Coinbase - Stellar e Cardano

A Coinbase é uma fintech dos EUA que negocia ativos digitais, e possui uma plataforma Pro que listou no último dia 29 de novembro a Zcash, e fez com que os preços do ativo ganhassem 15% mesmo com o mercado em queda.

As listagens de criptomoedas nessa plataforma é um sinal para o mercado de que o projeto é sólido e comprometido com o futuro, visto que o processo para entrar na mesma é um dos mais rigorosos de que se tem notícia, e a além disso, Coinbase é uma das exchanges do país regulamentadas pela SEC e que prezam muito o KYC e segurança de suas operações.

Para os traders este fato é uma oportunidade de ganho “certo”, analisando pela perspectiva de que as recentes listagens tiveram bons ralis de valorização dos ativos.

Se isso é uma boa oportunidade, já se especula então com as próximas listagens que estariam no roadmap da Coinbase, sendo dois a Stellar (XLM) e a Cardano (ADA).

A Coinbase provavelmente terá uma preferência na listagem de uma em detrimento de outra, afinal das cinco criptomoedas dadas como certa a listagem já foram três e alguém será o próximo da fila.

No momento da escrita desta, a Stellar é a 4ª maior criptomoeda do mercado, tendo passado o Bitcoin Cash, mas ainda com preços em queda.

Se a Stellar se firmar como a 4ª maior cripto do mercado portanto, o interesse da Coinbase neste ativo poderia ser “certo” como a próxima listagem.

----- Publicidade ------ 
BitcoinTrade
-----
Fonte: https://coinmarketcap.com/

Alguns outros analistas do mercado, especulam que a Coinbase irá listar a Cardano antes da Stellar, e teria dois motivos para tal atitude.

Um fator positivo para a Cardano, é que a Stellar possui o seu protocolo semelhante ao da Ripple (XRP), e esta última não está listada na Coinbase desde que começaram os rumores em Janeiro de 2018.

Outro fator apontado como “certo” para que a Cardano seja listada preferencialmente, é que a mesma possui planos de ser uma plataforma totalmente transparente e descentralizada.

A Cardano é a 10ª criptomoeda em valor de mercado, e possui uma comunidade engajada com o futuro do seu projeto.

Deixando claro que a Coinbase poderia listar ambas as criptomoedas em um mesmo dia, ou ao contrário deixar de listas ambas, mas cabe um olhar atento ao caso para não perder oportunidades de trade, sempre com gerenciamento de risco.

A empresa está atenta ao mercado cripto e está disposta a listar mais altcoins, portanto mais oportunidades além das citadas podem acontecer.

Além disso, a Coinbase lançou no último dia 29 de novembro as negociações OTC, de forma que expandiu sua gama de clientes e a sua operação no mercado das criptomoedas.

*A compra de ativos digitais deve ser precedida por estudo sempre, não considere este um conselho de investimento e saiba que não existem ganhos certos no mercado de criptomoedas.

Segurança e Liquidez para operar suas moedas digitais.
Baixe agora nosso aplicativo para iOS e Android
Siga também o nosso Instagram com análises diárias

Mantenha-se atualizado, siga no: Google News, Facebook, Twitter, Feedly, Flipboard, Telegram, Whatsapp, Instagram, ou receba por e-mail.