Ethereum ultrapassa Bitcoin no mercado de opções

Siga no

O Ethereum continua chamando atenção por diferentes motivos, principalmente por sua performance desde o final de 2020, superando até mesmo a do Bitcoin. Nas últimas semanas a moeda digital teve mais uma guinada, atingindo um novo recorde e até tornando seu criador bilionário. Agora o ecossistema atingiu um novo número interessante, ultrapassando o Bitcoin pela primeira vez em volume no mercado de opções.

De acordo com a Deribit a marca foi alcançada no começo desta semana, com o volume de Ethereum negociado tendo um aumento em diferentes corretoras que oferecem essas negociações de mercado futuro.

No dia 4 de maio, quatro das principais corretoras que oferecem contratos derivativos de Ethereum, a Deribit, OKEx, Huobi e bit.com, tiveram um recorde de US$ 1.32 bilhão em volume combinado de opções de Ethereum, ultrapassando o valor de volume negociado de Bitcoin na mesma categoria, que na época tinha um volume de negociação de cerca de US$ 880 milhões.

A Deribit chegou até mesmo a dar destaque para a movimentação em sua conta oficial no Twitter.

“Nós não temos nenhuma opinião sobre o Ethereum superando o Bitcoin, mas o nosso volume de derivativos de ETH passaram o do BTC pela primeira vez.”

Não é nenhuma coincidência que estamos vendo um aumento no volume desse tipo de produto ligado ao Ethereum, já que a moeda vem chamando muita a atenção por causa do seu aumento de preço, que com certeza gerou lucro para muitos dos seus investidores.

O que precisa ser ressaltado é o fato que os contratos derivativos são, na maioria das vezes, a opção primária de investidores institucionais ou grandes players fora do mercado varejista.

Isso pode indicar que o Ethereum está começando a atrair a atenção dos investidores institucionais, como já havia sido previsto há um tempo. 

Em sua recente alta o Ethereum também conseguiu ultrapassar outras gigantes do mercado, ficando com uma capitalização de mercado acima do PayPal.

Parte do atual interesse no Ethereum pode ser justificado pelas novas atualizações que estão planejadas no futuro. Até mesmo com os atrasos e incertezas, o Ethereum 2.0 está gerando uma certo hype em alguns investidores que pode se tornar FOMO em algum momento.

No entanto, não se sabe se a ansiedade pela atualização será justificada no futuro, ou se o Ethereum vai falhar em entregar o que está prometendo. Até lá é de se esperar que o mercado da moeda continue mostrando sinais de positividade.

Lembrando que este é um artigo informativo e não deve ser encarado como conselho de investimento.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Deputado Alexandre Frota

Alexandre Frota quer Bitcoin regulamentado em seis meses

Um projeto de lei para agilizar a regulamentação do Bitcoin foi protocolado no Congresso Nacional pelo deputado Alexandre Frota (PSDB-SP). Em seu pedido, o...
Lupa em El Salvador

“El Salvador é um caso forte para adoção em massa do Bitcoin” diz Forbes

Com a adoção do Bitcoin como moeda de curso legal por El Salvador, as discussões sobre a moeda digital estão sendo ampliadas e, em...
Dogecoin. Imagem:ShutterStock

CVM da Tailândia bane Dogecoin e NFTs

Aparentemente a Comissão de Valores Mobiliários da Tailândia não é grande fã de artes digitais. O órgão regulador baniu os NFTs e todas as...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias