Dono de cassino de criptomoedas morre de forma misteriosa e levanta suspeitas

Além das autoridades, a 1xBet também parece ter irritado seus clientes. Ainda segundo a Gambling News, o cassino enfrenta diversas acusações de recusa de pagamento de vitórias.

Sergey Karshkov, fundador do cassino de criptomoedas 1xBet, tinha 42 anos e morreu devido a uma reação alérgica na semana passada. As informações foram apresentadas por Pavel Muntyan, amigo de Karshkov e produtor no Toonbox, um estúdio de animação da Rússia.

Lamentando a morte de seu amigo, Muntyan afirmou que Karshkov “era uma das pessoas mais atléticas” que ele conhecia, “um touro”.

Explicando os detalhes do acontecido, o produtor afirma que o dono do 1xBet foi para a Suíça realizar um check-up médico. No entanto, Karshkov teve uma reação alérgica, o que o levou ao coma e posteriormente à morte.

Fundador da 1xBet tinha inimigos, alerta mídia internacional

Nascido na Ucrânia, Sergey Karshkov mudou-se para a Rússia, tendo trabalhado no Ministério de Assuntos Internos da Rússia, onde atuava contra crimes cibernéticos.

No entanto, a mídia internacional afirma que Karshkov fez muitos inimigos após a criação do cassino 1xBet, inclusive dentro do governo russo.

“Em 2020, o Comitê Investigativo da Rússia colocou Karshkov em uma lista de procurados por supostas atividades ilegais relacionadas a jogo de azar e lavagem de dinheiro por meio da 1xBet”, informou o portal Gambling News.

Além das autoridades, a 1xBet também parece ter irritado seus clientes. Ainda segundo a Gambling News, o cassino enfrenta diversas acusações de recusa de pagamento de vitórias.

Em matéria mais antiga, de dezembro de 2022, o site também afirma que “a falência da 1xBet parece inevitável”.

“Uma investigação mais aprofundada revelou que a 1xCorp devia milhões de dólares em impostos e ganhos não pagos.”

Causa da morte de Sergey Karshkov também chamou atenção

Além de potenciais inimigos, tanto clientes quanto reguladores, outro ponto que está chamando a atenção é como o fundador da 1xBet morreu.

“Ele foi à Suíça para um check-up… O fluido de contraste da ressonância magnética e a subsequente ressonância magnética causaram alergias, levando-o ao coma e depois à morte”, comentou Pavel Muntyan sobre a morte de Sergey Karshkov. “Meu Deus, que pesadelo!”

Amigo de Sergey Karshkov relatando morte do fundador da 1xBet. Facebook/Reprodução.
Amigo de Sergey Karshkov relatando morte do fundador da 1xBet. Facebook/Reprodução.

Segundo o site Casino.org, além dos relatos de boa saúde, Karshkov estava no país com os melhores hospitais do mundo. Dado isso, a matéria classificou o ocorrido como uma “morte suspeita”.

Como destaque, o site também informou que, desde que a Rússia invadiu a Ucrânia, ao menos 39 russos que foram contra o regime Putin faleceram sob circunstâncias suspeitas. Dentre eles estão oligarcas, militares, cientistas e outros.

“Vários dos que morreram no ano passado “caíram” de janelas ou varandas de hotéis inexplicavelmente. Até agora, nenhuma das mortes foi conclusivamente ligada ao regime russo.”

Por fim, o setor de criptomoedas também viu diversos milionários e bilionários morrerem nos últimos meses, fazendo com que a comunidade criasse teorias da conspiração. No caso mais recente, um médico que ficou milionário com Bitcoin foi encontrado morto nos EUA, mas pouco se sabe sobre as causas de sua morte.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias