CEO da Binance acredita em possível novo grande ciclo de alta do Bitcoin

Com o Bitcoin fechando janeiro com uma alta de 39%, Zhao acredita que um novo ciclo esteja se iniciando.

Comparando os ciclos passados do Bitcoin, Changpeng Zhao afirmou que “a história não prevê o futuro”, mas mostrou-se otimista em relação aos próximos anos enquanto as criptomoedas se recuperam de uma forte queda.

Em 2014, por exemplo, o CEO da Binance aponta que o Bitcoin fechou o ano com uma queda de 58%. No entanto, o ativo multiplicou seu valor por mais de 80 vezes nos três anos seguintes.

Já em 2018, o bitcoin enfrentava uma grande correção ainda maior, de 74%. Nos anos seguintes, a história se repetiu e o Bitcoin valorizou 720% antes de desabar 64% em 2022. Com o Bitcoin fechando janeiro com uma alta de 39%, Zhao acredita que um novo ciclo esteja se iniciando.

“A história não prevê o futuro. Mas esta é a história. Ciclos de 4 anos até agora. #Bitcoin”

Halving do Bitcoin em 15 meses

Um dos eventos que pode influenciar a subida do Bitcoin é o seu halving. Em suma, tal evento diminuirá a recompensa dos mineradores pela metade, de 6,25 BTC para 3,125 BTC por bloco.

Portanto, essa redução da inflação (geração de novas moedas) do Bitcoin terá um impacto bilionário na oferta da moeda, podendo atrair mais investidores. Como efeito negativo, grandes mineradoras que já estão à beira da falência podem ter ainda mais problemas de caixa.

Segundo o site Bitcoin Block Half, o próximo halving do Bitcoin acontecerá no final de abril de 2024, daqui a um ano e dois meses, mas a data não é exata.

Dias restantes para o próximo halving do Bitcoin. Fonte: Bitcoin Block Half.

Conforme estudos apontam que o halving possui grande impacto nos ciclos de preço do Bitcoin, a chegada do mesmo deve ser de extremo interesse para investidores de médio prazo.

Aperto monetário do Fed chegando ao seu fim

Talvez mais importante que a própria política monetária do Bitcoin, a força do dólar é outro fator a ser considerado. Afinal, durante o último ano, o BTC despencou diversas vezes enquanto o Fed aumentava as taxas de juros para tentar estabilizar sua moeda.

Sendo assim, muitos acreditam que o aperto monetário do Banco Central dos EUA esteja desacelerando, o que será seguido por outros países. Ainda que ninguém saiba por quanto tempo as taxas se manterão nos níveis atuais até serem reduzidas, é possível que isso aconteça neste ou no próximo ano.

Portanto, o Bitcoin tem duas grandes razões para valorizar no médio prazo, o halving e o fim do aperto monetário do Fed. Ou seja, isso é motivo suficiente para acreditar que estamos entrando em mais um ciclo de alta.

Por fim, isso mostra como o Bitcoin está conectado com o sistema financeiro global e suas flutuações refletem o que está acontecendo no mundo.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias