Dia da Verdade: Criptoeconomia precisa de indicadores confiáveis

Transparência e segurança!

Siga no

No dia 03 de abril é comemorado o Dia da Verdade, dois dias após o dia da mentira. De fato, essa é uma boa data para se pensar na criptoeconomia e seus indicadores.

Como um novo mercado criado no mundo, a criptoeconomia está ainda em seu início. O Bitcoin (BTC) foi com certeza o passo inicial, mas há muito mais por vir.

Estamos em uma era em que o mercado das criptomoedas está apontado como fraudes e hacks. Porém em 2019, indicadores de confiança devem surgir para apagar essas “mazelas do passado”.

Agências e imprensa cripto

A mídia tradicional ao informar as pessoas sobre as criptomoedas focam em mostrar pontos negativos. Mas será que estão errados?

No Dia da Verdade não podemos ofuscar o papel da criptoeconomia no mundo atual, que ainda é um nicho de mercado pequeno. A porcentagem de pessoas que conhecem sobre o assunto, especialistas de verdade, ainda são poucos.

Não entrando no mérito da regulamentação, mas a falta da mesma ainda afasta investidores de mercados tradicionais.

Agências de riscos e de avaliação deste mercado ainda não passam a confiança necessária para novos curiosos sobre o tema.

A imprensa ligada ao mercado de criptomoedas, por muitas vezes, é considerada tendenciosa. O papel da mídia é informar, doa a quem doer.

Estudos recentes reforçam a necessidade de transparência e segurança

Se o mês de março foi positivo para a valorização do Bitcoin nas exchanges, o cenário real não é tão positivo assim.

O CoinMarketCap, principal índice de preços do mercado, se mostrou uma ferramenta duvidosa.

As corretoras de criptomoedas novamente tiveram um estudo que mostram que seus volumes são manipulados. Em dezembro outro estudo já havia feito tal levantamento de dados.

Para fechar com chave de ouro como um mês “negativo”, a principal exchange da Coreia do Sul, a Bithumb foi hackeada. No país se encontram alguns dos maiores negociantes de criptomoedas do mundo.

Criptoeconomia precisa de indicadores confiáveis

Para surgir como uma realidade no mundo, os próximos anos serão fundamentais para as criptomoedas.

Entretanto, em um mercado em que se preza a transparência e segurança, ainda há muito o que se fazer.

A entrada de novas empresas no mercado tem feito um trabalho neste sentido. Um bom exemplo tem sido a agência Weiss Ratings, que classifica projetos com rankings.

Dito isso, o que o mercado de criptomoedas está precisando é de fatos concretos, pois, assim não se terá argumentos contra a adoção em massa.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Vulnerabilidade faz NFT raro ser vendido com 99% de “desconto”

A OpenSea é o maior mercado de NFTs do mundo, sendo a plataforma para a compra e venda de diferentes coleções de sucesso dentro...
Pavel Durov

Criador do Telegram crítica Rússia por tentar banir o Bitcoin

Pavel Durov, criador do Telegram, criticou as ações do Banco Central da Rússia na tentativa de banir a mineração e uso de criptomoedas no...
Michael Douglas e Catherine Zeta-Jones

Michael Douglas dará prêmio em Bitcoin em evento do cinema

O ator Michael Kirk Douglas, casado com a atriz Catherine Zeta-Jones, dará um prêmio em Bitcoin em um evento para jovens cineastas. Michael é...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias