Estas foram as criptomoedas mais comentadas pelo Twitter em maio

Criptomoeda Dogecoin, Ethereum, Litecoin e Bitcoin.
Criptomoeda Dogecoin, Ethereum, Litecoin e Bitcoin.

Além do Bitcoin, na quarta posição, memecoins como Dogecoin e Shiba Inu seguiram entre as criptomoedas mais comentadas pelos usuários do Twitter. No topo, Solana e Ethereum trocam posições, mostrando forte disputa pelos setores de DeFi e NFT.

Contanto, o destaque fica para a Terra (LUNA) e TerraUSD (UST). Ambas subiram diversas posições após seus preços derreterem 99% no início do mês passado. Fato também chamou a atenção de legisladores de diversas jurisdições.

Com grande volume, stablecoins como Tether (USDT) e Binance USD (BUSD) seguem entre as mais faladas, sem grandes mudanças. Além destas, projetos mais novos como APE e GMT disputam posições com outras moedas mais clássicas do mercado, como a quase esquecida Ripple.

Criptomoedas mais comentadas pelo Twitter em maio

Segundo análise do ICO Analytics, estas foram as 20 criptomoedas mais comentadas pelo Twitter no último mês de maio. O estudo cobriu os 150 maiores projetos por valor de mercado.

  1. Solana (SOL)
  2. Ethereum (ETH)
  3. Terra (LUNA)
  4. Bitcoin (BTC)
  5. TerraUSD (UST)
  6. Shiba Inu (SHIB)
  7. Tether (USDT)
  8. Binance Coin (BNB)
  9. Cardano (ADA)
  10. StepN (GMT)
  11. Dogecoin (DOGE)
  12. Elrond (EGLD)
  13. ApeCoin (APE)
  14. Ripple (XRP)
  15. Fantom (FTM)
  16. Binance USD (BUSD)
  17. Avalanche (AVAX)
  18. Tezos (XTZ)
  19. Polygon (MATIC)
  20. Near Protocol (NEAR)
Criptomoedas mais comentadas no Twitter em maio de 2022. Fonte: ICO Analytics.

Criptomoedas inteligentes

No topo, Ethereum e Solana continuam brigando pela primeira colocação. Ambas são chamadas “criptomoedas inteligentes” e disputam os mercados de DeFi, NFT e outros, tentando atrair projetos para seus ecossistemas.

Por um lado, o Ethereum está prestes a migrar para Proof-of-Stake (PoS), o que pode reduzir as suas taxas. Entretanto, o projeto enfrentou problemas na última semana de maio, levantando dúvidas sobre o seu futuro.

Já a Solana continua com os mesmos problemas de sempre. No início deste mês, sua rede ficou fora do ar pela sétima vez. Portanto, além da disputa entre ambas, as duas moedas seguem com seus próprios desafios, abrindo espaço para outras como a Cardano.

Ecossistema da LUNA tomou conta do Twitter

Enquanto isso, a Terra (LUNA) saltou da 11.ª para a 3.ª posição após perder 100% de seu valor devido ao colapso de sua stablecoin, a TerraUSD (UST), que saltou 14 posições neste ranking mensal de criptomoedas mais comentadas pelo Twitter.

Sendo assim, esta métrica mostra o tamanho do fracasso dos projetos de Do Kwon. Afinal, investidores da LUNA viram 60 bilhões de dólares (R$ 287 mi) evaporarem de suas mãos. Por fim, medidas para tentar reviver o projeto também ajudaram a LUNA a ficar entre as mais comentadas do último mês.

Stablecoins, memecoins e novos projetos

Seguindo, Dogecoin e Shiba Inu seguem tendo espaço nas conversas apesar de um breve desinteresse. Enquanto a primeira caiu 2 posições, a segunda caiu outras três. De qualquer forma, ainda é surpreendente que possuam relevância.

Já as stablecoins USDT e BUSD seguem estáveis em ambos sentidos, tendo espaço por conta de seu grande volume. Além disso, também estão sendo o principal alvo de governos em termos de regulamentação.

Por fim, projetos mais novos como ApeCoin e StepN estão se mantendo ao lado de outras criptomoedas mais antigas como a Ripple. Resta saber se estes terão relevância para permanecer nos interesses dos investidores no longo prazo.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias