Início Bitcoin CVM não reconhece acordo proposto pela Genbit

CVM não reconhece acordo proposto pela Genbit

O órgão relatou que no início de janeiro deste ano enviou ofício à Genbit questionando a oferta de investimentos sem a devida autorização

-

A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) não reconheceu a proposta (Termo de Compromisso) apresentada pela Genbit – antiga Zero10 Club – para tentar encerrar o processo administrativo aberto pela autarquia. Com isso, a investigação – que havia sido instaurada pelo órgão para apurar indícios de irregularidades – continua em andamento.

A Genbit, cujo nome fantasia é Gensa Serviços Digitais S.A, oferece rendimentos de 5% e 15% mensais por meio da arbitragem de criptomoedas. No processo aberto pela CVM e no parecer do comitê do órgão que analisou Termo de Compromisso proposto pela empresa, o fundador do negócio, Gabriel Tomaz Barboza, também é citado.

CVM não aceitou proposta por causa de “ilícitos graves”

De acordo com o órgão, a proposta apresentada pela empresa “não seria conveniente e oportuna”, pois os “proponentes foram acusados do cometimento de ilícitos graves e de forma reiterada, inclusive com posterior descumprimento de determinação imposta pela CVM e aparente postura recalcitrante em relação à autarquia, não se coadunando, esse estado de coisas, com os pressupostos para a utilização da ferramenta do Termo de Compromisso”.

Para sustentar a decisão, a autarquia fez um resumo dos acontecimentos que levaram à abertura do processo administrativo, começando por denúncias feitas entre setembro e outubro de 2018. Nelas, investidores teriam relatado que a empresa oferecia remuneração fixa entre 5% a 15% sobre participações em operações no mercado de criptomoedas, o que foi confirmado pela CVM em posterior análise.

O órgão relatou que no início de janeiro deste ano enviou ofício à Genbit questionando a oferta de investimentos sem a devida autorização, mas não obteve resposta. No dia 26 de março, após decisão da procuradoria da CVM, a autarquia emitiu alerta ao mercado, informando que a empresa e seu sócio não se encontravam habilitados a ofertar investimentos.

Apesar de notificação, empresa continuou atuando

Mesmo após o alerta, segundo a CVM, a empresa continuou ofertando investimentos com rentabilidade garantida até o início de junho, conforme denúncias feitas por outros investidores. Por causa disso, uma multa diária de R$ 5 mil foi aplicada à empresa e ao proprietário, totalizando R$ 300 mil para cada um.

No dia 17 de junho, atendendo ao pedido da CVM, a Genbit suspendeu as atividades e divulgou no site institucional que iria “realizar adequações necessárias para cumprir o possível entendimento da autarquia em relação às normativas legais brasileiras”, mas não foi o que aconteceu.

“…muito embora os proponentes afirmem o encerramento da atividade ilícita, tendo inclusive publicado informação em seu site oficial com aviso aos investidores, fato é que a empresa, mesmo após o alerta da CVM, continuou a praticar atos de distribuição pública. Há ainda registro de denúncia de investidor informando ter recebido proposta de contrato de investimento em cotas empresariais datada de 17 de junho de 2019. Ante isso, salvo demonstração em contrário, inclusive com a necessária apuração e ratificação pela área técnica responsável, a alegada correção da irregularidade com a simples publicação no site de uma suposta suspensão da atividade não se confirma e se encontra em contradição, prima facie, perante os fatos descritos no Relatório citado e recente denúncia de investidor…”, diz trecho da decisão.

Questionada sobre o que ocorre quando um Termo de Compromisso não é reconhecido, a CVM apenas informou que o processo administrativo continua em andamento.

Nota da GENBIT

“A Gensa Serviços Digitais S.A, informa que sempre se colocou à disposição da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para esclarecer eventuais dúvidas de suas atividades no Processo Administrativo em curso.

As acusações em fase de investigação serão amplamente esclarecidas, uma vez que são inverídicas.

A empresa informa que se manifestará dentro do processo após eventual notificação e reitera o total respeito ao órgão federal, uma vez que encerrou as atividades da plataforma Zero10.Club em atendimento à CVM, apesar de entender que suas atividades não estivessem vinculadas ao poder regulador da autarquia.”

---------------------------------------------------------- BitcoinTrade: 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos! Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! www.bitcointrade.com.br
Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Anúncio

Bitcointrade - 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos!

Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos!

Complete seu cadastro em 5 minutos!
Anúncio

Nexo

Empréstimos na hora por transferência bancária usando sua criptomoeda como garantia sem vendê-la. Ganhe juros de até 8% ao ano em suas Stablecoins.

Comece agora
Lucas Gabriel Marins
Lucas Gabriel Marins
Jornalista desde 2010. Já escreveu para UOL, Gazeta do Povo, Agência Estadual de Notícias (AEN) e até para a gaúcha Zero Hora. Sugestão de pauta: [email protected]

Veja também

Empresários querem comprar dívida da Unick Forex

Os clientes da Unick Forex receberam nos últimos dias um comunicado de que alguns empresários estariam dispostos a comprar a dívida da empresa. Uma...

Criptomoedas podem substituir o dinheiro até 2030, diz uma das maiores instituições financeiras do mundo

Até 2030, a demanda por moedas alternativas vai aumentar, e as moedas digitais, como o Bitcoin, vão substituir o dinheiro comum. Essa é a...

Investiu R$ 52 mil da rescisão trabalhista na Genbit; não recebe e perdeu apartamento

É um negócio “seguro, confiável e disruptivo” que vai “mudar a sua vida”. Foi o que Antônio* ouviu no início deste ano ao investir...

Essas são as empresas que mais prejudicaram a imagem do Bitcoin no Brasil

Uma pesquisa realizada em um dos maiores grupos sobre Bitcoin do Facebook revelou quais foram as empresas que mais prejudicaram a imagem do Bitcoin...

“Todo dinheiro da Unick está fora do Brasil”, admite líder

Parece que o dinheiro desaparecido da Unick está realmente fora do Brasil, pelo menos é o que revela a líder da empresa, Lucimari Boff....

Digital Goen anuncia fim e coloca a culpa no Bitcoin

A Digital Goen, empresa que prometia rendimentos de 3% ao dia chegou ao fim, de acordo com um comunicado feito pela própria empresa, o...

Escreva seu comentário:

1 COMENTÁRIO

  1. O Natal chegando vamos investir pessoal , colocar dinheiro nas mãos do Nivaldo o cara e gente boa!!!!!! cuida do seu dinheiro dinheiro direitinho, tao bem cuidado que vc nem consegue ver ele mais kkkkk.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Empresários querem comprar dívida da Unick Forex

Os clientes da Unick Forex receberam nos últimos dias um comunicado de que alguns empresários estariam dispostos a comprar a dívida da empresa. Uma...

Criptomoedas podem substituir o dinheiro até 2030, diz uma das maiores instituições financeiras do mundo

Até 2030, a demanda por moedas alternativas vai aumentar, e as moedas digitais, como o Bitcoin, vão substituir o dinheiro comum. Essa é a...

Investiu R$ 52 mil da rescisão trabalhista na Genbit; não recebe e perdeu apartamento

É um negócio “seguro, confiável e disruptivo” que vai “mudar a sua vida”. Foi o que Antônio* ouviu no início deste ano ao investir...