Inicio Altcoins Bleutrade irá deslistar altcoins, dentre elas Decred, DOGE e HTML

Bleutrade irá deslistar altcoins, dentre elas Decred, DOGE e HTML

Antiga corretora brasileira que agora opera de Malta!

-

Compartilhe
Bleutrade irá deslistar várias altcoins, dentre elas Decred, DOGE e HTML

A corretora de criptomoedas Bleutrade anunciou que irá deslistar várias altcoins, dentre elas a Decred, DOGE e HTML. Além disso, várias outros projetos não estarão mais disponíveis na corretora.

O anúncio, que chegou via e-mail para os clientes, também está disponível no site oficial da corretora. Em nota, a Bleutrade informou a sua comunidade que isso é parte de uma reestruturação da plataforma.

“Estamos passando por algumas mudanças e essa nova fase exige mais critérios de proteção para e de nossos usuários. Esta revisão analisou o comprometimento das equipes de desenvolvimento, a qualidade do código fonte, a estabilidade do blockchain, a comunicação ao público, contribuições para o mundo criptográfico e outras adaptações à legislação maltesa”

Certamente o anúncio movimentou a comunidade brasileira de criptomoedas. Isso porque a Bleutrade foi criada no Brasil, antes de se mudar para Malta.

Bleutrade irá deslistar várias altcoins: Decred, DOGE e HTML estão na lista

Vários projetos serão retirados da Bleutrade (lista abaixo), sendo os trades com estes disponíveis apenas até o próximo dia 15 de julho de 2019. Além disso, os usuários têm até o dia 30 de setembro do mesmo ano para sacar suas criptomoedas da plataforma.

Certamente o que chamou atenção para o caso é a grande quantidade de projetos deslistados. Isso porque foram mais de 50 projetos que deixarão a plataforma. Dentre algumas das altcoins que a Bleutrade irá deslistar estão: Decred, Doge e Html, famosas na comunidade brasileira de criptomoedas.

Comunidades brasileiras de criptomoedas alternativas repercutiram o caso

As comunidades de criptomoedas brasileiras, principalmente de projetos conhecidos repercutiram o caso. Alguns usuários se mostraram chateados, entretanto, outros não viram problemas. Dentre os mais calmos, alegações que a corretora não possui um grande volume, logo não afetaria os preços das criptomoedas.

Certamente, um projeto ao ser deslistado de uma corretora perde um pouco de volume de negociações. Além disso, pode perder com o marketing, visto que esse é necessário principalmente para projetos em fases iniciais.

A comunidade Decred Brasil, representada por Emilio Mann, agradeceu pela participação até aqui. Emilio lembrou que quando a DCR passou a ser listada na Bleutrade deu visibilidade ao projeto.

Já na comunidade HTMLCoin Brasil, um usuário fez uma postagem mais preocupado. Certamente, há um medo de que a moeda possa ter menos negociações e o preço se deprecie.

Lista completa dos projetos que serão removidos da corretora

Finalmente, o Livecoins trouxe para você a lista completa de todos os projetos que serão deslistados:

  1. ADC (Audiocoin)
  2. BBK (Bitblocks)
  3. BC (Bitcoin Confidential)
  4. BIFD (Biffy Diamond)
  5. BITB (BitBean)
  6. BOON (BoonCoin)
  7. BTG (Bitcoin Gold)
  8. CDN (Canada eCoin)
  9. CRM (Cream)
  10. DART (DarexTravel)
  11. DCR (Decred)
  12. DIVI (Divi)
  13. DIVX (Divi Exch Token)
  14. DNA (EncrypGen)
  15. DOGE (Dogecoin)
  16. EEE (Elementh)
  17. EJOB (Ejob)
  18. FJC (FujiCoin)
  19. FREE (Free Coin)
  20. GB (Goldblocks)
  21. GODZ (Godzillion)
  22. HBZ (Helbiz)
  23. HTML (Htmlcoin)
  24. IFT (InvestFeed)
  25. IOP (Internet of People)
  26. IOST (IOSToken)
  27. KNT (Knekted)
  28. KOLIN (Kolin)
  29. LEND (ETHLend)
  30. LGS (LogisCoin)
  31. MAG (CrypticMAG)
  32. MONA (Monacoin)
  33. NMC (Namecoin)
  34. OK (OKCash)
  35. PCN (PeepCoin)
  36. PENG (Peng)
  37. QTUM (Qtum)
  38. RDD (Reddcoin)
  39. ROY (Roy)
  40. RSTR (Ondori)
  41. SICA (SignatureChain)
  42. SLC (Slice)
  43. SMART (SmartCash)
  44. SWFTC (SwftCoin)
  45. TASK (Taskeva)
  46. TEEN (MyTeenCoin)
  47. UNO (Unobtanium)
  48. VRC (VeriCoin)
  49. VSF (VeriSafe)
  50. VTC (Vertcoin)
  51. WAVES (Waves)
  52. XOLA (XOLA)
  53. XP (ExperiencePoints)
  54. ZAI (Zaigar)
  55. ZEUS (ZeusNetwork)

Curta nossa página no Facebook e também no Twitterpara começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.

MAIS LIDOS

Congressistas entendem a diferença entre a Libra e o Bitcoin

A criptomoeda Libra tem sido associada ao Bitcoin, entretanto, há diferenças entre os projetos. De acordo com Charlie Shrem, os congressistas dos EUA conseguem...

Como ganhar dinheiro com a volatilidade do bitcoin

O Bitcoin é um ativo bastante volátil, ele possui mais de 63% de volatilidade anual. Isso significa que ele pode retrair ou expandir 63%...

Bitcoin atinge R$ 1 bilhão em negociações no Brasil e quebra recorde na América Latina

O Brasil registrou mais de R$ 1 bilhão em negociações envolvendo o bitcoin. A criptomoeda vive um importante momento de expansão na América Latina....

Hacker invade corretora de criptomoedas e rouba mais de R$ 120 milhões

Na última quinta-feira (11) a Bitpoint sofreu um duro ataque hacker em sua plataforma. A corretora de criptomoedas perdeu mais de R$ 120 milhões...

Clientes da Indeal defendem empresa

Após uma investigação da Polícia Federal, os negócios da Indeal deixaram de ser operados em todo o Brasil. A investigação resultou na prisão de...

Bitcoin vai subir? Trader aponta U$ 16 mil em breve

Na última semana o preço do Bitcoin em real ultrapassou os R$ 50 mil, a desvalorização veio forte. No momento da escrita deste, a...
 

COMENTÁRIOS

MAIS LIDOS

Congressistas entendem a diferença entre a Libra e o Bitcoin

A criptomoeda Libra tem sido associada ao Bitcoin, entretanto, há diferenças entre os projetos. De acordo com Charlie Shrem, os congressistas dos EUA conseguem...

Como ganhar dinheiro com a volatilidade do bitcoin

O Bitcoin é um ativo bastante volátil, ele possui mais de 63% de volatilidade anual. Isso significa que ele pode retrair ou expandir 63%...

Bitcoin atinge R$ 1 bilhão em negociações no Brasil e quebra recorde na América Latina

O Brasil registrou mais de R$ 1 bilhão em negociações envolvendo o bitcoin. A criptomoeda vive um importante momento de expansão na América Latina....

Hacker invade corretora de criptomoedas e rouba mais de R$ 120 milhões

Na última quinta-feira (11) a Bitpoint sofreu um duro ataque hacker em sua plataforma. A corretora de criptomoedas perdeu mais de R$ 120 milhões...

Clientes da Indeal defendem empresa

Após uma investigação da Polícia Federal, os negócios da Indeal deixaram de ser operados em todo o Brasil. A investigação resultou na prisão de...
Compartilhe