Custo de ataque 51% cai para Bitcoin SV

Siga no

Um dos pesadelos das redes descentralizadas e públicas é o ataque 51%. Nas criptomoedas alternativas ao Bitcoin (BTC) o problema é maior ainda. A próxima moeda que pode estar em perigo é o hard fork conhecido como Bitcoin SV (BSV).

Certamente em redes descentralizadas, que trabalham com mineração Proof of Work, segurança é tudo. Entretanto, as altcoins são muito mais baratas de serem atacadas do que o Bitcoin.

Tal fator coloca as equipes de desenvolvimento em xeque, principalmente quando há uma ameaça real.

Custo de ataque 51% cai para Bitcoin SV

O Bitcoin SV surgiu no mundo em novembro de 2018, quando aconteceu um hard fork na rede Bitcoin Cash. Desde sua fundação, várias polêmicas chamaram a atenção, principalmente pelo CEO dessa criptomoeda ser Craig Wright.

Este personagem afirma ser o verdadeiro Satoshi Nakamoto, o criado do Bitcoin (BTC). Porém, nunca provou ser quem diz, e no mais novo episódio deste caso a moeda BSV corre risco de deslistada da Binance.

Após essa bomba cair no colo da comunidade desta moeda, outro risco chega a luz do mercado porque pode o projeto estar exposto.

De acordo com o portal Coingape, o custo de um ataque 51% na rede Bitcoin SV é de apenas U$ 6,500. Isso daria cerca de R$ 25 mil na cotação do dólar hoje.

Custo de ataque na rede Bitcoin Cash é quase quatro vezes maior

Além disso, o portal apurou que o custo de um ataque 51% na rede Bitcoin Cash (BCH) é de cerca U$ 25 mil. Ou seja, o valor de atacar a rede que originou o BSV é quatro vezes maior.

O movimento #WeAreAllHodlonaut também ajudou a movimentar a oposição ao projeto. No momento da escrita deste, o Bitcoin SV é a décima segunda maior criptomoeda do mercado.

Alerta para quem possui criptomoedas BSV

A comunidade que acompanha o projeto Bitcoin SV deve ligar o alerta para um ataque 51%. O principal fator que poderia incentivar um ato como este é o baixo custo.

Finalmente, o último dado que demonstra o potencial de um ataque nesta rede é a comparação com o Ethereum Classic (ETC). Essa última foi uma das moedas a levar tal ataque. Dito isso, o custo do ataque na ETC quando o mesmo aconteceu era de apenas U$ 6,300, ou seja, muito próximo do valor atual do BSV.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Bitcoin ganha novo impulso de alta e supera US$ 34 mil, entenda

O Bitcoin continua a se recuperar de sua queda no início da semana após várias empresas darem sinais que estão correndo para apostar no...
dolar rasgado e Bitcoin. Imagem: ShutterStock

Valor total de transações com bitcoin em 2021 deve superar PIB dos EUA

Pela primeira vez em menos de sete meses, o volume total de transferências com bitcoin ultrapassou US $ 15,8 trilhões. Como resultado, o volume...
CEFI vs DEFI

DeFi vs CeFi: Finanças Centralizadas vs Finanças Descentralizadas

Finanças descentralizadas (DeFi) são uma das fatias mais cobiçadas da indústria de blockchain hoje, mas a ideia em si tem origens muito mais humildes. Na verdade,...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias