Crash do Bitcoin? Entenda os fundamentos

Não seja um mais da manada, que é levado pela emoção, não seja vítima do mercado, estude.

Siga no
Bitcoin Crash. Imagem: ShutterStock
Bitcoin Crash. Imagem: ShutterStock

Ciclo de alta, euforia, todo mundo falando do Bitcoin, pessoas se alavancando demais, achando que preço nunca iria parar de subir. Logo vem as correções de curto prazo e as pessoas levando pancadas, perdendo muito dinheiro e qualidade de vida.

Entenda os fundamentos

Bitcoin não é um ativo isolado do mercado global, melhor, as criptomoedas e o ecossistema que compõem não estão isoladas, como já mencionei em um artigo anterior, “Bitcoin: nossa arma de defesa contra os governos”, na economia tudo está conectado, se tem falha em algum ponto, todos são atingidos de alguma forma.

Bitcoin é um ativo deflacionário, antifrágil e resolve o problema dos ativos como reserva de valor.

Vamos aprofundar esses pontos.

Atualmente temos um cenário perfeito para inflação devido a pandemia e os estímulos monetários feitos pelos governos, que dispararam em 2020.

Me surpreende até o otimismo das pessoas, bolsas disparando, commodities em alta, todo mundo na euforia, mas esquecem da situação real, não sabem ou simplesmente ignoram o fato de que a inflação não será transitória?

Ativos como Bitcoin são beneficiados em situações como essas, um ativo deflacionário igual ao ouro e prata.

Bitcoin e ouro. Imagem: ShutterStock
Bitcoin e ouro. Imagem: ShutterStock

Ruídos e mais ruídos de países como a China tentando banir o Bitcoin, proibir os mineradores, etc.

De fato, isso não afeta em nada os fundamentos do Bitcoin, o que acontece na pratica é que o Bitcoin se beneficia desses ataques.

Tratando-se da China, onde tem concentração de mineração, não é centralização. Não adianta a China proibir porque as mineradoras vão migrar para outros lugares e nada muda.

Tenha em mente que o Bitcoin resolve o problema que as matérias primas ao longo da história fracassaram como reserva de valor. Simplesmente pelo fato que não pode ser produzido mais do que 21 milhões de bitcoins – fato conhecido e repetido com frequência.

Mas você entende de fato o que significa isso? E como na pratica é desenvolvido? Não é a toa que desde o início o Bitcoin vem se valorizando, não esqueça dos fundamentos, mantem a cabeça fria.

Mantenha o foco e a disciplina, não caia em ruídos, faça sua própria analise sobre o ativo e tira tuas próprias conclusões.

Não seja um mais da manada, que é levado pela emoção, não seja vítima do mercado, estude.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Lorena Almada
Estudante de Engenharia Eletromecânica. Apaixonada por Economia. Seguidora da Escola Austríaca. Entusiasta do Bitcoin, descentralização e liberdade.

ETF 100% Ethereum estreia hoje na B3

Nesta quarta (04) foi lançado o ETF 100% Ethereum na B3, bolsa brasileira. O fundo foi desenvolvido pela gestora QR Asset Management, a mesma...

Dotz vai permitir que clientes troquem pontos por bitcoin

A Dotz, uma das principais gestoras de pontos de fidelidade do Brasil, com uma grande quantidade clientes, pode ser mais uma forma de aproximar...
Claudio Oliveira. "Rei do Bitcoin"

‘Rei do Bitcoin’ e mais oito pessoas são indiciadas por fraude bilionária

O "Rei do Bitcoin", Cláudio Oliveira, fundador do Bitcoin Banco, e mais oito pessoas foram indiciadas em seis crimes que causaram um prejuízo bilionário...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias