que a BitMEX é uma corretora que não possui regulamentação em nenhum país. Nos EUA, por exemplo, a SEC já cogitou ir em cima da BitMEX, contudo, até o momento, ainda não o fez.

Mesmo não tendo regulamentação, a BitMEX é uma velha conhecida da comunidade de Bitcoin mundial, tendo mais volume diário em sua plataforma que muitas outras plataformas regulamentadas. A plataforma é a preferida dos Europeus, segundo um levantamento feito no fim de 2019.

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Justiça francesa vai leiloar 611 bitcoins

Pela primeira vez na França, bitcoins serão leiloados pela justiça, cerca de 500 lotes serão colocados à venda. Os bitcoins avaliados em 26 milhões...

Golpe de extorsão com Bitcoin deixa prejuízo de R$ 3,1 milhões

A polícia da região de Waterloo, na província de Ontário, Canadá, está alertando os seus residentes sobre os perigos e riscos de golpes envolvimento...

Desenvolvedor rouba R$ 180 milhões em criptomoeda e devolve: “Foi um experimento”

O que você acharia de colocar seu investimento em uma nova criptomoeda, ter tudo roubado por um suposto hacker e depois descobrir que a...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Golpe de extorsão com Bitcoin deixa prejuízo de R$ 3,1 milhões

A polícia da região de Waterloo, na província de Ontário, Canadá, está alertando os seus residentes sobre os perigos e riscos de golpes envolvimento...

Desenvolvedor rouba R$ 180 milhões em criptomoeda e devolve: “Foi um experimento”

O que você acharia de colocar seu investimento em uma nova criptomoeda, ter tudo roubado por um suposto hacker e depois descobrir que a...

Ethereum se prepara para se tornar um ativo deflacionário

Os desenvolvedores da plataforma Ethereum aprovaram uma das maiores mudanças na rede desde sua criação em 2015, uma mudança que poderia elevar o preço...

Receita Federal dos EUA fecha cerco contra investidores em criptomoedas

A Receita Federal dos Estados Unidos (IRS) está intensificando esforços para detectar fraudes e evasão fiscal com criptomoedas. A agência tributária lançou um programa...

Banco Central da França considera XRP como base para o euro digital

De acordo com um relatório da CPA Australia, o Banco Central da França está considerando a XRP como uma possível plataforma para o euro...