Concorrente do Youtube paga usuários em criptomoedas

Usuários recebem em Bitcoin Cash (BCH) por vídeos postados no site.

Siga no

Existe uma alternativa ao Youtube em que a monetização dos vídeos é feita através de criptomoedas. Com uma plataforma saturada, outros sites podem significar até mesmo mais oportunidades para os usuários, que disputam visualizações em plataformas deste tipo. Essas alternativas representam, ainda, maior comodidade para aqueles que desejam receber em criptomoedas por conteúdos compartilhados na internet.

O Youtube é a maior plataforma de compartilhamento de vídeos na internet atualmente. Com milhares de youtubers e canais com praticamente qualquer temática, o site tornou-se um dos mais acessados em todo o mundo.

Com uma monetização complexa, em que os usuários recebem por visualizações e ou anúncios, muitos procuram alternativas ao Youtube, já que a plataforma não realiza pagamentos em criptomoedas. Confira o site que dá para postar vídeos e receber em criptomoedas.

Cinema.cash

Uma plataforma de fácil utilização, o Cinema.cash pode ser uma alternativa para aqueles que procuram uma outra forma de monetização para vídeos. Desse modo, todos os usuários poderão receber em Bitcoin Cash (BCH) por seus conteúdos postados na plataforma.

Com várias temáticas sendo exploradas, os usuários poderão encontrar no Cinema.cash inclusive conteúdos voltados para as criptomoedas. Como a plataforma paga em Bitcoin Cash (BCH), o site incentivou usuários a criarem conteúdos relacionados aos ativos digitais. Além disso, vídeos sobre outros assuntos podem ser encontrados, como comédia e até ficção científica são alguns dos temas abordados no Cinema.cash.

A plataforma também possui um token próprio, o “Cash”. Dessa forma, a ideia do site é incentivar o uso deste token para uma interação entre os usuários. Sendo assim, é possível que os usuários enviem e recebam recompensas entre si.

Porn.cash

Em uma versão mais “apimentada”, o Porn.cash oferece praticamente os mesmos recursos que o Cinema.cash. Os conteúdos desta plataforma são voltados para adultos e também paga aos usuários através do Bitcoin Cash (BCH).

Por outro lado, a promessa das plataformas é de distribuição dos lucros entre os usuários. Segundo o site, o intuito é pagar uma parcela do que for arrecadado para cada usuário detentor do token “Cash”.Sendo assim, esse sistema de redistribuição poderá incentivar ainda mais os usuários a utilizarem a plataforma que pode ser uma alternativa ao Youtube.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".
Tesla. Imagem: Shutter Stock

Elon Musk diz que Tesla voltará a aceitar Bitcoin

A Tesla começará a aceitar Bitcoin novamente quando a maior parte do processo de mineração da criptomoeda for realizado por fontes de energia renováveis,...
Bitcoin regulação. Imagem: ShutterStock

Deutsche Bank diz que Bitcoin “passou dos limites” e não pode mais ser ignorado

A popularidade crescente do Bitcoin está incomodando governos e bancos centrais. A gota d'água foi a legalização da criptomoeda em El Salvador. De acordo...
Bitcoin Liberdade

Bitcoin, o novo Índice de Liberdade Econômica

Bitcoin pode ser a medida de liberdade mais neutra do mundo que nenhum país pode acusar de ter preconceito ocidental, ao contrário de alguns...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias